Nego do Borel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: MC Nego do Borel redireciona para este artigo. Para o álbum de estreia do cantor, veja MC Nego do Borel (álbum).
Nego do Borel
Nego do Borel em 2018
Informação geral
Nome completo Leno Maycon Viana Gomes
Também conhecido(a) como Nego
Nascimento 10 de julho de 1992 (26 anos)
Local de nascimento Rio de Janeiro,
Brasil
Nacionalidade brasileiro
Gênero(s) Funk melody, funk carioca, pop, freestyle, funk ostentação
Ocupação(ões) Cantor, compositor, ator
Instrumento(s) Voz
Período em atividade 2012—atualmente
Gravadora(s) Sony Music Entertainment
Afiliação(ões) Maluma
Influência(s) Menor do Chapa
Página oficial negodoborel.com

Leno Maycon Viana Gomes (Rio de Janeiro, 10 de julho de 1992),[1] mais conhecido pelo nome artístico Nego do Borel (e anteriormente como MC Nego do Borel),[2] é um ator e cantor brasileiro do gênero Funk melody e Funk carioca.[3] O músico já lançou três álbuns, um DVD e nove singles pela Sony Music.[4]Nego também é conhecido por suas performances humorísticas nos palcos.[5][4] Iniciou a carreira como ator em 2015 na novela Malhaçãoː Seu Lugar no Mundo e Malhação: Pro Dia Nascer Feliz, no papel do personagem Cleiton[6].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Roseli Viana e Nelcir Gomes, Nego do Borel nasceu no Rio de Janeiro em 10 de julho de 1992 e cresceu no Morro do Borel.[7][1] Parou os estudos na quarta série para se dedicar ao funk. Contudo, o sucesso só chegou em 2012, com a canção "Os Caras do Momento".[4] O Nome "Nego do Borel" surgiu de um apelido dado por seus amigos moradores do morro do borel. Nego do Borel o adotou como nome artístico.[2] Nego do Borel vem de família evangélica e é evangélico desde criança. Há muitos anos que não frequenta a igreja, mas em 2014 revelou querer voltar a frequentar sua igreja e se converter de vez.[8] Nego foi batizado Leno Maycon Viana Gomes, em homenagem a John Lennon e Michael Jackson, por sua mãe.[8]

Nego do Borel sonhava com a vida artística desde os 10 anos de idade, pedia aos DJs do seu bairro para o deixarem subir no palco e para abrir shows de outros artistas.[8] A ideia de se tornar músico não era apoiada por sua mãe, que preferia que Leno Maycon estudasse e trabalhasse.[4] Iniciou a carreira com o nome "MC Maiquinho", mas teve que mudar ao descobrir que havia outro artista com esse nome.[9] Com seus primeiros 100 mil reais, Nego do Borel comprou uma prótese dentária e reformou a casa para sua mãe.[4] Nego do Borel tinha quase todos os seus dentes estragados, sendo que seu primeiro dinheiro ganho com a música foi para cuidar da sua saúde bucal.[4] O artista viveu em situação de extrema pobreza e chegou a passar fome.[8]. Atualmente, com a fama, Nego do Borel recebe mais de 200 mil reais por mês.[10]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2012–2014: Início de carreira ao reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Teve como influência Menor do Chapa,[4] que foi um dos primeiros a apoiá-lo na vida artística. Porém, Nego do Borel chegou à fama junto com o grupo Bonde das Maravilhas, com a canção "Brincadeira das Maravilhas (Eu Adoro, Eu Me Amarro).[11][12] Nego do Borel só chegou ao sucesso a nível nacional com seu hit "Os Caras do Momento", lançado em 2012.[4][8] À data de junho de 2017, o clipe oficial de "Os Caras do Momento já havia mais de 46 milhões de acessos no YouTube.[4] Após o sucesso do seu primeiro hit, Nego do Borel passa a ter acesso à grande mídia participado de programas como TV Xuxa,[4] Programa do Ratinho,[13] Legendários,[14] Melhor do Brasil,[3] A Liga,[15] Esquenta!,[16] Domingo Legal, Agora é Tarde,[17] The Noite com Danilo Gentili e outros.[13] O segundo single de Nego do Borel, lançado com videoclipe, foi a música "Bonde dos Brabos", que soma mais de 14 milhões de acessos no YouTube.[18]

Em 2014 lança sua terceira música de maior repercussão, com mais de 7 milhões de acessos, "Diamante de Lama", uma música biográfica, que conta a dificuldades na infância e o sucesso atual.[4][8] No mesmo ano, Nego do Borel assina um contrato com a Sony Music, e lança os álbuns: MC Nego do Borel, É ele Mesmo e o DVD Da Lama a Ostentação - Ao Vivo,[19][20] que estreou em segundo lugar no site da vevo, atrás somente de Katy Perry.[21][22] O DVD contou com as participações especiais de Naldo Benny e Mr. Catra.[4][23] O álbum de estreia MC Nego do Borel, foi lançado em 29 de abril de 2014 e o segundo álbum É ele Mesmo em 19 de agosto de 2014.[24][25] Ainda em 2014, Nego do Borel lança a canção de trabalho "Menina Má" do DVD Da Lama a Ostentação, em parceria com Jonathan Haagensen e Roberta Rodrigues do grupo Melanina Carioca.[26] No dia 4 de novembro de 2014, Nego do Borel lança o videoclipe da música "Pa-ta-ta, Pa-tu-tu (Patata, tututu)".[27]

2015-presente: Nego Resolve & Atuação na TV[editar | editar código-fonte]

Em 2015 Nego do Borel lançou seu terceiro álbum de estúdio chamado ''Nego Resolve'' atraves da gravadora Sony Music incluindo os singles Não Me Deixe Sozinho,Janela Aberta e Nego Resolve. No dia 8 de julho de 2015 foi lançando o single Não Me Deixe Sozinho nas plataformas digitais iTunes,Google Play e nos serviços de fluxo de mídia Spotify, Apple Music e Tidal[28], O videoclipe foi postado no dia 15 de Abril de 2015 no site Youtube , o videoclipe foi filmado no casarão Vila Almirante, em Santa Teresa, Centro do Rio de Janeiro. Com um orçamento de R$ 200 mil, o clipe, que conta com direção de Rodrigo Doin e Phill Mendonça da produtora Clã filmes, teve ares de megaprodução[29], atualmente o videoclipe possui mais de 20 milhões de visualizações, O single faz parte da trilha sonora da vigésima terceira temporada da série de televisão brasileira Malhação (também chamada de Malhação - Seu Lugar no Mundo). No dia 17 de setembro postou o Lyric Video do seu segundo single Janela Aberta do álbum Nego Resolve. No dia 16 de dezembro de 2015 lançou o videoclipe de Nego Resolve,foi lançanco como terceiro single de seu terceiro álbum. Nego do Borel fez uma participação no álbum Bang de Anitta na faixa Pode Chegar[30].

No mesmo ano estreou como ator no seriado Malhação - Seu Lugar no Mundo, como o personagem Cleiton, "Pra mim é uma experiência única, eu 'tô muito feliz, estou me sentindo muito especial" diz nego do borel, o ator completa: "Só tenho a agradecer a Deus, a minha família, a todos os meus fãs e ao pessoal por ter me escolhido"[6]

Em 2016 estreou o mesmo personagem - Cleiton, só que em Malhação: Pro Dia Nascer Feliz. O seriado acabou em 2017.

Também em 2017, Nego do Borel foi escalado para fazer um personagem, na nova versão dos Trapalhões, com Lucas Veloso, Bruno Gissoni, Mumuzinho e outros.

Humor[editar | editar código-fonte]

Em seus shows, durante pausa de intervalo, Nego do Borel interpreta Nega da Borelli, que caricatura uma travesti da periferia e se diz namorada de Nego do Borel.[11][5] Nega da Borel também inveja as dançarinas do Bonde das Maravilhas.[11][31] O Personagem Nega da Boreli foi criado durante brincadeira com sua avó e sua tia em casa, mas que Nego do Borel trouxe para suas apresentações e é uma das principais atrações.[4][31]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem / Cargo
2015-2016 Malhação: Seu Lugar no Mundo Cleyton (José Cleyton da Silva)
2016-2017 Malhação: Pro Dia Nascer Feliz
2016 Dança dos Famosos Ele mesmo
2017 Os Trapalhões Tião
2017 A Força do Querer Ele Mesmo

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Retenção de Nego do Borel no SBT[editar | editar código-fonte]

Nego do Borel tinha no dia 20 de março de 2014 duas entrevistas marcadas, uma para o The Noite com Danilo Gentili e a segunda para o Agora É Tarde.[32] Depois de participar do programa de Danilo Gentili, para fazer uma brincadeira com Rafinha Bastos, MC Nego foi chamado por Gentili a permanecer no SBT, fazendo com que sua a participação no Agora é Tarde fosse cancelada.[32] Logo após, Nego do Borel é chamado por Danilo Gentili para participar do quadro "Dois Dedos de Prosa" do Programa do Ratinho.[32][33] Segundo Nino, empresário do MC, a entrevista marcada para aquele dia, teve que ser remarcada para outra semana.[33] Rafinha Bastos em resposta disse: "Não temos problema em entrevistar alguém que já passou por outro canal, só esperamos que este tipo de coisa não aconteça mais."[33]

Acusação de Plágio[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Nego do Borel foi acusado de plágio na música "É ele Mesmo".[34] 70% dos trechos da música seria autoria de MC Fhael. Segundo Fhael, o produtor de Nego do Borel, o DJ Pelé, escutou a música cantada por MC Fhael na rádio de Manguinhos e logo chamou Fhael para ser compositor de Nego do Borel.[34] Ainda de acordo com Fhael, a música foi para os álbuns do artista, MC Nego do Borel e É Ele Mesmo, e não foi dado-lhe os créditos de autor e nada recebeu em dinheiro.[34]

Vídeo de sexo grupal vazado na Internet[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de janeiro de 2014, foi vazado na internet um vídeo, onde aparece Nego do Borel fazendo sexo com uma fã; o vídeo foi filmado por MC Tikão e espalhado pelo mesmo através do Whatsapp.[35] Após o vazamento das imagens, Nego do Borel fala sobre o caso à revista Ego, onde daria uma entrevista sobre a Turnê "Os Caras do Momento":

Revelação sobre relação homossexual no início de carreira[editar | editar código-fonte]

Durante uma entrevista para a rádio carioca FM O Dia, no dia 22 de maio de 2015, ao ser questionado se já havia tido relações sexuais com outros homens, Nego do Borel afirmou o seguinte:[36]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbum de Estúdio
Ano Detalhes do álbum
2015 Nego Resolve
Extended Play (EP)
Ano Detalhes do álbum
2014 MC Nego do Borel
É Ele Mesmo
DVD ao vivo
Ano Detalhes do álbum
Da Lama à Ostentação

Singles[editar | editar código-fonte]

Título Posições Certificações Álbum
BRA
Billboard
COL ARG BOL MEX ESP SUÍ VEN POR EUA
Latin
EUA
Bub
EUA
"Os Caras do Momento" MC Nego do Borel
& É Ele Mesmo
"Bonde dos Brabos"
"Brincadeira das Maravilhas (Eu Adoro, Eu Me Amarro)"
"Diamante de Lama"
"Quero Usufruir" É Ele Mesmo
"Menina Má" Da Lama à Ostentação
''Não Me Deixe Sozinho'' Nego Resolve
''Janela Aberta''
''Nego Resolve''[37]
"Pretinha Vou Te Confessar"
"Hoje é Dia de Maldade" Apenas Single
"Ela Vai Além"
"Você Partiu Meu Coração" (feat. Anitta & Wesley Safadão) 21 18 21
"Esqueci Como Namora" (feat. Maiara e Maraísa) 38
"Corazón" (feat. Maluma) 4 1 3 1 3 50 39 34 5 3 87 F.A.M.E
"Contatinho" (feat. Luan Santana) 33 Apenas Single
"—" denota singles que não entraram nas paradas musicais.

Turnê[editar | editar código-fonte]

  • 2014-2015: Os Caras do Momento


Referências

  1. a b «MC Nego do Borel festeja aniversário em clima ostentação». ofuxico.com.br 
  2. a b «Nego do Borel, o apelido que logo virou nome artístico». queromusicaboa.com.br 
  3. a b «Faro sobe morro carioca para conhecer a nova sensação do funk ostentação, MC Nego do Borel». entretenimento.r7.com 
  4. a b c d e f g h i j k l m «Dos dentes podres, MC Nego do Borel vira hit e ganha R$ 150 mil por mês». jovem.ig.com.br 
  5. a b «Nego do Borel é imprevisível no palco». Funk-se. 22 de janeiro de 2014. Consultado em 20 de fevereiro de 2014. 
  6. a b «Nego do Borel estreia como ator em 'Malhação': 'Só tenho a agradecer'». Bastidores. Consultado em 22 de fevereiro de 2016. 
  7. «Nego do Borel tira plateia do chão com sucesso Eu adoro Eu me amarro». Globo TV. 3 de agosto de 2013. Consultado em 20 de fevereiro de 2014. 
  8. a b c d e f «MC Nego do Borel explode com hit ostentação e quer se converter». ego.globo.com 
  9. Leonardo Lichote (22 de novembro de 2015). «Fenômeno nas redes sociais, Nego do Borel lança seu primeiro álbum». O Globo 
  10. «Ganhando R$ 200 mil por mês, funkeiro joga dinheiro na plateia e pilota moto com Naldo em gravação». entretenimento.r7.com 
  11. a b c «Ícone do funk ostentação carioca, Nego do Borel conquista espaço com humor». virgula.uol.com.br 
  12. «MC Nego do Borel tira plateia do chão com sucesso 'Eu adoro, eu me amarro'». globotv.globo.com 
  13. a b «Danilo Gentili teria "prendido" convidado no SBT para prejudicar "Agora É Tarde"». br.tv.yahoo.com 
  14. «Nego do Borel anima a plateia do Legendários neste sábado». noticias.r7.com 
  15. «A Liga mostra vida luxuosa de Nego do Borel». entretenimento.band.uol.com.br 
  16. «Os Caras do Momento X Os Pobres do Momento». globotv.globo.com 
  17. «Nego do Borel participa do Prêmio Instagram no Agora é Tarde». entretenimento.band.uol.com.br 
  18. «MC Nego do Borel lança músicas de seu DVD no Vevo e no Youtube». ofuxico.com.br 
  19. «MC Nego do Borel lança músicas de seu DVD no Vevo e no YouTube». radiomania.com.br 
  20. «DVD de MC Nego do Borel disponível da VEVO». vevo.com 
  21. «Na estreia, funkeiro recebeu milhares de acessos ficando atrás apenas de Katy Perry». odia.ig.com.br 
  22. «Nego do Borel lança DVD em que distribui R$ 5 mil durante show». ego.globo.com 
  23. «Famosos na gravação do dvd do Nego do Borel na I9 Music». cgn.uol.com.br 
  24. «MC Nego do Borel álbum MC Nego do Borel na Rádio Uol». www.uol.com.br 
  25. «MC Nego do Borel - É ele Mesmo (álbum), disponível no Amazon». www.amazon.com 
  26. «MC Nego do Borel lança clipe de "Menina Má" com Melanina Carioca». www.purebreak.com.br 
  27. «Nego do Borel se prepara para lançar novo clipe». www.ofuxico.com.br. 2014 
  28. «Não Me Deixe Sozinho - Single de Nego do Borel no iTunes». iTunes. Consultado em 22 de fevereiro de 2016. 
  29. «Nego do Borel grava clipe de R$ 200 mil com mariachis e musa fitness». Ego. Consultado em 22 de fevereiro de 2016. 
  30. «Nego do Borel apresenta "Não Me Deixe Sozinho" no programa da Fátima Bernardes». Portal POPline. 20 de outubro de 2015. Consultado em 22 de fevereiro de 2016. 
  31. a b «MC Nego do Borel interpretando personagem Nega da Boreli». www.vevo.com 
  32. a b c Castro, Daniel (25 de março de 2014). «Danilo Gentili 'prende' funkeiro no SBT para prejudicar Rafinha Bastos». Notícias da TV. Universo Online. Consultado em 2 de abril de 2014. 
  33. a b c Moraes, Patrícia (28 de março de 2014). «Rafinha Bastos critica golpe de Gentili: 'Nós esperamos que não aconteça mais'». Tribunal da Bahia. Internet Group. Consultado em 2 de abril de 2014. 
  34. a b c «MC Nego do Borel é acusado de plagiar a música "É ele mesmo" de MC Fhael». extra.globo.com 
  35. a b «Eu queria fazer um filme pornô antes de ser famoso». ego.globo.com 
  36. a b [http://pheeno.com.br/2015/05/mc-nego-do-borel-revela-que-ja-teve-relacao-gay-no-inicio-da-carreira-fiz-uma-meinha/ MC Nego do Borel revela que já teve relação gay no início da carreira, fiz uma meinha]
  37. «Nego do Borel dá trabalho à gravadora e falta a gravação de clipe». Ego. Consultado em 2 de abril de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]