Pontal do Paranapanema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

O Pontal do Paranapanema é uma região com 18844,60 km², que compreende 32 municípios do estado de São Paulo. São eles: Assis, Alfredo Marcondes, Álvares Machado, Anhumas, Caiuá, Caiabu, Emilianópolis, Estrela do Norte, Euclides da Cunha Paulista, Iepê, Indiana, João Ramalho, Marabá Paulista, Martinópolis, Mirante do Paranapanema, Nantes, Narandiba, Piquerobi, Pirapozinho, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Rancharia, Regente Feijó, Ribeirão dos Índios, Rosana, Sandovalina, Santo Anastácio, Santo Expedito, Taciba, Tarabai e Teodoro Sampaio.

É localizada no extremo oeste do estado de São Paulo, na região sudeste do Brasil, em uma posição estratégica considerando tanto sua proximidade com os estados de Mato Grosso do Sul e Paraná quanto o advento do Mercosul.

Sua população total é de 583.703 habitantes, sendo 89,74% desse total concentrada em áreas urbanas, segundo o Censo do ano de 2010 do IBGE.[1]

No estado de São Paulo há três áreas muito carentes, uma das quais é o Pontal do Paranapanema, onde têm havido muitos conflitos sociais relativos à concentração de terras, envolvendo disputas entre movimentos populares, como por exemplo o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra), e os latifundiários.

Os participantes do MST lutam pela reforma agrária reivindicando a utilização das terras em desuso e terras de especulação para a realização da reforma.

A comunidade acadêmica tem estado consciente e preocupada com esta situação e, portanto, tem desenvolvido estudos e pesquisas sobre o assunto, tanto individualmente quanto através de grupos de pesquisa. Uma das mais importantes universidades brasileiras é a Universidade Estadual Paulista, que tem dois campi localizados nos municípios de Presidente Prudente e Rosana, ambos no Pontal do Paranapanema.

Referências

  1. SIT - Sistema de Informações Territoriais (Ministério de Desenvolvimento Agrário do Brasil): http://sit.mda.gov.br/download.php?ac=obterDadosBas&m=3528700

Ligações externas[editar | editar código-fonte]