Nation of Islam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros.
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nation of Islam
Fundação 1930
Tipo Seita islâmica
Sede  Estados Unidos
Ministro Louis Farrakhan
Sítio oficial http://www.noi.org/

Nation of Islam, também referido pelo acrônimo NOI (em português, Nação do Islã), é um grupo religioso islâmico fundado em Detroit, Michigan, em julho de 1930, por Wallace D. Fard Muhammad. Seus objetivos declarados são o de melhorar a condição social, econômica e de consciência espiritual dos afro-americanos nos Estados Unidos e no mundo.

A organização publica um periódico chamado The Final Call. A Nação do Islã não divulga quantos são os seus membros ativos, mas acredita-se[quem?] que esteja entre 20.000 e 50.000 seguidores.[carece de fontes?]

Após o desaparecimento de Fard, em junho de 1934, o grupo passou a ser liderado por Elijah Muhammad, que estabeleceu locais de culto (chamados de templos ou mesquitas), uma escola; Muhammad University of Islam, empresas e propriedades. Houve diversas cisões e ramificações do grupo durante o período de liderança de Elijah Muhammad - destacando-se a saída do líder senior Malcolm X, que passaria a defender o sunismo. Após a morte de Elijah, seu filho, Warith Deen Mohammed alterou o nome da organização para "World Community of Islam in the West" (Comunidade mundial do Islã no Oeste).

Em 1977, Louis Farrakhan rejeitou a liderança de Warith Deen Mohammed e restabeleceu o modelo original da Nação do Islã, asumindo o controle do principal templo, a Mesquita de Maryam, localizado em Chicago. Desde 2010 o estudo da Dianética pelos membros da organização vem sendo encorajado.

Críticas[editar | editar código-fonte]

O grupo têm sido categorizado como defensor da "Supremacia Negra" e do Anti-Semitismo e está presente na lista do Southern Poverty Law Center como um grupo de ódio.[carece de fontes?]

Crenças e Ideologia[editar | editar código-fonte]

A maior crença da NOI é de um Deus único de nome Allah. É ensinado que seu fundador, Master Fard Muhammad, é o Mahdi[1] As crenças oficiais têm sido delineadas em livros, documentos e publicações da organização, assim como em discursos de Elijah Muhammad, Malcolm X, Farrakhan e outros pregadores.

Muitos dos ensinamentos de Elijah podem ser encontrados nos livros Message to the Blackman in America (Mensagem para os homens negros da América) e The True History of Jesus as Taught by the Honorable Elijah Muhammad (A verdadeira história de Jesus como ensinada pelo honorável Elijah Muhammad).

Lições escritas, passadas por W. Fard Muhammad ao seu aluno, Elijah Muhammad, também foram organizadas e publicadas sobre o nome de The Supreme Wisdom ('A Sabedoria Suprema').

Questões Raciais[editar | editar código-fonte]

Wallace Fard Muhammad pregava que a origem da humanidade era constituída por negros e que as pessoas de cor branca seriam uma raça de "demônios" criados por um cientista chamado Yakub (Nome do Corão correspondente à Jacó, na Bíblia Cristã) na ilha grega de Patmos. De acordo com os textos da Sabedoria Suprema Fard atribuí aos homens brancos a classificação de demônios por terem formado uma cultura baseada em mentiras e morte.[carece de fontes?]

Membros e ex-membros notáveis[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]