Floresta Nacional de Piraí do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Floresta Nacional de Piraí do Sul
Categoria VI da IUCN (Área Protegida de Manejo de Recursos)
Gambá, uma das espécies de animais locais [1]
Localização Piraí do Sul  Paraná
Dados
Área 124,8 ha
Criação 2 de junho de 2004
Gestão ICMBio
Coordenadas 24° 30' S 50° O
Floresta Nacional de Piraí do Sul está localizado em: Brasil
Floresta Nacional de Piraí do Sul

A Floresta Nacional de Piraí do Sul é uma unidade de conservação brasileira, situada no município paranaense de Piraí do Sul (PR), sendo controlada pelo Instituto Chico Mendes e integrante do SNUC. A Floresta possui uma área total de 124,8 ha (Decreto de criação) onde se desenvolvem atividades de pesquisa, visando proteger a Floresta Ombrófila Mista e fomentar o uso sustentável de seus recursos naturais.

História[editar | editar código-fonte]

A região da FLONA, está historicamente inserida na Rota dos Tropeiros, integrando ao Caminho de Viamão entre séculos XVIII e XIX, ligando Viamão, no Rio Grande do Sul, até Sorocaba, estado de São Paulo.[2]

A área que hoje esta sob responsabilidade do ICMBio, foi doada pela da Prefeitura Municipal de Piraí do Sul, em 1948, sendo inicialmente utilizada como um Posto Agropecuário, então sob responsabilidade do Ministério da Agricultura. Em 1989, a propriedade passou a integrar o patrimônio do IBAMA. Em 2007, passou à responsabilidade do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), autarquia federal subordinada ao Ministério do Meio Ambiente.

Criação[editar | editar código-fonte]

Criado pelo decreto presidencial: Dec s/nº de 2 de junho de 2004,[2][3] pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva e pela Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, durante solenidade comemorativa à Semana do Meio Ambiente, no início do mês, em Brasília,[4] com o objetivo principal de assegurar a preservação da Araucária, árvore que está ameaçada de extinção.[5]

Características[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Esta a 6 km da sede municipal de Piraí do Sul e a 180 km de Curitiba. Endereçado na Estrada do Cerne – km 152, Bairro Machadinho.[2] Situa-se na região dos Campos Gerais.[3]

A FLONA situa-se próximo à Escarpa Devoniana, divisa natural entre o primeiro e o segundo planalto paranaenses, na região centro-leste do estado, com altitudes acima dos 1.000 m sobre o nível do mar.[2]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima apresenta verões moderadamente quentes e incidência de geadas no inverno, sem estação seca definida, embora com maior concentração do volume de chuvas no verão. Segundo a classificação climática de Köppen, o clima é do tipo Cfb.[2]

Fauna e Flora[editar | editar código-fonte]

A vegetação original da Unidade apresentava-se como uma área de transição entre a Mata de Araucária (Floresta Ombrófila Mista) e os Campos Cerrados.

Nos 124,8 hectares da floresta ainda estão presentes espécies como o pau-jacaré e a bracatinga, além gralhas azuis e cutias.[5]

Referências

  1. Biodiversity Reporting. «BRA-052: Ibama quer fechar estrada na Floresta Nacional». Consultado em 3 de março de 2013 
  2. a b c d e «IBAMA - Recursos Florestais». IBAMA. Consultado em 28 de julho de 2011 
  3. a b «03.06.2004 - Decreto cria a Floresta Nacional de Piraí do Sul, no Paraná — Casa Civil». Casacivil.gov.br. Consultado em 28 de julho de 2011 
  4. «Ecologia - Paraná ganha nova Floresta Nacional para preservação de recursos naturais». 360graus.terra.com.br. Consultado em 28 de julho de 2011 
  5. a b «BRA-052: Ibama quer fechar estrada na Floresta Nacional». Premioreportagem.org.br. Consultado em 28 de julho de 2011  Texto " Prêmio de Reportagem sobre Biodiversidade da Mata Atlântica" ignorado (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Unidades de Conservação da Natureza é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.