Wagner Dias Bastos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Waguinho (cantor))
Ir para: navegação, pesquisa
Waguinho
Informação geral
Nome completo Wagner Dias Bastos
Nascimento 21 de abril de 1965 (48 anos)
Origem Rio de Janeiro
País  Brasil
Gênero(s) Samba
Pagode
Pragod
Pop
Gospel
Louvor
Adoração
Período em atividade 1990 - atualmente
Gravadora(s) ADUD PRODUÇÕES
Afiliação(ões) Os Morenos
Página oficial Site oficial

Wagner Dias Bastos, mais conhecido como Waguinho (Rio de Janeiro, 21 de abril de 1965) é um cantor e compositor brasileiro.[1] [2] de música gospel, mais precisamente no gênero pragod.

O cantor fez parte da ala de compositores da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro.

Wagner Dias Bastos nasceu em 21 de abril de 1965 na Vila Cruzeiro, Zona Norte do Rio de Janeiro. Desde cedo teve grandes aptidões pela música. Ainda muito jovem enquanto sua mãe trabalhava como doméstica e seu pai como gari, Waguinho começara trabalhando na recepção da Herbert Richers, onde ficou por pouco tempo, logo em seguida foi promovido a Sonoplasta, no entanto, era muito comum ver Waguinho pelos corredores sempre batucando e cantarolando músicas brasileiras.


Não demorou muito e o talento de Waguinho foi descoberto pela grande mídia, criando o grupo de pagode "Os Morenos", onde como vocalista, alcançou um grande sucesso se tornando conhecido no Brasil e em boa parte do mundo. Depois do grande êxito com Os Morenos, Waguinho optou por uma carreira solo, onde gravou 4 discos, passando por grandes gravadoras de renome como a Universal Music, Indi Record e Emi Music, totalizando em sua carreira 10 ábuns e mais de 1 milhão de cópias vendidas.


Mesmo com todo êxito e com este grande sucesso, havia uma inquietação no coração de Waguinho. Ele já não mostrava tanta satisfação com o sucesso que a música secular oferecia, começou a buscar algo mais e encontrou no Evangelho, a resposta para sua busca e insatisfação. Em 1999 ele teve um real encontro com Jesus e a partir daí, o cantor começou dividir o seu tempo entre a carreira solo secular e os louvores para Deus. Inclusive, inseria muitas vezes hinos e louvores em seus shows seculares.


Contudo, havia um incômodo em tudo isto, a Palavra de que um coração não pode servir a dois Senhores. E no início do ano de 2005, Waguinho conhece o Pastor Marcos Pereira da Assembléia de Deus dos Últimos Dias e então sua vida mudou definitivamente, rompeu o contrato com a gravadora Emi Music, cancelou todos os shows contratados e assumiu definitivamente seu ministério de um verdadeiro Levita exclusivo de Deus. Finalmente grava o seu primeiro CD evangélico entitulado "O Chamado" pela ADUD PRODUÇÕES, que pertence a Assembléia de Deus dos Últimos Dias. Neste CD, Waguinho mescla músicas de adoração com o ritmo que sempre influenciou a sua vida o pagode, e músicas como "Dono da Boca", "Entrega o Teu Caminho" e "O Chamado" obtiveram grande destaque nos meios de comunicação evangélicos.


Hoje Waguinho ultrapassa mais de 300 mil cópias vendidas e a conquista de 02 discos de ouro, preparando assim o lançamento do seu 5º álbum evangélico intitulado, " Momentos com o Senhor " a qual o músico foi privilegiado com a participação do seu amigo Thalles Roberto, outro grande amigo é o sambista recém convertido Mauro Diniz um dos mais consagrados do Brasil que marca presença na música " Minha história", portanto uma das grandes novidades é a participação de Wagner Junior, seu filho que segue os passos do pai e solta a voz na canção " Conquistando o impossível ".


Podem testemunhar pela vida de Waguinho grandes lideres de denominações, como o Pastor Marcos Pereira, Pastor presidente da ADUD, Bispo Francisco Almeida do Ministério Sara Nossa Terra e os Pastores Manoel e Abner Ferreira da Igreja Assembléia de Deus.

Waguinho é padrinho do Instituto Vida Renovada que desenvolve um trabalho de recuperação e ressocialização de drogados há mais de 10 anos juntamente com seu Pr. Marcos Pereira com alcance de recuperação a mais de 8 mil pessoas, foi contemplado na ALERJ com a medalha mais importante do estado que é a Medalha Tiradentes em favor do trabalho realizado nas favelas e cracolândias.

Em 2010, Waguinho iniciou sua vida política, filiou-se ao Partido Trabalhista do Brasil e foi Candidato ao Senado pela coligação PR - PTdoB, tendo conquistado 1.296.946 votos; em 2012, filiou-se ao PCdoB e foi candidato a Prefeitura de Nova Iguaçu e obtendo o terceiro lugar em votação, conseguindo quase 60 mil votos, o equivalente a mais de 15% dos votos válidos.

Fabiola Bastos é a mulher valorosa, varoa de Deus que sempre orou para que um milagre acontecesse na vida do seu marido, mesmo quando ele não conhecia os caminhos do Senhor e vivia perdido na jornada dessa vida. Há quase 20 anos juntos hoje refletem o amor de Deus para com a família e podem declarar " O que Deus uniu não poderá jamais o homem separar", pai de cinco filhos, Waguinho é morador do bairro Posse em Nova Iguaçu e Coordena o Projeto “Vida Renovada” voltado para o amparo de pessoas em risco social e dependentes de álcool e drogas, além de cumprir o ide do Senhor juntamente sua esposa Fabíola, através da ADUD.

Além disso, o cantor foi contemplado com mais um Disco de Ouro, pois o seu cd "Samba Adorador" já ultrapassa 40 mil cópias vendidas, através da gravadora Adud Record, que foi entregue no último dia 29 de Novembro durante o evento de comemoração do aniversário do Pastor Marcos Pereira realizado na ADUD em São João de Meriti.

Após o período eleitoral de 2012, o cantor volta às suas atividades com o seu ministério com força total. "Mesmo durante a correria da campanha eleitoral, sempre me mantive firme como servo de Deus, junto com meu Pr. Marcos Pereira, atendemos pedidos de orações que recebemos durante nossas caminhadas e cumprindo minhas agendas como levita, pois minha prioridade sempre será Servir e Adorar ao Senhor". Afirma com entusiasmo o Cantor que lança neste mês de Abril de 2013 o seu mais novo CD " Momentos com o Senhor "

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com os morenos[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

  • 2001 Receita de felicidade
  • O Chamado ( Ganhador do disco de ouro ) – 2005
  • Vida Renovada – 2008
  • Bem mais Feliz – 2010
  • Samba Adorador – 2011 – Ganhador do disco de ouro
  • Momentos Com o Senhor 2013

Referências

  1. Waguinho no site (em português). Dicionariompb.com.br (Dicionário Cravo Albin de Música Popular Brasileira).
  2. Adilso Pereria (6 de outubro de 2000), O sambista que o povo gosta, Jornal do Brasil

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.