Supercopa Libertadores 1989

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Supercopa Libertadores 1989
Dados
Participantes 14
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 3 de outubro29 de novembro
Gol(o)s 53
Partidas 26
Média 2,04 gol(o)s por partida
Campeão Argentina Boca Juniors (1º título)
Vice-campeão Argentina Independiente
Melhor marcador 3 gols:
◄◄ 1988 Soccerball.svg 1990 ►►

A Supercopa Libertadores 1989 foi a segunda edição deste torneio de futebol que reunia os clubes campeões da Taça Libertadores da América. O campeão foi o Boca Juniors, da Argentina, que na final venceu a equipe do Independiente, também da Argentina.

Desta vez, a competição reuniu um número par de participantes, 14 no total. Ainda assim, a exemplo do que ocorrera na edição anterior, houve sorteio para definir a equipe que passaria diretamente para a próxima fase. Desta forma, o Boca Juniors foi promovido diretamente às quartas-de-final. O Racing, campeão do ano anterior, também estreou direto na segunda fase da competição.

Participantes[editar | editar código-fonte]

 Argentina
Clube Cidade Classificação
Argentinos Juniors Buenos Aires Campeão da Libertadores de 1985
Boca Juniors Buenos Aires Campeão da Libertadores de 1977 e 1978
Estudiantes La Plata Campeão da Libertadores de 1968, 1969 e 1970
Independiente Avellaneda Campeão da Libertadores de 1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984
Racing Avellaneda Campeão da Libertadores de 1967
River Plate Buenos Aires Campeão da Libertadores de 1986
 Brasil
Clube Cidade Classificação
Cruzeiro Belo Horizonte Campeão da Libertadores de 1976
Flamengo Rio de Janeiro Campeão da Libertadores de 1981
Grêmio Porto Alegre Campeão da Libertadores de 1983
Santos Santos Campeão da Libertadores de 1962 e 1963
 Colômbia
Clube Cidade Classificação
Atlético Nacional Medellín Campeão da Libertadores de 1989
 Paraguai
Clube Cidade Classificação
Olimpia Assunção Campeão da Libertadores de 1979
Uruguai
Clube Cidade Classificação
Nacional Montevidéu Campeão da Libertadores de 1971, 1980 e 1988
Peñarol Montevidéu Campeão da Libertadores de 1960, 1961, 1966, 1982 e 1987

Tabela[editar | editar código-fonte]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
3 de outubro de 1989 Flamengo Brasil 0 – 1 Argentina Argentinos Juniors Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
21:30 (UTC-3)
Rudman Gol marcado Público: 13.665
Árbitro: Paraguai Gabriel González
  • Flamengo: Zé Carlos; Paulo Cruz (Uidemar), Márcio Rossini (Leandro), Júnior Baiano e Malhado; Aílton, Júnior e Borghi; Alcindo, Nando e Zinho. Técnico: João Carlos.
  • Argentinos Juniors: Goyen; Malvárez, Cejas, Rodríguez e Mac Allister; Ortega, Cáceres e Cagna (Batista); Airez (González), Rudman e Castillo. Técnico: Nito Veiga.

4 de outubro de 1989 Estudiantes Argentina 3 – 0 Uruguai Peñarol Jorge Luis Hirschi, La Plata (Argentina)

Patricio Mac Allister Gol marcadoGol marcado
Di Carlo Gol marcado

4 de outubro de 1989 Nacional Uruguai 2 – 1 Colômbia Atlético Nacional Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Dely Valdés Gol marcado
Ostolaza Gol marcado
Relatório Usuriaga Gol marcado Árbitro: Argentina Abel Gnecco

4 de outubro de 1989 Santos Brasil 1 – 2 Argentina Independiente Vila Belmiro, Santos (SP)
22:00 (UTC-3)
Ditinho Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85' Alfaro Moreno Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11'
Insúa Gol marcado aos 37 minutos de jogo 37'
Público: 2.176 pagantes
Árbitro: Uruguai Ernesto Filippi
  • Santos: Sérgio; Ditinho, Davi (Cássio), Luizinho e Wladimir; César Sampaio, César Ferreira, Ernâni (Juary) e Jorginho Putinati; Paulinho MacLaren e Heriberto. Técnico: Nicanor de Carvalho.
  • Independiente: Pereira; Altamirano, Delgado, Monzon e Vazquez; Bianco, Ludueña e Insua (Marcelo Morales); Bochini, Reggiardo (Luiz Artime) e Alfaro Moreno. Técnico: Jorge Solari.

4 de outubro de 1989 Olimpia Paraguai 2 – 0 Brasil Cruzeiro Defensores del Chaco, Assunção (Paraguai)

Samaniego Gol marcado
Neffa Gol marcado
Árbitro: Bolívia Juan Oscar Ortubé

5 de outubro de 1989 River Plate Argentina 2 – 1 Brasil Grêmio Monumental de Núñez, Buenos Aires (Argentina)

Centurión Gol marcado
Borrelli Gol marcado
Adílson Heleno Gol marcado Árbitro: Chile Salvador Imperatore
Jogos de volta
10 de outubro de 1989 Argentinos Juniors Argentina 2 – 1 Brasil Flamengo José Amalfitani, Buenos Aires (Argentina)

Airez Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Vidal González Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49'
Nando Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44' Árbitro: Peru Juan Francisco Ramírez
  • Flamengo: Zé Carlos; Josimar (Uidemar), Júnior, Fernando e Leonardo; Aílton, Renato Carioca (Borghi) e Zico; Alcindo, Nando e Zinho. Técnico: Valdir Espinosa.
  • Argentinos Juniors: Goyen; Malvárez, Cejas, Osvaldo Rodríguez e Mac Allister (Mayor); Cáceres, Rudman e Cagna; Airez (Leonardo Rodríguez), González e Castillo. Técnico: Nito Veiga.

11 de outubro de 1989 Peñarol Uruguai 2 – 0 Argentina Estudiantes Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Carrasco Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38'
Mauricio Silvera Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'

11 de outubro de 1989 Atlético Nacional Colômbia 2 – 0 Uruguai Nacional Atanasio Girardot, Medellín (Colômbia)

Arango Gol marcado
Trellez Gol marcado
Relatório Árbitro: Brasil Luis Carlos Félix

11 de outubro de 1989 Independiente Argentina 2 – 0 Brasil Santos La Doble Visera, Avellaneda (Argentina)

Insúa Gol marcado
Monzón Gol marcado
Árbitro: Equador Elías Jácome
  • Independiente: Pereira; Altamirano, Delgado, Monzon e Vazquez; Bianco, Ludueña, Insua e Bochini; Reggiardo e Alfaro Moreno. Técnico: Jorge Solari
  • Santos: Sérgio; Ditinho, Davi, Luiz Carlos e Wladimir; César Sampaio, César Ferreira, Jorginho e Ernâni; Carlinhos e Tuíco. Técnico: Nicanor de Carvalho

11 de outubro de 1989 Cruzeiro Brasil 3 – 0 Paraguai Olimpia Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Chamas Gol marcado (C)
Édson Gol marcado
Careca Gol marcado
Árbitro: Argentina Jorge Eduardo Romero

11 de outubro de 1989 Grêmio Brasil 2 – 1 Argentina River Plate Olímpico, Porto Alegre (RS)

Kita Gol marcado
Adílson Heleno Gol marcado
Centurión Gol marcado Árbitro: Uruguai José Martínez Bazán
    Penalidades  
Edinho: marcou

Adílson Heleno: marcou
Jandir: marcou
Hélcio: marcou

4–1 Batista: marcou

Medina Bello: perdeu
Batistuta: perdeu

 

* Por sorteio, o Boca Juniors entrou direto nas quartas-de-final, assim como o Racing, campeão da edição anterior.

Quartas-de-final[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
18 de outubro de 1989 Atlético Nacional Colômbia 2 – 2 Argentina Independiente Medellín (Colômbia)

Trellez Gol marcado Gol marcado Ludueña Gol marcado
Giusti Gol marcado

19 de outubro de 1989 Boca Juniors Argentina 0 – 0 Argentina Racing La Bombonera, Buenos Aires (Argentina)

Árbitro: Argentina Juan Antonio Bava
  • Boca Juniors: Navarro Montoya; Stafuza, Simón, Marchesini e Cucciuffo; Giunta, Marangoni e Latorre; Gutiérrez, Perazzo e Barberón (Hoyos). Técnico: Carlos Aimar.
  • Racing: Vivalda; Olarán, Brown, Fabbri e Míguez; Acuña, Pérez e Olarticoechea; Escudero, Lanzidei e Cabral (Botana). Técnico: Pedro Marchetta.

24 de outubro de 1989 Grêmio Brasil 0 – 1 Argentina Estudiantes Olímpico, Porto Alegre (RS)

Cariaga[1] Gol marcado

25 de outubro de 1989 Cruzeiro Brasil 1 – 1 Argentina Argentinos Juniors Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Hamílton Gol marcado Airez Gol marcado
Jogos de volta
25 de outubro de 1989 Independiente Argentina 2 – 0 Colômbia Atlético Nacional Avellaneda (Argentina)

Alfaro Moreno Gol marcado
Monzón Gol marcado

26 de outubro de 1989 Racing Argentina 1 – 2 Argentina Boca Juniors Juan Domingo Perón, Avellaneda (Argentina)

Fabbri Gol marcado Ponce Gol marcado (P)
Cuciuffo Gol marcado
Árbitro: Argentina Juan Carlos Lousteau
  • Racing: Vivalda; Olarán (Lamadrid), Brown, Fabbri e Míguez; Acuña, Pérez e Olarticoechea (De Llano); Escudero, Lanzidei e Castaño. Técnico: Pedro Marchetta.
  • Boca Juniors: Navarro Montoya; Stafuza, Simón, Marchesini e Cucciuffo; Giunta, Marangoni e Ponce; Graciani, Perazzo (Musladini) e Barberón (Carrizo). Técnico: Carlos Aimar.

1º de novembro de 1989 Estudiantes Argentina 0 – 3 Brasil Grêmio Jorge Luis Hirschi, La Plata (Argentina)

Paulo Egídio Gol marcado
Cuca Gol marcadoGol marcado
Árbitro: Chile Gastón Castro
  • Estudiantes: Battaglia; Craviotto, Trotta, Agüero e Ramírez; Peinado, Vargas e Cardoso (Kuyumchoglu); Cariaga, Márquez (Di Cario) e Mac Allister. Técnico: Eduardo Solari.
  • Grêmio: Mazaropi; Alfinete, Luís Eduardo, Edinho e Fábio; Jandir, Lino e Adílson Heleno; Cuca, Kita (Vilson) e Paulo Egídio. Técnico: Cláudio Duarte.

1º de novembro de 1989 Argentinos Juniors Argentina 2 – 0 Brasil Cruzeiro José Amalfitani, Buenos Aires (Argentina)

Airez Gol marcado
Cáceres Gol marcado
Árbitro: Bolívia Juan Oscar Ortubé
  • Argentinos Juniors: Goyen; Malvárez, Rodríguez, Ortega e Mac Allister; Cáceres, Redondo e Castillo; Airez, Rudman (Moglovero) e Vidal (Cagna). Técnico: Nito Veiga.
  • Cruzeiro: Paulo César; Balu, Gilson Jáder, Gilmar Francisco (Ramón) e Eduardo; Ademir, Betinho e Careca; Heider (Marcinho), Hamilton e Édson. Técnico: Ênio Andrade.

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
8 de novembro de 1989 Grêmio Brasil 0 – 0 Argentina Boca Juniors Olímpico, Porto Alegre (RS)

Árbitro: Uruguai Juan Daniel Cardelino
  • Grêmio: Mazarópi; Fábio, Luís Eduardo, Vilson e Hélcio; Jandir (Darci), Cuca, Lino e Adilson Heleno; Kita (Assis) e Paulo Egídio. Técnico: Cláudio Duarte.
  • Boca Juniors: Navarro Montoya; Stafuza, Simón, Marchesini e Cucciuffo; Giunta, Marangoni e Ponce; Graciani, Latorre (Carrizo) e Barberón. Técnico: Carlos Aimar.

8 de novembro de 1989 Argentinos Juniors Argentina 0 – 1 Argentina Independiente Buenos Aires (Argentina)

Giusti Gol marcado
Jogos de volta
16 de novembro de 1989 Boca Juniors Argentina 2 – 0 Brasil Grêmio La Bombonera, Buenos Aires (Argentina)

Marangoni Gol marcado
Cuciuffo Gol marcado
Árbitro: Paraguai Juan Escobar Valdez
  • Boca Juniors: Navarro Montoya; Stafuza, Simón, Marchesini e Cuciuffo; Giunta, Marangoni e Ponce; Graciani, Latorre (Carrizo) e Perazzo (Berti). Técnico: Carlos Aimar.
  • Grêmio: Mazarópi; Alfinete, Edinho (Vilson), Luís Eduardo e Hélcio; Jandir, Lino (Sérgio Araújo) e Adilson Heleno; Cuca, Kita e Paulo Egídio. Técnico: Cláudio Duarte.

16 de novembro de 1989 Independiente Argentina 2 – 1 Argentina Argentinos Juniors Avellaneda (Argentina)

Insúa Gol marcado
Reggiardo Gol marcado
Cáceres Gol marcado (P)

Finais[editar | editar código-fonte]

1º jogo
22 de novembro de 1989 Boca Juniors Argentina 0 – 0 Argentina Independiente La Bombonera, Buenos Aires (Argentina)

Público: 65.000
Árbitro: Argentina Francisco Lamolina
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Boca Juniors
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Independiente
BOCA JUNIORS:
G 1 Colômbia Montoya
LD 4 Argentina Stafuzza
Z Argentina Simón (C)
Z 6 Argentina Marchesini
LE 3 Argentina Cuciuffo
V 8 Argentina Giunta
V 5 Argentina Marangoni
M 10 Argentina Ponce
M 11 Argentina Latorre
A 7 Argentina Graciani
A 9 Argentina Perazzo Substituído após 29 minutos de jogo 29'
Substituição:
M Argentina Berti Entrou em campo após 29 minutos 29'
Treinador:
Argentina Carlos Aimar
INDEPENDIENTE:
G 12 Uruguai Pereira
LD 19 Argentina Morales
Z Argentina Monzón
Z Paraguai Delgado Substituído após 45 minutos de jogo 45'
LE 4 Argentina Altamirano
V 8 Argentina Bianco
V Argentina Ludueña
M Argentina Giusti (C)
M 7 Argentina Insúa
A Argentina Reggiardo Substituído após 66 minutos de jogo 66'
A Argentina Alfaro Moreno
Substituição:
Z Argentina Lozano Entrou em campo após 45 minutos 45'
A Argentina Ubaldi Entrou em campo após 66 minutos 66'
Treinador:
Argentina Jorge Solari
2º jogo
29 de novembro de 1989 Independiente Argentina 0 – 0 Argentina Boca Juniors La Doble Visera, Avellaneda (Argentina)

Público: 70.000
Árbitro: Argentina Juan Antonio Bava
    Penalidades  
Bianco: marcou

Altamirano: marcou
Insúa: marcou
Artime: perdeu

3–5 Ponce: marcou

Marchesini: marcou
Latorre: marcou
Stafuzza: marcou
Giunta: marcou

 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Independiente
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Boca Juniors
INDEPENDIENTE:
G 12 Uruguai Pereira
LD 19 Argentina Morales
Z Argentina Monzón
Z Paraguai Delgado
LE 4 Argentina Altamirano
V 8 Argentina Bianco
V Argentina Ludueña
M Argentina Giusti (C)
M 7 Argentina Insúa
A Argentina Reggiardo Substituído após 60 minutos de jogo 60'
A Argentina Alfaro Moreno Substituído após 85 minutos de jogo 85'
Substituição:
M Argentina Bochini Entrou em campo após 60 minutos 60'
A 23 Argentina Artime Entrou em campo após 85 minutos 85'
Treinador:
Argentina Jorge Solari
BOCA JUNIORS:
G 1 Colômbia Montoya
LD 4 Argentina Stafuzza
Z Argentina Simón (C)
Z 6 Argentina Marchesini
LE 3 Argentina Cuciuffo
V 8 Argentina Giunta
V 5 Argentina Marangoni
M 10 Argentina Ponce
M 11 Argentina Latorre
A 7 Argentina Graciani Substituído após 66 minutos de jogo 66'
A 9 Argentina Perazzo Substituído após 76 minutos de jogo 76'
Substituição:
A 25 Argentina Pico Entrou em campo após 66 minutos 66'
M Argentina Berti Entrou em campo após 76 minutos 76'
Treinador:
Argentina Carlos Aimar

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
       8 a 16 de novembro  22 e 29 de novembro
                                       
1  Argentina Argentinos Juniors 1 2  
16  Brasil Flamengo 0 1  
   Argentina Argentinos Juniors 1 2  
   Brasil Cruzeiro 1 0  
8  Brasil Cruzeiro 0 3
9  Paraguai Olimpia 2 0  
   Argentina Argentinos Juniors 0 1  
   Argentina Independiente 1 2  
5  Argentina Independiente 2 2  
12  Brasil Santos 1 0  
   Argentina Independiente 2 2
   Colômbia Atlético Nacional 2 0  
4  Colômbia Atlético Nacional 1 2
13  Uruguai Nacional 2 0  
   Argentina Independiente 0 0 (3)
   Argentina Boca Juniors 0 0 (5)
2  Argentina Estudiantes 3 0  
15  Uruguai Peñarol 0 2  
   Argentina Estudiantes 1 0
   Brasil Grêmio 0 3  
7  Brasil Grêmio 1 2 (4)
10  Argentina River Plate 2 1 (1)  
   Brasil Grêmio 0 0
   Argentina Boca Juniors 0 2  
6  Argentina Boca Juniors - -  
11   - -  
   Argentina Boca Juniors 0 2
   Argentina Racing 0 1  
3  Argentina Racing - -
14   - -  
Supercopa Libertadores 1989
Flag of Argentina.svg
Boca Juniors
Campeão
(1º título)

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.