Gongo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: "Tan tan" redireciona para este artigo. Para a localidade de Marrocos, veja Tan-Tan.
Disambig grey.svg Nota: Para a larva do inseto, veja bicho-do-coco.
Gongo
Gongo chinês
Informações
Classificação Idiofone
Extensão
dó 1 a dó 5 (ou sol 5)
Dois homens (à direita) estão levantando o gongo representado nos relevos do templo do século XIII em Candi Induk, complexo do templo Panataran em Java Oriental, Indonésia
Uma coleção de gongos em um conjunto de instrumentos de gamelão – Embaixada da Indonésia, Camberra

Um gongo[a] é um instrumento de percussão originário do leste e sudeste da Ásia. Os gongos são discos de metal planos e circulares que normalmente são golpeados com um martelo. Eles podem ser pequenos ou grandes em tamanho e ajustados ou podem exigir ajuste.

A menção mais antiga de gongos pode ser encontrada em registros chineses do século VI, que mencionam que o instrumento veio de um país entre o Tibete e a Birmânia. O termo gong (em javanês: ꦒꦺꦴꦁ) originou-se na ilha indonésia de Java . Pesquisas científicas e arqueológicas estabeleceram que Burma, China, Java e Aname eram os quatro principais centros de fabricação de gongo do mundo antigo.[1][2] Uma forma de gongo caldeirão de bronze conhecido como um sino de repouso foi amplamente utilizado na Grécia e Roma antigas: por exemplo, no famoso Oráculo de Dodona, onde gongos de disco também foram usados.[3][4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Do indonésio e em malaio: gong; em javanês: ꦒꦺꦴꦁ gong; em chinês: {{{1}}}; em japonês: 銅鑼どら, transl. dora; em quemer: គង kong; em tailandês: ฆ้อง khong; em vietnamita: cồng chiêng; em assamês: কাঁহ kãh

Referências

  1. Blades, James (1992). Percussion Instruments and Their History. [S.l.]: Bold Strummer. p. 93. ISBN 978-0933224612. The origin of the gong is uncertain, but there seems little reason to doubt the claim of the Chinese whose tradition ascribes it to the country Hsi Yu between Tibet and Burma, where it is mentioned early in the sixth century in the time of Emperor Hsüan Wu (AD 500-515). 
  2. Jaap Kunst (11 de dezembro de 2013). Music in Java: Its history, Its Theory and Its Technique 2 ed. [S.l.]: Springer. pp. 146–. ISBN 9789401771306. OCLC 1066191713. the mountain tribes, now living in Southern China and Further India 
  3. Montagu, Jeremy (2007). Origins and Development of Musical Instruments. [S.l.]: Scarecrow Press. pp. 16–17. ISBN 9780810856578. OCLC 123539614 
  4. Cook, Arthur Bernard (1902). «The Gong at Dodona». The Journal of Hellenic Studies. 22: 5–28. JSTOR 623918. doi:10.2307/623918 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Gongo