Caetano de Thiene

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de São Caetano)
Ir para: navegação, pesquisa
São Caetano
São Caetano pintado por Giambattista Tiepolo
Nascimento Outubro de 1480 em Vicenza
Morte 7 de agosto de 1547 (66 anos) em Nápoles
Veneração por Igreja Católica
Beatificação 8 de outubro de 1629 por Papa Urbano VIII
Canonização 1671 por Papa Clemente X
Festa litúrgica 7 de agosto
Padroeiro Thiene (Itália), São Caetano (PE), São Caetano do Sul (SP), Jacuípe (AL), Cipotânea (MG) e Brasópolis (MG)
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Caetano de Thiene (Vicenza, outubro de 1480  — Nápoles, 7 de agosto de 1547) foi um sacerdote católico italiano, beatificado em 8 de outubro de 1629 pelo papa Urbano VIII canonizado em 1671 pelo papa Clemente X. Ele fundou em Roma a congregação de clérigos regulares chamados Teatinos[1] . É conhecido como Santo da Providência, Patrono do pão e do trabalho. É padroeiro dos gestores administrativos, assim como das pessoas que buscam trabalho e dos desempregados. A festa de São Caetano é celebrada pelos católicos no dia 7 de agosto.

Predisposto à piedade por sua mãe, ele estudou Direito em Pádua, recebendo seu grau como utriusque Juris Doctor (ou seja, em direito civil e canônico), aos 24 anos. Em 1506 ele trabalhou como diplomata para o Papa Júlio II com quem ele ajudou a conciliar a República de Veneza. Tornou-se sacerdote em 1516.

Recorde de Vicenza, no ano seguinte da morte de sua mãe, ele fundou aí um hospital de incuráveis. Seus interesses eram tão ou mais voltados para a cura espiritual do que ao corpo. Ele formou um grupo que combinava o espírito de monaquismo com os exercícios do ministério ativo. A morte do Papa Júlio em 1523 levou-o a se retirar do Tribunal do Papa, fundando uma ordem com base nesses ideais, o Oratório do Amor Divino.

No dia de 24 de Junho de 1524 foi erigida canonicamente e confirmação definitiva se deu em 1532. Gaetano estava convencido de que a Igreja necessitava lutar contra a Reforma Protestante e servir aos mais pobres. A fundação da Ordem dos Clérigos Regulares tinha como objetivo renovar o espírito e a essência missionária dos sacerdotes. Sua como regra dizia que não deviam possuir nada, nem deviam pedir nada. Viver unicamente das ofertas que os fies lhes oferecessem espontaneamente.

Um de seus quatro companheiros era Giovanni Pietro Carafa , o Bispo de Chieti, eleito primeiro superior da ordem, que mais tarde se tornou o Papa Paulo IV. A partir do nome da cidade de Chieti (em latim Theate), surgiu o nome pelo qual a ordem é conhecida, os "Teatinos". A ordem cresceu num ritmo bastante lento: havia apenas doze teatinos durante o saque de Roma em 1527. Esse evento é dito ter visto eles assediado por forças anticatólicas, fazendo com que eles fugissem para Veneza, onde Caetano conheceu São Jerônimo Emiliani, a quem ajudou na criação de sua Congregação dos Clérigos Regulares. Em 1533 ele fundou uma casa em Nápoles, que ajudou aqueles que pretendiam verificar os avanços do luteranismo. O ano de 1540 encontrou-se novamente em Veneza e de lá ele estendeu seu trabalho para Verona.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Caetano de Thiene