Eurábia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Islão na Europa
  <1%
  1%-2% (Itália, Noruega, Grécia)
  3%-4% (Alemanha, Suécia, Sérvia)
  4%-5% (Áustria, Suíça)
  20%-40% (Macedónia)
  40%-60% (Bósnia e Herzegovina)
  60%-80% (Albânia)
  80%-95% (Kosovo)
  >95% (Turquia)

Eurábia é um neologismo assentado na previsão de uma Europa onde a cultura dominante não seja a ocidental, e sim a islâmica, tal fato seria causado pela baixa taxa de natalidade que o continente europeu hoje possui, e a imigração de população muçulmana que iria substituir a atual. Caso o processo se concretize será considerado como etapa de transição demográfica. [1]

Segundo esta teoria, esta nova Europa teria começado a se desenhar após a crise do petróleo dos anos 1970, que teria obrigado os governantes europeus a fazer concessões aos países extratores árabes. Estas concessões incluiriam:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


  1. https://www.gatestoneinstitute.org/8761/europe-population-substitution