Carmen Zanotto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carmen Zanotto
Nome completo Carmen Emília Bonfá Zanotto
Nascimento 6 de outubro de 1962 (57 anos)
Lages, SC
Nacionalidade brasileira
Ocupação política e enfermeira
Prêmios Título de Cidadã Palhocense de Coração (2004); Título de Cidadã Painelense (2010).
Página oficial
http://www.carmenzanotto.com.br

Carmen Emília Bonfá Zanotto (Lages, 6 de outubro de 1962) é uma enfermeira e política brasileira, filiada ao Cidadania.[1]

Nas eleições de 5 de outubro de 2014 foi eleita para a Câmara dos Deputados para a 55ª legislatura (2015 — 2019). Assumiu o cargo em 1 de fevereiro de 2015.[2]

Formação acadêmica[editar | editar código-fonte]

Graduou-se em enfermagem e obstetrícia pela Faculdade do Alto Uruguai Catarinense. Especializou-se em administração hospitalar pela Faculdade São Camilo, em São Paulo; saúde pública pela Universidade de Ribeirão Preto, em São Paulo; recursos humanos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em 2012 concluiu a formação em políticas para primeira infância na Universidade Harvard, nos Estados Unidos.

Atuação em saúde pública[editar | editar código-fonte]

Em 1986, Carmen Zanotto assumiu a diretoria de enfermagem do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages (SC). Em 1992 tornou-se diretora administrativa do Hospital Geral e Maternidade Tereza Ramos. Em 1993, assumiu o cargo de secretária municipal de Saúde de Lages (SC). Em 2003 foi convidada a assumir o cargo de secretária-adjunta de estado de Saúde de Santa Catarina, assumindo a função posteriormente.

Atuação política[editar | editar código-fonte]

Em 1991, Carmen Zanotto filiou-se ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), tendo sido eleita, em 2000, vereadora do município de Lages, para o mandato de 2001 a 2004. Em 2006, filiou-se ao Partido Popular Socialista (PPS), atualmente Cidadania.

Em 2010 foi eleita suplente de deputada federal, assumindo o mandato na Câmara dos Deputados em 2 de março de 2011. Nas eleições de 5 de outubro de 2014 ultrapassou a votação necessária para ser eleita deputada federal titular, assumindo o cargo em 1 de fevereiro de 2015.

Em 2018 concorreu a reeleição na Câmara Federal e foi reeleita.

Atividades parlamentares 2019

Presidente da Frente Parlamentar Mista da Saúde

Vice-presidente da Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância

Vice-presidente da Frente Parlamentar Mista das Doenças Raras

Vice-presidente da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas


Leis Aprovadas

Lei dos 60 Dias  - Lei 12.732/2012, conhecida como “Lei dos 60 Dias” que garante aos pacientes com neoplasia maligna início ao tratamento no SUS no prazo de até 60 dias.

Registro Compulsório - Lei 13.685/2018 que determina o registro compulsório dos casos de câncer em todo o território nacional.

Mamografia a partir dos 40 anos -  Decreto Legislativo 177/2017 que retoma a obrigatoriedade, já prevista em lei, do SUS pagar mamografia a todas as mulheres, a partir dos 40 anos, como exame de rotina.

Outubro Rosa - PLC 32/2018, oficializa a campanha "Outubro Rosa" na administração pública federal. Mês dedicado a conscientização sobre o câncer de mama no país.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.