Pet Sematary (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pet Sematary
Cemitário Vivo (PT)
Cemitério Maldito (BR)
 Estados Unidos
1989 • cor • 103 min 
Direção Mary Lambert
Produção Richard P. Rubinstein
Roteiro Stephen King
Elenco Denise Crosby
Fred Gwynne
Dale Midkiff
Género Terror, Suspense
Idioma inglês
Música Elliot Goldenthal
Lançamento 21 de abril de 1989
Orçamento US$ 11,5 milhões
Cronologia
Último
Último
Pet Sematary II (1992)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Pet Sematary (Cemitério Maldito, no Brasil; Cemitério Vivo, em Portugal) é um filme de terror de 1989, baseado na obra homônima do escritor Stephen King. Dirigido por Mary Lambert e com roteiro do próprio King, que também faz breve aparição como um pastor, o filme traz no elenco o ator Dale Midkiff como Louis Creed, Denise Crosby como Rachel Creed, Blaze Berdahl como Ellie Creed, Miko Hughes como Gage Creed, e o conceituado Fred Gwynne como Jud Crandall.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O enredo do filme gira em torno da ressurreição de animais e, principalmente, pessoas mortas, enterradas num cemitério indígena, mais conhecido como "Cemitério Micmac". Os micmacs eram os índios nativos americanos. A família Creed muda-se para uma nova casa em Ludlow, no estado norte-americano do Maine, e rapidamente fazem amizade com o novo vizinho, um velho homem chamado Jud Crandall. É este novo vizinho que lhes fala acerca do cemitério, localizado atrás de um outro "cemitério" de animais, feito por crianças tristes (cujos animais foram atropelados na auto-estrada). Filme obteve destaque por usar cenas fortes com menores de idade. Para mais informações consulte o livro em que o filme foi baseado: Pet Sematary.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Filme e livro[editar | editar código-fonte]

  • No filme, Missy Dandrige (a mulher que sofre de câncer) morre. Porém, no livro, ela não morre.
  • Durante o livro, Stephen King cita por diversas vezes a banda de punk rock The Ramones, em certa parte do livro, ele diz que o personagem Louis Creed se hospeda em um hotel com o nome de Dee Dee Ramone, baixista da banda. No filme, a música "Sheena Is a Punk Rocker" toca em uma cena, e os Ramones também contribuíram uma canção original baseada na história, "Pet Sematary".

Curiosidades do filme[editar | editar código-fonte]

  • No filme, a personagem da Zelda foi interpretado por um homem. O motivo foi que os produtores do filme não encontraram uma mulher magra o suficiente para a personagem.
  • Gage, quando retorna do cemitério para atacar sua família, foi interpretado por um boneco eletrônico. E foi preciso sete técnicos para movimentar o boneco.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]