Rupert Sheldrake

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde dezembro de 2015)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde dezembro de 2015).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rupert Sheldrake
Conhecido(a) por Livro Cães sabem quando seus donos estão chegando
Conceitos de campo morfogenético e ressonância mórfica
Pesquisador da telepatia
Nascimento 28 de junho de 1942 (74 anos)
Newark-on-Trent, Nottinghamshire, Inglaterra
Nacionalidade Britânica
Alma mater University of Cambridge
Harvard University
Instituições Perrot-Warrick Project, administrado pelo Trinity College, Cambridge
Institute of Noetic Sciences
Holistic Thinking Program do Graduate Institute de Connecticut
Campo(s) Biólogo, bioquímico, parapsicólogo e escritor

Rupert Sheldrake é um biólogo, bioquímico, parapsicólogo, escritor e palestrante inglês; mais conhecido por sua teoria da morfogênese. Pesquisador em bioquímica e fisiologia vegetal, descobriu junto com Philip Rubery, o mecanismo de transporte da auxina. Participou, na Índia, do desenvolvimento de técnicas de cultivo no semi-árido hoje usadas amplamente.

De volta à Grã-Bretanha, tem-se dedicado a escrever, dar palestras e pesquisar um modelo de desenvolvimento teleológico, do qual faz parte a teoria dos campos morfogenéticos. Entre seus livros estão O renascimento da natureza, Cães sabem quando seus donos estão chegando e A sensação de estar sendo observado.

Ligou-se, como pesquisador, ao Institute of Noetic Sciences, dos Estados Unidos (Califórnia).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Newark-on-Trent, na Inglaterra, Sheldrake estudou em uma escola anglicana, e foi estimulado no seu interesse por plantas e animais por seu pai, um naturalista e microscopista amador. Recebeu uma bolsa para estudar Ciências Naturais no Clare College (Cambridge), onde se graduou com distinção e recebeu o Prêmio Universitário de Botânica.

Recebeu então uma bolsa do Frank Knox Memorial Fellowships para estudar filosofia e história da ciência em Harvard, entrando em contato com o recém-publicado A estrutura das revoluções científicas, de Thomas Kuhn.[carece de fontes?]

De volta a Cambridge, obteve seu Ph.D. em bioquímica. Tornou-se professor no Clare College, onde foi diretor de estudos em bioquímica e biologia celular. Como pesquisador da Royal Society estudou o desenvolvimento vegetal e o envelhecimento de células no Departamento de Bioquímica da Cambridge University, tendo descoberto, com Philip Rubery o mecanismo de transporte da auxina (o processo pelo qual esse hormônio é transportado das gemas até as raízes).

Trabalhou em Kuala Lumpur (Malásia) em 1968-69, estudando plantas da floresta tropical. Entre 1974 e 1985 foi consultor em fisiologia vegetal do ICRISAT (International Crops Research Institute for the Semi-Arid Tropics), em Hyderabad, Índia, onde desenvolveu novos sistemas de cultivo, hoje largamente usados.

Na Índia viveu um ano e meio no ashram de Bede Griffiths em Tamil Nadu, onde escreveu seu primeiro livro, A new science of life[1]. É autor de 80 trabalhos científicos e dez livros.

É pesquisador e diretor do Perrott-Warrick Project, administrado pelo Trinity College, Cambridge, que estuda habilidades humanas e animais não explicadas. É também pesquisador do Institute of Noetic Sciences, perto de San Francisco, EUA e professor visitante e diretor acadêmico do Holistic Thinking Program do Graduate Institute, em Connecticut[2].

Artigos científicos[editar | editar código-fonte]

Sheldrake publicou artigos sobre os temas:

  • produção de hormônios em plantas
  • transporte de auxina em plantas
  • diferenciação celular
  • envelhecimento e morte de células
  • fisiologia de culturas agrícolas
  • ressonância mórfica
  • efeitos do experimentador sobre o experimento
  • a sensação de estar sendo observado
  • poderes inexplicados dos animais
  • telepatia

Livros traduzidos para o português[editar | editar código-fonte]

  • A Presenca do Passado: Ressonância Mórfica, Instituto Piaget, Lisboa. 1996. ISBN 9728329032
  • O Renascimento da Natureza: O Reflorescimento da Ciência e de Deus, Cultrix, São Paulo. 1993. ISBN 8531604338 - 2ª edição 2011.
  • Sete Experimentos Que Podem Mudar O Mundo. Cultrix, São Paulo. 1999. ISBN 8531604737
  • Cães Sabem Quando Seus Donos Estão Chegando. Objetiva, Rio de Janeiro. 1999. ISBN 8573023007 (esgotado)
  • A Sensação de Estar Sendo Observado. Cultrix, São Paulo, 2004. ISBN 8531608368
  • Ciência Sem Dogmas: A Nova Revolução Científica e o Fim do Paradigma Materialista. Cultrix, São Paulo, 2014.

Em co-autoria[editar | editar código-fonte]

  • Vida Depois da Morte: A Ciência na Fronteira do Mistério, com Ken Wilber, Stanislav Grof e Gary Doore, Esquilo, Lisboa, 2005. ISBN 972860548X (esgotado)
  • Caos, Criatividade E O Retorno Do Sagrado: Triálogos nas Fronteiras do Ocidente, com Terence Mckenna e Ralph H. Abraham, Pensamento, 1994 ISBN 8531508622 (esgotado)
  • A Física Dos Anjos, com Matthew Fox, Aleph, 2008. ISBN 8576570564

Referências

  1. Sheldrake, Rupert, A New Science Of Life, The Hypothesis Of Morphic Resonance, Inner Traditions, 1995 ISBN 0892815353
  2. Biography of Rupert Sheldrake, Ph. D. Acessado em 15/05/2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.