Johnson & Johnson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com S. C. Johnson & Son.
Johnson & Johnson
Razão social Johnson & Johnson, Inc.
Empresa de capital aberto
Slogan "The Family Company"
Cotação NYSE: JNJ
Indústria Farmacêutica
Equipamento médico
Gênero Incorporation
Fundação 1886 (132 anos)
Fundador(es) Robert Wood Johnson I
James Wood Johnson
Edward Mead Johnson
Sede Nova Brunswick, Nova Jersey
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave Alex Gorsky
(Presidente do conselho e CEO)
Empregados 127,100 (2016)[1]
Produtos Produtos farmacêuticos, utensílios médicos
Produtos pessoais de higiene
Subsidiárias McNeil Consumer Healthcare
Vistakon[2]
Neutrogena
DePuy
Lucro Aumento US$16.54 bilhões (2016)[1]
Faturamento Aumento US$71.89 bilhões (2016)[1]
Website oficial Jnj.com

Johnson & Johnson é uma empresa americana fundada em 1886, especializada na produção de farmacêuticos, utensílios médicos e produtos pessoais de higiene. Suas ações fazem parte da lista industrial de Dow Jones. A sede da empresa localiza-se em Nova Brunswick, Nova Jersey, Estados Unidos. A divisão de consumidores situa-se em Skillman, também em Nova Jersey. A empresa tem aproximadamente 200 subsidiárias operando em mais de 90 países, e seus produtos são vendidos em mais de 175 países do mundo.

Atualmente, a Johnson & Johnson controla 97% do mercado mundial de higiene[carece de fontes?]. É também uma empresa transnacional ou multinacional. Algumas das marcas da Johnson & Johnson são muito conhecidas, como Band-Aid (curativo), Tylenol (remédio), inúmeros produtos de higiene infantil e de beleza. Atua também com diversas linhas de produtos no Brasil através da linha Cordis, completa para procedimentos de Cardiologia Vascular, Cardiologia Endovascular e Neurologia. Porém estes são de distribuição exclusiva para médicos e hospitais.

Em 2011, a Johnson & Johnson foi acusada por ativistas de fabricar sua linha de xampus para bebês com quaternium-15 e dioxane, substâncias que podem causar câncer.[3]

Em 2018, uma investigação da Polícia Federal do Brasil revelou que entidades da empresa relacionadas aos produtos médicos participavam, durante o período de 1996 à 2017 no país, de um esquema batizado de "clube do pregão internacional" incluindo outras empresas, com o objetivo de acumular vantagens ilícitas através do pagamento de propinas à classe política fluminense condenada.[4]

Produtos[editar | editar código-fonte]

Em 8 de outubro de 2009, foi anunciada a venda da marca de preservativos Jontex pela Johnson & Johnson para a Hypermarcas.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Johnson & Johnson 2016 Annual Report Form (10-K)» (XBRL). United States Securities and Exchange Commission. 5 de fevereiro de 2016 
  2. anonymous. «VisionCare Corporate - Our History». jnjvc.com 
  3. Reuters, Agência (3 de novembro de 2011). «Ativistas alertam para substância tóxica em xampu Johnson». Folha de S. Paulo. Consultado em 20 de novembro de 2011. 
  4. Quando empresas estrangeiras são pegas patrocinando corrupção no Brasil - EL PAÍS Brasil
  5. Bianconi, Cesar (7 de outubro de 2009). «Hypermarcas compra Jontex e Olla por US221 milhões». O Globo. Consultado em 9 de outubro de 2009. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.