"Weird Al" Yankovic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Weird Al" Yankovic
"Weird Al" Yankovic cantando "The Saga Begins", em 2007
"Weird Al" Yankovic cantando "The Saga Begins", em 2007
Informação geral
Nome completo Alfred Matthew Yankovic
Também conhecido(a) como "Weird Al"
Nascimento 23 de Outubro de 1959 (55 anos)
Origem Lynwood, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock cômico, polca
Ocupação(ões) cantor, compositor, humorista
Instrumento(s) vocal, acordeon
Período em atividade 1979 – atualmente
Gravadora(s) Capitol Records
Página oficial www.weirdal.com

Alfred Matthew Yankovic (nascido em 23 de Outubro de 1959), mais conhecido como "Weird Al" Yankovic, é um músico com diversas premiações do Grammy, humorista, parodista, acordeonista, e produtor de televisão. Ele é particularmente conhecido por suas músicas satirizando a cultura popular e paródias de músicas contemporâneas. Os seus trabalhos renderam-lhe três discos de ouro e cinco de platina nos Estados Unidos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho único de Nick Louis Yankovic (um jugoslavo[1] [2] -Americano) e Mary Elizabeth Vivalda (de ascendência Italiana e Inglesa),[3] Alfred Matthew Yankovic nasceu em Downey, California, mas viveu em Lynwood. Começou a tocar acordeão um dia após seu sétimo aniversário. Quando um vendedor de rua veio oferecendo aulas de acordeão e guitarra, seu pai optou pelo acordeão dizendo que seria mas um Yankovic acordeonista no mundo do lado do "rei da polka" Frankie Yankovic (com quem ele não tem nenhuma relação). Ele dominou o instrumento aos dez anos, depois que deixou as lições para treinar sozinho. Ele agora usa um acordeão pequeno, que ajuda a pular mais vigorosamente pelo palco.

Depois de escutar o programa de rádio do "Dr. Demento" (um programa de comédia, com músicas humorísticas), Yankovic mandou para o "Doutor" uma fita cassete contendo uma música intitulada "Belvedere Cruisin'", que falava sobre o automóvel de sua família (um Plymouth Belvedere), em 1976. Outra música, contida na fita, que nunca foi ao ar, era intitulada "Dr. D Superstar" e era uma parodia de "Jesus Christ Superstar".[4] Ele era aluno da Lynwood High School no tempo, mas a fita foi o começo da sua eventual carreira.

Três anos depois, Yankovic foi um estudante de arquitetura na California Polytechnic State University (Universidade Politécnica Estadual da California), e um "DJ" na estação de rádio da universidade (a KCPR). Seu apelido da rádio era "Weird Al", o qual ele usa até hoje. Mesmo que ele tenha declarado que era chamado de "Weird Al" durante o colégio, não há evidências enquanto a veracidade disto. Quando "My Sharona" pelo The Knack estava fazendo sucesso e a banda "The Knack" foi convidada para tocar na Universidade, ele levou seu acordeão a um quarto que havia na sala da rádio (por causa da vantagem acústica dos ecos) e gravou a paródia "My Bologna", com um Lado B chamado "School Cafeteria". The Knack achou a música engraçada quando conheceram Yankovic depois do show na sua faculdade, e fizeram a música ser lançada pela gravadora da banda, a Capitol Records, que deu Yankovic um contrato de seis meses. Os ouvintes do Dr. Demento's freqüentemente colocavam esta faixa na lista "Funny Five" (as cinco mais engraçadas).

Em 1980, Yankovic estava trabalhando na sala de correspondência na Westwood One, a rede de rádios do Dr. Demento naquele tempo, quando produziu outra música chamada "Another One Rides the Bus", paródia do sucesso do Queen, "Another One Bites the Dust". Enquanto ensaiava a música fora do estúdio, o baterista Jon "Bermuda" Schwartz veio e lhe disse que era baterista e gostaria de usar a caixa do acordeão do Yankovic para deixar uma boa percussão para a música. Eles ensaiaram a música poucas vezes antes de tocarem ao vivo no programa do Doutor Demento. "Another One Rides the Bus" tornou-se tão popular que fez Yankovic aparecer pela primeira vez na televisão, no "Show de Amanhã" (The Tomorrow Show), com Tom Snyder. Na apresentação, ele tocou seu acordeão e Jon batucou novamente na caixa do acordeão. A rara edição de 1981 "Placebo EP" desta esta música teve seu lado B a faixa "Happy Birthday", uma incomum (para Yankovic) música obscura sobre os problemas do mundo e a sua iminente destruição ("There's garbage in the water and poison in the sky, I guess it won't be long before we're all gonna die"), com a sarcástica sugestão que a negação é a solução natural ("So if you think it's scary, if it's more than you can take, just blow out the candles, and have a piece of cake!") A gravação da música do "Placebo EP" foi recentemente remasterizado para estéreo por Jon "Bermuda" Schwartz para inclusão em uma campanha do Furacão Katrina, com vários outros músicos comediantes.[5]

A "Sociedade do Dr. Demento", que relança anualmente no Natal materiais do arquivo de fitas do "Dr. Demento" (chamado de Dr. Demento's Basement Tapes), também incluiu faixas não lançadas do Yankovic, como "Pacman", "It's Still Billy Joel To Me", ou as demos de "I Love Rocky Road". A versão ao vivo de "School Cafeteria" também pode ser encontrada nesse arquivo.

Em 1981 Yankovic saiu pela primeira vez em turnê como integrante do programa do Dr. Demento. Suas atuações eram particularmente interessantes para algumas pessoas, se haviam, quando ele começava a fazer paródias de músicas de Rock and Roll. Seu estilo interessou o empresário Jay Levey, o qual gostou da sua atuação e virou o empresário de Yankovic. Levey insistiu que a atuação soaria melhor se tivesse uma banda completa para acompanhar, então eles fizeram audições. Steve Jay tornou-se baixista do Yankovic, e Jim West o guitarrista. Com Schwartz nas baterias, a banda estava completa. Em 1991, Rubén Valtierra se juntou à banda nos teclados, para deixar Yankovic mais concentrado nos concertos. Rick Derringer iria produzir todos os seus álbuns a partir do lançamento de 1992, chamado "Off the Deep End". Depois da partida de Derringer, Yankovic começou a produzir seus álbuns. Assim ele lançou doze álbuns, o último lançado em 15 de julho de 2014, Mandatory Fun.

Em 1985, Yankovic co-escreveu e estrelou em um documentário sobre sua própria vida, chamadoThe Compleat Al que misturava fatos e ficção sobre sua vida até o momento. O filme teve como co-diretor Jay Levey, que seria o diretor de UHF quatro anos depois. Em Janeiro de 1998, Yankovic fez uma cirurgia a laser (LASIK) no olho e raspou seu bigode, mudando radicalmente seu visual tradicional. Yankovic, que estava acostumado com seu visual, comentou que "Hoje milhões de garotas me acham gostoso pela primeira vez!". Yankovic casou-se com Suzanne Krajewski em 10 de Fevereiro de 2001. Sua filha, Nina, nasceu em 11 de fevereiro de 2003. Ele também tem um poodle, chamado Bela (figurado em cima da cabeça do Yankovic na capa do seu álbum, Poodle Hat) e uma calopsita chamada Bo Veaner. No 10º episódio da 19ª temporada da série animada Os Simpsons, Weider Al faz uma participação especial, parodiando uma música de Homer Simpson. No 12º episódio da 4ª temporada da série animada My Little Pony: Friendship is Magic, Weird Al dublou o personagem Cheese Sandwich.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

EPs[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Album Paródia
1979 "My Bologna" Depois regravada e lançada em "Weird Al" Yankovic "My Sharona", The Knack
1981 "Another One Rides the Bus" Depois lançada em "Weird Al" Yankovic "Another One Bites the Dust", Queen
1983 "Ricky" "Weird Al" Yankovic "Mickey", Toni Basil, paródia sobre I Love Lucy
"I Love Rocky Road" "I Love Rock N'Roll", Joan Jett & The Blackhearts
1984 "Eat It" "Weird Al" Yankovic in 3-D "Beat It", Michael Jackson
"King of Suede" "King of Pain", The Police
"I Lost on Jeopardy" "Jeopardy", Greg Kihn Band.
"This Is The Life" Dare to Be Stupid Original, estilo jazz
1985 "Like a Surgeon" "Like a Virgin", Madonna
"I Want a New Duck" "I Want a New Drug", Huey Lewis & the News
"One More Minute" Original, estilo de Elvis Presley
"Hooked on Polkas" Medley de 12 músicas contemporâneas em ritmo polca.
1986 "Dare to Be Stupid" Original, parodiando Devo
"Living with a Hernia" Polka Party! "Living in America", James Brown
"Christmas at Ground Zero" Original
1988 "Fat" Even Worse "Bad", Michael Jackson
"Lasagna" "La Bamba", Los Lobos
"I Think I'm a Clone Now" "I Think We're Alone Now", Tiffany
1989 "UHF" UHF - Original Motion Picture Soundtrack and Other Stuff Original
"Money For Nothing / Beverly Hillbillies*" "Money For Nothing", Dire Straits e o tema de The Beverly Hillbillies
"Isle Thing" "Wild Thing", Tone Loc, paródia sobre Gilligan's Island
1992 "Smells Like Nirvana" Off the Deep End " Smells Like Teen Spirit", Nirvana
"You Don't Love Me Anymore" Original
"Taco Grande" "Rico Suave", Gerardo
1993 "Jurassic Park" Alapalooza "MacArthur Park", Richard Harris; paródia conta a história do filme Jurassic Park
"Bedrock Anthem" "Under the Bridge" e "Give It Away", Red Hot Chili Peppers, paródia sobre Os Flintstones
"Achy Breaky Song" "Achy Breaky Heart", Billy Ray Cyrus
1994 "Headline News" Permanent Record: Al in the Box "Mmm Mmm Mmm Mmm", Crash Test Dummies
1996 "Amish Paradise" Bad Hair Day "Gangsta Paradise", Coolio
"Gump" "Lump", The Presidents of the United States of America; paródia conta a história do filme Forrest Gump
"The Night Santa Went Crazy" Original, parodiando Soul Asylum
"Spy Hard" Original, escrita para o filme Duro de Espiar
1999 "The Saga Begins" Running with Scissors "American Pie", Don McLean; paródia conta a história do filme Star Wars Episode I: The Phantom Menace
"It's All About The Pentiums" "It's All About the Benjamins", Puffy Daddy
"Polka Power!" (Alemanha apenas) Medley de 14 músicas contemporâneas em ritmo polca
"Pretty Fly for a Rabbi" (Apenas na Austrália) "Pretty Fly (For a White Guy)", The Offspring
2003 "Couch Potato" Poodle Hat "Lose Yourself", Eminem
2006 "Don't Download This Song" Straight Outta Lynwood Original, ao estilo de canções de caridade como "We Are the World"
"White & Nerdy" "Ridin'", Chamillionaire
"Canadian Idiot" "American Idiot", Green Day
2007 "Trapped in the Drive-Thru" "Trapped in the Closet", R. Kelly
"eBay" Poodle Hat "I Want It That Way", Backstreet Boys
2008 "Whatever You Like" Alpocalypse "Whatever You Like", T.I.
2009 "Craigslist" Original, parodiando The Doors
"Skipper Dan" Original, estilo rock alternativo.
"CNR" Original, parodiando White Stripes, sobre o ator Charles Nelson Reilly
"Ringtone" Original, parodiando Queen
2011 "Perform This Way "Born This Way", Lady Gaga
2014 "Tacky" Mandatory Fun "Happy", Pharrell Williams
"Word Crimes" "Blurred Lines", Robin Thicke
"Foil" "Royals", Lorde
"Handy" Fancy, Iggy Azalea
"Lame Claim to Fame" Original, parodiando Southern Culture on the Skids

Referências

  1. Conrad, Harold. The Glamorous Life of Al Yankovic. // SPIN, Vol. 1, No. 4., August 1985, pp 48 – 50, ISSN 0886-3032
    It is of no minor coincidence that his parents are of Yugoslavian lineage and it so happens that Frankie Yankovic (no relation), known as the polka king and one of the best accordionists in the country, also happens to be a Yugoslav. A little chauvinism here.


  2. "Weird Al" Yankovic: Frequently Asked Questions". // "Weird Al" Yankovic – The Official Website, Zomba Recordings, 2010-02-23.
    What nationality is Al?


    Al's grandparents on his father's side were Yugoslavian, and on his mother's side they were Italian and English.


  3. Biografia do "Weird Al" por Sing 365 sing365.com (2006). Visitado em 21 de Julho de 2006.
  4. "Weird Al" Yankovic: Rare Items: UNLABELED TAPE. Visitado em 24-08-2006.
  5. Laughter is a Powerful Weapon Volume 2: Funny Musicians for a Serious Cause. Visitado em 2006-08-24.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre "Weird Al" Yankovic

References[editar | editar código-fonte]

"Weird Al" Yankovic (em inglês) no Internet Movie Database