Conspiração de ocultação alienígena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Walton(reconstitution).png

A conspiração de ocultação alienígena ou teorias de conspiração envolvendo UFO argumentam que a evidência de objetos voadores não identificados e visitantes extraterrestres está sendo suprimida por vários governos ao redor do mundo, mais notavelmente o governo dos Estados Unidos. Tais teorias conspiratórias geralmente argumentam que os governos da Terra, especialmente o governo dos Estados Unidos, estão em comunicação e / ou cooperação com os extraterrestres, apesar das afirmações públicas em sentido contrário, e algumas destas teorias ainda sustentam que os governos estão permitindo explicitamente a abdução alienígena. [1]

Várias teorias de conspiração sobre UFOs floresceram na internet e foram frequentemente apresentadas na programa de Art Bell, Coast to Coast AM. [2] De acordo com a MUFON, National Enquirer informou que uma pesquisa constatou 76% dos participantes consideraram que o governo não estava revelando tudo o que sabia sobre OVNIs, 54% achavam que OVNIs definitivamente ou provavelmente existiam, e 32% acreditam que OVNIs vinham do espaço sideral. [3]

Pessoas notáveis por terem publicamente afirmado que as provas de OVNIs estavam sendo suprimidass incluem o senador Barry Goldwater, o almirante Lord Hill-Norton (ex-chefe da OTAN e chefe do Estado-Maior da Defesa britânica), brigadeiro-general Arthur Exon (ex-comandante da Wright-Patterson Air Force Base), vice-almirante Roscoe H. Hillenkoetter (primeiro diretor da CIA), os astronautas Gordon Cooper e Edgar Mitchell, e o ex-ministro da Defesa do Canadá, Paul Hellyer. Além de seus testemunhos e relatos, nenhuma evidência que justifique foi apresentada para apoiar as suas afirmações e conclusões. De acordo com o Comitê para a Investigação Cética pouca ou nenhuma evidência existe para apoiá-los, apesar de uma pesquisa significativa sobre o assunto por agências científicas não-governamentais. [4][4][5][6][7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Paul Harris: Cold War hysteria sparked UFO obsession, study finds
  2. Genoni Jr., Thomas C., Peddling the Paranormal: Late-Night Radio's Art Bell, Skeptical Briefs, Committee for Skeptical Inquiry, volume 8, issue #1, March 1998 http://www.ciscop.org/sb/show/peddling_the_paranormal_late-night_radios_art_bell/
  3. John F. Schuessler (January 2000). «Public Opinion Surveys and Unidentified Flying Objects 50+ years of Sampling Public Opinions». Mutual UFO Network. 
  4. a b CSI | UFOs and Aliens in Space
  5. Michael Barkun (15 August 2013). Culture of Conspiracy: Apocalyptic Visions in Contemporary America University of California Press [S.l.] pp. 85–. ISBN 978-0-520-95652-0. 
  6. Barna William Donovan (20 July 2011). Conspiracy Films: A Tour of Dark Places in the American Conscious McFarland [S.l.] pp. 50–. ISBN 978-0-7864-8615-1. 
  7. Joe Nickell (24 October 2001). Real-Life X-Files: Investigating the Paranormal University Press of Kentucky [S.l.] pp. 120–. ISBN 0-8131-7083-4. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]