Reptilianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Desenho de um reptiliano e um humano

Reptilianos, também chamados de reptoids, povo lagarto, reptiloids, saurians e Draconians,[1][2] são supostos humanoides reptilianos que desempenham um papel proeminente na fantasia, ficção científica, ufologia e teorias da conspiração.[3][4] A ideia dos reptilianos foi popularizada por David Icke, um teórico da conspiração que afirma que alienígenas reptilianos que alteram de forma controlam a Terra assumindo a forma humana e ganhando poder político para manipular as sociedades humanas. Icke afirmou em várias ocasiões que muitos dos líderes mundiais são ou estão possuídos pelos chamados reptilianos.

Origens[editar | editar código-fonte]

Michael Barkun, professor de ciência política da Universidade de Syracuse, postula que a idealização de uma conspiração reptiliana se originou na ficção de Conan, criada por Robert E. Howard. A primeira aparição de "homens serpentes" na literatura foi na história The Shadow Kingdom, publicada pela Weird Tales em agosto de 1929. A inspiração desta, por sua vez, baseia-se nas ideias teosóficas dos "mundos perdidos" de Atlantis e Lemúria, principalmente na obra de Helena Blavatsky, A Doutrina Secreta (1888), que se refere aos "homens dragões" e sua civilização no continente lemuriano.[5]

Os "homens serpentes" de Howard foram descritos como humanoides (com corpos humanos e cabeças de serpentes) capazes de imitar os humanos à vontade e que viviam em passagens subterrâneas, e usufruiriam de suas habilidades de metamorfose e controle da mente para se infiltrar na humanidade.[6] Clark Ashton Smith usou os "homens serpentes" de Howard em suas histórias, bem como os temas de H. P. Lovecraft. Esses três autores lançaram as bases para os mitos de Cthulhu.[7]

Na década de 1940, Maurice Doreal escreveu um panfleto intitulado "Mistérios dos Gobi" que descrevia uma "raça de serpentes" com características semelhantes aos "homens serpentes" de Howard.[8] Essas criaturas também apareceram no poema de Doreal, "The Emerald Tablets", no qual ele se referiu às tábuas esmeraldinas escritas por "Thoth, um rei sacerdote atlante". Michael Barkun afirma que "com toda a probabilidade", as ideias de Doreal vieram de "The Shadow Kingdom" e que, por sua vez, as "tábuas esmeraldinas" formaram a base do livro de David Icke, Children of the Matrix.[9]

Abdução alienígena[editar | editar código-fonte]

As narrativas alienígenas de abduções às vezes alegam o contato com criaturas reptilianas.[10] Um dos primeiros relatos ocorreu em Ashland, Nebraska, quando o agente de polícia Herbert Schirmer (nascido em 1945) afirmou ter sido levado a bordo de um OVNI em 1967 por seres humanoides com aparência ligeiramente reptilianas, que usava um emblema de "serpente alada" no lado esquerdo do peito.[11] Os céticos consideram suas pretensões como um embuste.[12]

David Icke[editar | editar código-fonte]

De acordo com o teórico da conspiração britânico David Icke, os humanoides reptilianos são altos, bebem sangue e mudam a forma, além de serem do sistema estelar α Draconis, agora escondidos em bases subterrâneas, são a força por trás de uma conspiração mundial contra a humanidade.[13] Ele afirma que a maioria dos líderes do mundo estão relacionados a esses reptilianos, incluindo George W. Bush, ex-presidente dos Estados Unidos e a rainha Elizabeth II do Reino Unido.[14] As teorias de conspiração de Icke têm apoiadores em até 47 países, o próprio já deu palestras para multidões de até seis mil.[15][16]

Uma pesquisa americana de 2013, realizada pela Public Policy Polling indicou que quatro por cento dos eleitores registrados (± 2,8 por cento) acreditavam nas ideias de David Icke.[17]

Referências

  1. Joyce, Judith (2011). The Weiser field guide to the paranormal abductions, apparitions, ESP, synchronicity, and more unexplained phenomena from other realms. São Francisco: Weiser Books. pp. 80–81. ISBN 9781609252984. Consultado em 3 de agosto de 2014 
  2. «How to Spot the Reptilians Running the U.S. Government». TheAtlantic.com. 31 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 8 de abril de 2016 
  3. Lewis, Tyson; Richard Kahn (Inverno de 2005). «The Reptoid Hypothesis: Utopian and Dystopian Representational Motifs in David Icke's Alien Conspiracy Theory» 1 ed. Utopian Studies. 16: 45–75 
  4. Frel, Jan (1 de setembro de 2010). «Inside the Great Reptilian Conspiracy: From Queen Elizabeth to Barack Obama -- They Live!». Alternet. Consultado em 1 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 28 de junho de 2012 
  5. Trompf, Garry W.; Bernauer, Lauren (2012). «Producing Lost Civilisations: Theosophical Concepts in Literature, Visual Media and Popular Culture». In: Cusack, Carole; Norman, Alex. Handbook of New Religions and Cultural Production. Leiden: Brill. pp. 113–4. ISBN 9004221875. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  6. Barkun, Michael (2003). A Culture of Conspiracy: Apocalyptic Visions in Contemporary America. Berkeley and Los Angeles: University of California Press. p. 121. ISBN 0520238052. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  7. Mott, William Michael (2011). Caverns, Cauldrons, and Concealed Creatures: A Study of Subterranean Mysteries in History, Folklore, and Myth. [S.l.]: Grave Distractions Publications. p. 27. ISBN 0982912870. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  8. Barkun, Michael (7 de novembro de 2003). A Culture of Conspiracy. [S.l.]: Jornal da Universidade da Califórnia. p. 119. ISBN 9780520238053. ISSN 1052-1135 
  9. Barkun, Michael (7 de novembro de 2003). A Culture of Conspiracy. [S.l.]: Jornal da Universidade da Califórnia. p. 120–1. ISBN 9780520238053. ISSN 1052-1135 
  10. «The Shadowlands Mysterious Creatures page». Cópia arquivada em 15 de julho de 2012 
  11. «Police Officer Herbert Schirmer Abduction - Ashland, Nebraska, United States - December 3, 1967». UFO Evidence. Cópia arquivada em 18 de setembro de 2012 
  12. Newton, Michael. (2002). The Encyclopedia of Kidnappings. Facts on File, Inc. p. 6. ISBN 0-8160-4486-4
  13. Ronson, Jon (16 de março de 2001). «Beset by lizards». The Guardian UK. Consultado em 4 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2012 
  14. «David Icke Interview: Aliens among us» (PDF) 
  15. Lauren Cox (12 de dezembro de 2008). «What's Behind Internet Conspiracy Empires?». ABC News. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2008 
  16. Mesure, Susie (28 de outubro de 2012). «David Icke is not the Messiah. Or even that naughty. But boy, can he drone on». The Independent. Consultado em 11 de junho de 2013. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2017 
  17. «Conspiracy Theory Poll Results». Public Policy Polling. Consultado em 3 de março de 2013. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2017