MC TH

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MC TH
Informação geral
Nome completo Thiago Merces Da Silva
Nascimento 1994
Local de nascimento Duque de Caxias, Rio de Janeiro
Brasil
Nacionalidade Brasileira
Gênero(s) Funk carioca
Funk ousadia
Ocupação(ões) Cantor
Período em atividade 2008 - presente

Thiago Merces (Duque de Caxias, 1994), mais conhecido pelo nome artístico MC TH, é um cantor brasileiro de funk carioca, conhecido nacionalmente por ser o artista do gênero com o maior cachê no país no ano de 2016, estimado em cerca de 600 mil reais mensais.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido na comunidade São Judas Thadeu em Duque de Caxias no ano de 1994, Thiago trabalhou em sua adolescência e início da vida adulta como barbeiro, até que decidiu vender o salão que era dono para investir na carreira de músico, em 2013.[2] Após diversas canções conhecidas no entorno do Rio de Janeiro, como "Vidro Fumê" e "Trem Louco", MC TH chegou à projeção nacional com o lançamento do videoclipe "A Mamadeira tá Cheia", que tornou-se um dos hits do ano de 2015.[3] A partir deste momento, o cantor tornou-se o artista de funk mais bem pago do país, com um cachê mensal aproximado de R$ 600 000, sendo que fazia aproximadamente cem shows por mês.[4] A música recebeu uma versão no ritmo de axé e tornou-se uma das mais executadas no Carnaval de 2016 na Bahia.[2]

Devido ao seu sucesso, vários veículos de mídia passaram a compará-lo com o cantor Mr. Catra, de quem Thiago admitiu ser fã e o ter como uma de suas principais influências, ao lado de Wiz Khalifa e Soulja Boy.[5] Em janeiro de 2016, MC TH lançou o seu primeiro DVD da carreira, intitulado "MC TH: O Rei Delas", contando com a participação do rapper Filipe Ret.[6] Em maio do mesmo ano, lançou uma compilação com as suas principais músicas, chamada "Deluxe Version".[7] Em outubro, lançou o seu segundo videoclipe oficial, através do produtor KondZilla, intitulado "Apaga a Luz e Toma".[8] O cantor lançou doze singles até o momento.[9]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

  • "MC TH: O Rei Delas" (2016)

EPs[editar | editar código-fonte]

  • "Deluxe Version" (2016)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Trem louco"
  • "Festa da árvore"
  • "50 tons de cinza"
  • "Foca nesse movimento"
  • "Apaga a luz e toma" (c/ videoclipe KondZilla)
  • "Aproveita que a mamadeira tá cheia" (c/ videoclipe Tom Produções)
  • "Cheirinho de sexo"
  • "Balança a água"
  • "Rei delas"
  • "Tudo começa na vodka"
  • "Tampa do Danone"
  • "Olha o que sobrou de ontem"
  • "Que delícia"
  • "Chacoalha"

Referências

  1. «Conheça MC TH, do funk 'Mamadeira Tá Cheia': 'Mr. Catra é a inspiração'». Globo. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  2. a b «MC TH lembra os tempos de barbeiro em Caxias e conta como a vida mudou depois do hit 'Mamadeira tá cheia'». Extra. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  3. «MC TH, dono do hit do verão no Rio: 'A Mamadeira tá Cheia'». iG. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  4. «Com cem shows por mês, MC TH é o funkeiro mais bem pago do país: R$ 600 mil no bolso». Nossa Radio. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  5. «Fenômeno do funk MC TH comanda baile na capital». Folha do Estado. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  6. «Filipe Ret participa da gravação do DVD do funkeiro MC TH». Enraizados. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  7. «MC TH Deluxe Version». UOL Música. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  8. «MC TH Apaga a Luz e Toma». Legenda Funk. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  9. «Álbuns de MC TH». Napster. Consultado em 19 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.