Carl Reichenbach

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carl Reichenbach
Nascimento 12 de fevereiro de 1788
Estugarda
Morte 19 de janeiro de 1869
Leipzig
Cidadania Alemanha
Alma mater Universidade de Tubinga
Ocupação químico, engenheiro, empresário, geólogo, metalúrgico, botânico, astrólogo

Carl (Karl) Ludwig Freiherr von Reichenbach (Stuttgart, 12 de fevereiro de 1788Leipzig, 19 de janeiro de 1869) foi um industrial, metalurgista, químico, naturalista e filósofo alemão.[1]

É mais conhecido pelas descobertas da querosene (essencial para o combustível de foguetes), parafina e fenol antisséptico (usado nos sprays bucais modernos).

Reichenbach passou a última parte da sua vida desenvolvendo a teoria vitalista da força ódica, o princípio vital que, acreditava, envolve e liga todos os seres vivos, conceito que jamais obteve crédito entre os principais cientistas.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Das Kreosot (1833)
  • Geologische Mitteilungen aus Marhen (1834)
  • Die Dynamide des Magnetismus (1840)
  • Odisch-Magnetische Briefe (1852)
  • Der sensitive Mensch und sein Verhalten zum Ode (1854)
  • Odische Erweiterungen (1856)
  • Köhierglaube und Afterwissenschaft (1856)
  • Aphorismen über Sensibilität und Od (1866)
  • Die Odische Lohe (1867).

Fontes[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carl Reichenbach