Corey Todd Taylor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Corey Taylor
Informação geral
Nome completo Corey Todd Taylor
Também conhecido(a) como N° 8
Nascimento 8 de Dezembro de 1973 (40 anos)
Origem Des Moines, Iowa
País  Estados Unidos
Gênero(s) New metal
Heavy metal
Metal alternativo
Hard-rock
Post-grunge
Ocupação(ões) Vocalista
Compositor
Produtor cinematográfico
Instrumento(s) Vocal
Piano
Guitarra
Banjo
Baixo
Violão
Período em atividade 1990 - atualmente
Gravadora(s) Warner Bros. Records
Roadrunner Records
Afiliação(ões) Slipknot
Stone Sour
Dave Grohl (Foo Fighters)

Corey Taylor (Des Moines, 8 de Dezembro de 1973) é um compositor, produtor cinematográfico, escritor e vocalista das bandas Stone Sour e Slipknot.

Na banda Slipknot, Corey é #8. É conhecido por ter uma voz extremamente rouca e grave.

Nos palcos, Corey é como se fosse outra pessoa, quando está utilizando a sua máscara, mas garante que, fora do palco, é uma pessoa muito tranquila. Taylor é o número 69 no ranking Top 100 Metal Vocalists of All Time 2012.[1]

Máscara[editar | editar código-fonte]

Taylor com o Slipknot em 2011.

Era, originalmente, uma máscara de couro com dreads verdadeiros que praticamente cobriam o seu cabelo; essa máscara moldada com látex e dreads falsos teve várias versões. Com a máscara do Vol. 3, que no lado esquerdo está sorrindo e no direito está triste, os dreads sumiram e é seu próprio cabelo, vermelho e roxo. Atualmente, Corey usa uma máscara toda de látex, somente com abertura para nariz e boca, uma tela preta cobre seus olhos que são de tamanhos diferentes, pequenos furos para os ouvidos e aberta em cima, na região dos cabelos.


"Nós não estamos nos escondendo atrás dessas máscaras, estamos nos revelando mais do que vocês podem imaginar. A máscara que eu uso põe para fora toda as coisas ruins que há dentro de mim. Mesmo se não usássemos máscaras, nossa música ainda seria de boa qualidade."

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Corey Taylor é o mais velho de três irmãos, foi criado por pouco tempo em Orlando pelo seu tio George Robinson, mas Corey foi criado principalmente com sua a mãe em Waterloo um lugar descrito por Corey como um "buraco no chão com os edifícios ao redor dele". Corey tem ascendência belga, polonesa e dinamarquesa por parte de pai.

Taylor foi criado por sua mãe solteira. Ele desenvolveu um sentimento apaixonado pelo rock clássico depois que sua avó lhe permitiu que ouvisse música desse estilo.

Em 1981, ele e sua mãe assistiram à série de ficção científica Buck Rogers in the 25th Century. Antes da série, assistiram ao filme de terror Halloween. Taylor disse que isso "desenvolveu algum sentido próprio do Slipknot". Inspirado nesse filme, Taylor se identificou com máscaras e temas de terror, a avó de Taylor permitiu-lhe conhecer o rock, mostrando-lhe uma coleção de LP's de Elvis Presley. Ele, especialmente, começou à gostar de algumas músicas, como "Teddy Bear", "In The Ghetto" e "Suspicious Minds", por apelarem aos seus interesses, descrevendo-os como "bons tempos". Taylor também começou a ouvir Black Sabbath desde pequeno começando assim com a sua aprendizagem musical.

Taylor, junto com sua mãe e irmã, morava em uma "velha fazenda em ruínas", que em dias de outono lhe lembrava as capas de discos dos Black Sabbath. Aos 15 anos, Corey tinha desenvolvido dependência de drogas e teve duas overdoses de cocaína, quando isso aconteceu, Corey estava a viver em Waterloo. Depois foi morar em uma roulotte (trailer) com a sua avó no Ohio. Ela ficou com a custódia legal dele e o ajudou a comprar os seus primeiros instrumentos musicais. Quando Taylor completou os 18 anos, ele deixou o trailer de sua avó e foi morar em vários lugares, achando que a sua cidade natal, Des Moines, era o melhor lugar para ele viver.

Taylor também teve problemas de abuso de álcool, que a sua ex-esposa, Scarlett, ajudou-o, tendo-o impedido de cometer suicídio. Em 2006, Taylor disse à MTV que ele tentou pular de uma varanda do oitavo andar do Hyatt, na Sunset Boulevard, em 2003, mas "de alguma forma [Scarlett] me parou". Isso foi mais tarde Corey se retratou desta afirmação, em entrevista à Kerrang! e disse, na verdade, que fora o seu amigo Thom Hazaert que o impediu de saltar. Scarlett então lhe disse ele teria que ficar sóbrio ou que se separavam.

Casamentos[editar | editar código-fonte]

Taylor se divorciou de Scarlett Stone – com quem se casou em 11 de março de 2004, numa cerimônia pequena, no Botanical Center, em Des Moines, Iowa, no começo de 2007. Na edição de novembro de 2008 da revista Revolver, ele é citado dizendo: “Depois que eu fiquei sóbrio, eu descobri que o meu relacionamento não estava dando certo para mim. Minha esposa e eu tínhamos nos corrompido demais.” Corey se casou pela segunda vez com Stephanie Luby[2] no dia 13 de novembro de 2009, no Palm's Hotel em Las Vegas. A noiva caminhou até o altar ao som de “For Whom The Bell Tolls“, dos Metallica. Foram convidados 350 pessoas, que lotaram o Pearl Concert Theater do hotel, incluindo Mark McGrath, dos Sugar Ray, e também Dave Navarro, dos The Panic Channel e Billy Morrison (que fez a cerimônia) dos Camp Freddy. Depois, o noivo e todos os roqueiros presentes subiram ao palco, para cantar três músicas. Coincidentemente o dia 13 de Novembro caiu numa sexta-feira 13.

Reencontro com o pai[editar | editar código-fonte]

Corey cresceu sem conhecer seu pai, que partiu pouco antes de seu nascimento e, a pedido de sua mãe, ficou longe de sua vida. Os dois finalmente se encontraram apenas muitos anos depois, em 2006, quando Scarlett Stone (ex-esposa de Corey) persuadiu a mãe de Taylor para que contasse a ela tudo que sabia sobre o pai, e quando ela concordou, Scarlett contratou um detetive particular para encontrar o pai de Corey Taylor.

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

Slipknot[editar | editar código-fonte]

Em Des Moines, Iowa, Joey Jordison, Shawn Crahan, Mick Thomson foram até Corey pedindo-lhe para se juntar Slipknot. Ele concordou em ir para um dos ensaios, e acabou cantando na frente deles. Pediram-lhe para entrar na banda por causa de seus vocais melódicos. Taylor tornou-se vocalista da banda, quando o vocalista anterior, Anders Colsefini, saiu, por causa de problemas com o seu desempenho nos shows. Dos nove membros do Slipknot, Corey foi o sexto a entrar na banda.

Sentindo que poderia se expandir mais nos Slipknot do que nos Stone Sour, Taylor entrou em hiato com os Stone Sour. O primeiro show de Corey com os Slipknot foi a 22 de agosto de 1997, que de acordo com os restantes membros da banda, não correu muito bem. Durante o seu primeiro show, Corey não cantou usando uma máscara, no entanto, no seu segundo show, quase um mês depois, Corey usava uma máscara que lembra a máscara do álbum de estreia. A máscara atual de Taylor foi descrita por Chris como "se fosse feita de carne apodrecida como Leatherface[3] .

Taylor grava com Slipknot desde o lançamento do Slipknot Demo, o CD demo utilizado para a banda conseguir um produtor. Já como vocalista permanente, gravou com os Slipknot no Indigo Ranch em Malibu, Califórnia o álbum Slipknot. Taylor foi acusado de violação de direitos de autor, sobre a letra da música "Purity", mas esta acusação acabou por rejeitada pelos tribunais. Taylor começou a gravar o seu segundo álbum de estúdio, Iowa, em 2001 no Sound City, Sound Image, em Los Angeles, Califórnia. Taylor decidiu não falar palavrões nas músicas do Vol. 3: (The Subliminal Verses) por querer que todos pudessem ouvi-lo, mas no quarto álbum o All Hope Is Gone há uma classificação indicativa que apenas permite que as crianças ouçam o disco por critério dos pais.

Stone Sour[editar | editar código-fonte]

A Banda Stone Sour foi originalmente formada por James Root e Corey Taylor em 1992. Conheceram-se através de um amigo dos dois na época, conhecido como Danny, que os apresentou, tomando assim a decisão de formarem uma banda. Josh entrou como guitarrista, não dando muito certo. Logo depois, Shawn entrou como guitarrista, mas Joel viu o seu talento quando o viu a tocar baixo, trocando de instrumento. Esta época foi marcada pelas várias mudanças entre seus membros. Até 1994, passaram mais de 10 guitarristas. Neste mesmo ano, Shawn tocava numa banda com James Root, e convidou-o para ver um ensaio do seu projeto paralelo. Ele não quis muito, já tinha ouvido algum material da banda no ano anterior, mas acabou por ir. Entretanto, entrou na banda, deixando o "Atomic Opera" de Des Moines. Em 1997, Corey saiu da banda para participar num projeto paralelo, (Slipknot), e foi então que os outros foram para outras bandas. Em 1998, James também entrou para os Slipknot. Mas eles nunca "declararam falência" da banda, voltando em 2002, gravando o seu primeiro álbum, homónimo da banda (Stone Sour). Em 2005 o baterista Joel deixou a banda, porque seu filho, de acordo com exames médicos, tinha uma doença no cérebro, dando o seu lugar para Roy Mayorga, ex-Soulfly. No ano de 2011, participaram do festival de música "Rock In Rio", tocando no segundo dia de apresentações no palco principal. Nessa apresentação especial, o baterista Roy Mayorga foi substituído pelo então ex-baterista do Dream Theater, Mike Portnoy, por causa do nascimento de sua filha. A banda voltou em 2006 para lançar o seu segundo álbum de estúdio, Come What(ever) May O single Sillyworld, chegou à 2ª posição nas paradas do Mainstream Rock. Through Glass provou ser um sucesso atingindo a 1ª posição do Mainstream Rock, a 2ª posição do Modern Rock Tracks, a 12ª posição do Hot Adult Top 40 e a 39ª posição no Billboard Hot 100, todos em 2006. Eles lançaram mais 2 singles em 2007, Made of Scars e Zzyzx Rd.. Em 2006 foram nomeados para o Grammy de Best Peformance Hard Rock/Metal pela música 30/30-150.

Estilo e influências[editar | editar código-fonte]

Os dois primeiros álbuns dos Slipknot com Corey, o Slipknot e o Iowa, ambos contêm conteúdo explícito (para maiores de idade) gratuito. O estilo vocal de Corey, que contém às vezes canto melódico, guturais, o levou a ficar no número 86 na Hit Parader do Top 100 Vocalistas de Metal de Todos os Tempos.[4]

Corey tem duas bandas cheias de contrastes: os Slipknot são considerado como banda de Heavy metal, Nu metal e Metal alternativo e mostram diversos tipos de humores, como depressão, hostilidade, raiva e rebeldia. Os Stone Sour são classificados como Hard rock, Metal alternativo, Heavy metal, e Post-grunge e expressam desolação, raiva e rebelião. Taylor cita Mötley Crüe, Iron Maiden, Metallica, Nine Inch Nails, Dokken, Misfits, Black Sabbath, Black Flag, Slayer, Def Leppard, Sex Pistols, Lynyrd Skynyrd, Cheap Trick, Pearl Jam, The Damned, The Cramps e Bob Dylan como influências.

Shows no Brasil[editar | editar código-fonte]

Corey já se apresentou 5 vezes no Brasil, 4 vezes com os Slipknot (São Paulo e Rio de Janeiro em 2005, na turnê Vol. 3 Subliminal Verses, e no Rio de Janeiro em 25 de Setembro de 2011, Rock In Rio IV e recentemente tocou com a banda Slipknot no Monsters Of Rock no estado de São Paulo no dia 19 de Outubro de 2013.) e uma com os Stone Sour (Rio de Janeiro, em 24 de setembro de 2011, Rock In Rio IV).

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Corey Taylor no Rockstar Uproar

Corey já tocou com várias outras bandas, foi o vocalista da música The Rich Man da banda RoadRunner United. E em 2011 lançou o seu livro Seven Deadly Sins e começou a fazer turnê pelos EUA para a divulgação. Em janeiro de 2012, Corey e o percussionista e também vocalista Shawn Crahan abriram a produtora Living Breathing Films, que será especializada em filmes de terror.


lms, que será especializada em fil ||lead vocals|| lms, que será especializada em fil ||lead vocals||

Ano Artista Álbum Faixa(s) Posição Ref
1998 Sister Soleil Soularium "Liar" Vocal de apoio [5]
[6]
1998 Smakdab Smakdab (album) "Shadowed" Vocal [7]
2000 Snot Strait Up "Requiem" Vocal [8]
[9]
2000 Soulfly Primitive "Jumpdafuckup" Vocal [10]
[11]
[12]
2001 Biohazard Uncivilization "Domination" Vocal de apoio
2001 Slitheryn Slitheryn "Lost" Vocal de apoio [13]
[14]
2001 Slitheryn Slitheryn "Get Up" Vocal de apoio [13]
[14]
2002 Black Flag Rise Above "Room 13" Vocal [15]
[16]
2003 Anthrax With Full Force Festival in Germany "Bring the Noise" Vocal [17]
[18]
2004 Damageplan New Found Power "Fuck You" Vocal [19]
[20]
2005 Roadrunner United The All-Star Sessions "The Rich Man" Vocal [21]
[22]
[23]
2006 Korn Family Values Tour 2006 "Freak on a Leash (Ao Vivo)" Vocal de apoio [24]
[25]
2006 FaceCage III Produtor [26]
[27]
2007 Apocalyptica Worlds Collide "I'm Not Jesus" Vocal [28]
[29]
2007 Dream Theater Systematic Chaos "Repentance" Compositor [30]
[31]
2008 Walls of Jericho Redemption_(álbum) "Ember Drive", "My Last Stand", "Addicted" Vocal de apoio, Produtor [32]
[33]
2009 Steel Panther Feel the Steel "Death to All But Metal", "Asian Hooker", "Eyes of a Panther" Vocal [34]
[35]
[36]
2010 Corey Taylor X-M@$ "X-M@$" Vocal, Produtor [37]
[38]
2010 Travis Barker, Corey Taylor Give the Drummer Some "On My Own" Vocal

Discografia[editar | editar código-fonte]

Slipknot[editar | editar código-fonte]

Tabela de discos (em ordem cronológica)
Nome do álbum Gravadora Ano de lançamento Produtor(es)
Slipknot Roadrunner Records
1999
Ross Robinson
Iowa Roadrunner Records
2001
Ross Robinson
Vol. 3: (The Subliminal Verses) Roadrunner Records
2004
Rick Rubin
All Hope Is Gone Roadrunner Records
2008
Slipknot,Dave Fortman
Antennas to Hell[39] Roadrunner Records
2012
Slipknot, Ross Robinson, Sean Anderson, Rick Rubin, Joey Jordison, Dave Fortman, Chris Vrenna

Stone Sour[editar | editar código-fonte]

Tabela de discos (em ordem cronológica)
Nome do álbum Gravadora Ano de lançamento Produtor(es)
Stone Sour Roadrunner Records
2002
Tom Tatman e Stone Sour
Come What(ever) May Roadrunner Records
2006
Nick Raskulinecz
Audio Secrecy Roadrunner Records
2010
Nick Raskulinecz
House of Gold and Bones Warner Bros. Records
2012
Nick Raskulinecz
House of Gold and Bones Pt.2 Warner Bros. Records
2013
Nick Raskulinecz

Outros[editar | editar código-fonte]

Equipamento[editar | editar código-fonte]

Lista de instrumentos
Instrumento Período
Audio-Technica AEW-T6100 Wireless Handheld Microphone 2000-presente
Ibanez Voice Chorus 1999-2000
Guitarras Gibson 2009-presente
Ibanez Custom Artcore Talman Semi-Hollow Body 2003-2005

Referências

  1. http://www.gearsofrock.com/2011/12/11/top-100-hard-rock-and-heavy-metal-vocalists-of-all-time-complete-countdown/
  2. Corey Taylor married Stephanie Luby: Taylor & Luby wedding (em inglês) celebgalz.com (15 de novembro de 2009). Visitado em 6 de Agosto de 2011.
  3. http://www.mtv.com/news/articles/1590243/20080701/slipknot.jhtml
  4. http://www.hearya.com/2006/12/04/hit-paraders-top-100-metal-vocalists-of-all-time
  5. allmusic ((( Soularium > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-04-18.
  6. Sister Soleil - Soularium (CD) at Discogs Discogs. Retrieved 2010-05-17.
  7. Smakdab - The Secret History of the Cedar Valley Thesecrethistory.org (2007-03-20). Visitado em 2011-12-07.
  8. allmusic ((( Strait Up > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-04-24.
  9. Requiem | Corey Taylor Song - Yahoo! Music Yahoo!. Retrieved 2010-05-17.
  10. Soulfly - Prophecy (CD, Album, Ltg, Dig) Discogs. Retrieved 2010-04-24.
  11. allmusic - Jumpdafuckup Allmusic. Retrieved 2010-05-17.
  12. Primitive by Soulfly - Download Primitive on iTunes iTunes. Retrieved 2010-05-17.
  13. a b allmusic ((( Slitheryn > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-05-16.
  14. a b Créditos do álbum {{{título}}}.
  15. Various - Rise Above (CD, Comp) Discogs. Retrieved 2010-04-24.
  16. Room 13 | Corey Taylor Song - Yahoo! Music Yahoo!. Retrieved 2010-05-17.
  17. Corey Taylor Discography at Discogs Discogs. Retrieved 2010-04-18.
  18. Créditos do álbum {{{título}}}.
  19. allmusic ((( New Found Power > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-04-24.
  20. Damageplan -New Found Power (CD, Enh) at Discogs Discogs. Retrieved 2010-05-17.
  21. (2007-10-23) Rich Man | Corey Taylor Yahoo! Music. Retrieved 2010-04-18.
  22. allmusic ((( Roadrunner United: The All Star Sessions > Overview ))) Allmusic. Retrieved 2010−04−28
  23. (2005-12-16) "ROADRUNNER UNITED Concert: Complete Details Revealed!". Blabbermouth.net. Retrieved 2010-07-01.
  24. Korn feat. Corey Talyor - Freak on a Leash MySpace Videos. Retrieved 2010-05-16.
  25. Family Values Tour 2006 (2006) (V) IMDb. Retrieved 2010-05-17.
  26. "Facecage Taps Slipknot's Corey Taylor For Upcoming Album", Blabbermouth.net, 2008-05-09. Página visitada em 2008-11-29.
  27. "Facecage To Open For Soulfly In Des Moines", Blabbermouth.net, 2008-10-10. Página visitada em 2008-11-29.
  28. I'm Not Jesus (feat. Corey Taylor) iTunes. Retrieved 2010-04-18.
  29. (2007-07-11) APOCALYPTICA With COREY TAYLOR: 'I'm Not Jesus' Video Posted Online Blabbermouth.net.
  30. Créditos do álbum {{{título}}}.
  31. allmusic ((( Systematic Chaos > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-05-17.
  32. Slipknot/Stone Sour frontman producing new Walls of Jericho EP (17 October 2007). Visitado em 14 January 2009.
  33. allmusic ((( Redemption > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-05-17.
  34. allmusic ((( Feel the Steel > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-04-18.
  35. Feel the Steel [PA] - CD - Steel Panther Best Buy. Retrieved 2010-05-07.
  36. Créditos do álbum {{{título}}}.
  37. Slipknot/Stone Sour frontman producing new Christmas 2010 single for the charity "Teenage Cancer Trust" (10 December 2010). Visitado em 10 December 2010.
  38. allmusic ((( Redemption > Credits ))) Allmusic. Retrieved 2010-12-13.
  39. Novo álbum para 2012 (em português) Rolling Stone Brasil.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Corey Taylor
Portal A Wikipédia possui o portal:
  • Slipknot