Johrei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde novembro de 2016).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde agosto de 2016).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Johrei é uma oração feita através da imposição de mãos, vista pelos seus adeptos como a comunicação da luz divina para o aprimoramento e elevação espiritual e material do ser humano. Visando a eliminação de suas máculas (pecados), que estão em seu espírito, advindas de maus pensamentos, más palavras e más ações, que através dessa purificação permitida pela johrei, seriam eliminadas e consequentemente se obteria progressivamente mais saúde, prosperidade e paz. Essa comunicação se dá através da imposição das mãos[1][2][3][4], pelos membros da Igreja Messiânica Mundial (Grupo IMMB, Grupo Toho no Hikari e Su No Hikari), Templo Arte do Johrei, Templo Luz do Oriente, Templo Luz do Johrei e outros seguimentos. A canalização dessa energia espitirual foi idealizada e concretizada por Meishu-Sama, fundador da Igreja Messiânica Mundial. Esta palavra de origem japonesa, é composta dos ideogramas: 浄 "Joh" (purificar) e 霊 "Rei" (espírito). Em síntese, significa "Purificação do espírito" ou "Batismo pelo Fogo". Em essência consiste no ato de purificar o espírito do Homem pela energia espiritual do fogo.[5][6], predominante na luz do "Supremo Deus".

Dentre os seguidores de Meishu-Sama, o Johrei é considerado a Luz Divina, emanada de Deus através de Meishu-Sama que é transmitida pelos membros da Igreja com o objetivo de purificar o espírito, através da eliminação das máculas espirituais, que são a causa dos sofrimentos humanos.

É a prática altruísta central da fé Messiânica, sendo até mesmo o nome pelo qual é conhecido o referido movimento.

Requisitos[editar | editar código-fonte]

Qualquer pessoa pode ser capacitada a ministrar Johrei, sendo preciso, ser outorgada com o Ohikari (do Japonês - Luz Divina) que é um medalhão utilizado pelos membros da doutrina. Caso tenha também uma outra religião, pode continuar praticando-a, sem nenhum impedimento. Por esse motivo, existem até mesmo praticantes do Johrei que pertencem também a outras religiões e estão integrando nas suas atividades esta prática. É necessários participar de um curso de formação composto de 5 módulos, sendo que apenas no ultimo módulo o estudante postulante receberá orientações de como usar o Ohikari, os cuidados que se devem ter, e como fazer a ministração do Johrei.

O Ohikari[editar | editar código-fonte]

A medalha do Ohikari é geralmente de formato circular, e usada por baixo das roupas. O material do seu cordão é livre: pode ser de silicone, corda, metal ou do que o usuário preferir. Dentro do Ohikari há réplicas do ideograma japônes Hikari, que originalmente foram impressionados por Meishu-Sama, e que significa "Luz". Acreditando que as palavras tem poder e emitem vibrações assim como as imagens, esta palavra impressionada no papel, emitiria essa Luz de Deus, quando da ministração, e seria canalizada pela imposição das mãos para as outras pessoas.[7].

A cunhagem dos Ohikaris remontam à época em que Meishu-Sama ainda era membro da Igreja Oomoto, ou Oomoto Kyo, e este foi confiado do próprio Mestre Deguchi, então lider do grupo religioso, a produzir tais talismãs[8].

Os cuidados com o Ohikari devem ser redobrados pois, entre os membros, é conhecido que ao cair no chão este deverá ser reconsagrado[9] antes de utilizado novamente. Não se pode ministrar Johrei sem um Ohikari, de acordo com os membros da Igreja Messiânica.

O Johrei em outras instituições[editar | editar código-fonte]

Igreja Messiânica Mundial (世界救世教 Sekai kyūsei kyō em japonês) é uma instituição religiosa fundada em 1 de janeiro de 1935, no Japão, por Mokiti Okada, o Meishu-Sama (senhor da luz em japonês) (1882-1955) parecido com o Reiki (霊気) que é uma prática espiritual, criada em 1922 pelo monge budista japonês Mikao Usui.

No Japão a Sekai kyūsei kyō foi tão ramificada que além da instituição religiosa fundada por Meishu Sama existem mais 70 independentes.

No Brasil existem 10 organizações que divulgam a religião de Mokiti Okada. As mais conhecidas São:

1 - Igreja Messiânica Mundial do Brasil, fundado em Julho de 1965

2 - Templo de Luz do Oriente, fundado em 15 de junho de 1973 pelo Minoru Nakahashi;

3 - Arte do Johrei, fundado em 2005 por: Dorgival Santos Silva;

4 - Arte Mundial de Johrei, fundado em 2012 por: Paulo Marback.

De modo geral, pode-se dizer que as ramificações independentes da IMMB, algumas são mais tradicionalistas, ou seja, apegadas a aspectos formais de culto praticadas na época de Mokiti Okada,mais apegadas a aspectos religiosos típicos japoneses como o culto de Kannon ou da divindade Miroku Dai Kokuten.

Existem 4 tipos de Medalhas Sagradas:

O Shoko, medalha de proteção outorgada aos filhos com idade de 04 a 11 anos dos membros já outorgados com uma das 3 medalhas abaixo:

Ohikari, medalha outorgada aos membros iniciados (contendo 1 círculo em seu verso);

Komyo, medalha outorgada ao membro no ato em que se torna Ministro (contendo 2 círculos um dentro do outro em seu verso);

Dai Komyo, medalha outorgada ao Ministro no ato em que se torna Ministro Adjunto (contendo 3 círculos um dentro do outro em seu verso).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências