BP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
BP plc
BPheadoffice.JPG
Sede da BP na Cidade de Westminster, Londres.
Empresa de capital aberto
Cotação
Atividade Petrolífero
Fundação
  • 1909 (1909) (como Anglo-Persian Oil Company)
  • 1954 (1954) (como The British Petroleum Company P.L.C)
  • 31 de dezembro de 1998 (1998-12-31) (como BP Amoco P.L.C.)
  • 1 de maio de 2001 (2001-05-01) (como BP P.L.C.)
Sede Londres, Inglaterra, Reino Unido
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave
  • Carl-Henric Svanberg
  • (Presidente do conselho de administração)
  • Bob Dudley
  • (Diretor executivo do grupo)
  • Lamar McKay
  • (Vice-diretor executivo do grupo)
Empregados 74,500 (2017)
Produtos
Serviços Estações de serviço
Subsidiárias
Lucro Aumento US$3.468 bilhões
Faturamento Aumento US$240.208 bilhões
Significado da sigla
  • British
  • Petroleum
Antecessora(s)
Website oficial www.bp.com

A BP, originalmente Anglo-Persian Oil Company e depois British Petroleum,[1] é uma empresa multinacional sediada no Reino Unido que opera no setor de energia, sobretudo de petróleo e gás. Fez parte do cartel conhecido como Sete Irmãs, formado pelas maiores empresas exploradoras, refinadoras e distribuidoras de petróleo e gás do planeta, as quais, após fusões e incorporações, reduziram-se a quatro - ExxonMobil, Chevron, Shell, além da própria BP. É a única distribuidora de gasolina sem chumbo 100 octanas.

Presença internacional[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Em meados de 2008, buscando diversificação de mercado e sustentabilidade ambiental a empresa assinou uma joint venture com 50% de participação na operadora do setor sucroenergético chamada Tropical bioenergia SA, no estado de Goiás, Brasil, sendo a primeira empresa estrangeira a investir no etanol brasileiro a partir da cana-de-açúcar. Em pouco tempo a multinacional adquiriu 100% da participação da unidade e em outras duas usinas sendo uma no mesmo estado e outra em Minas Gerais.[carece de fontes?]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

A BP é a responsável pelo vazamento de milhares de barris de petróleo no Golfo do México após a explosão da plataforma Deepwater Horizon, em 20 de abril de 2010, nos Estados Unidos.[2]

Referências

  1. http://www.bp.com BP Sets Out Enhancements to LMRP Containment Strategy to Keep Oil Out of Gulf, 31 May
  2. In deep waterinformationisbeautiful.net. Acessado em 14 de abril de 2019.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.