Império de Majapait

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Império Majapahit)
Ir para: navegação, pesquisa
Império de Majapait

Majapahit • Wilwatikta • Keraton MojopahitKemaharajaan Majapahiमजापहित滿者伯夷

Blank.png
12931527 
Blank.png
Blank.png
Surya Majapahit ("Sol de Majapait") [♦]
Surya Majapahit ("Sol de Majapait") [♦]
Majapahit Empire-pt.svg
Extensão da área de influência Majapahit, baseado no Nagarakertagama; a precisão de tais representações javanesas é controversa.[1]
Coordenadas
da capital
7° 32' 31" S 112° 23' 28" E
Continente Ásia
Região Sudeste Asiático
Capital Majapahit/Wilwatikta (atual Trowulan)
Países atuais Indonésia
 Brunei
Filipinas
 Malásia
 Singapura
 Tailândia
Timor-Leste

Línguas javanês antigo, sânscrito
Religiões hinduísmo, budismo, kebatinan, animismo

Forma de governo monarquia
Rajá
•  1293/1294 – 1309   Certarajasa Jaiavardana
•  1350 – 1389   Hayam Wuruk
•  1474/1478 – 1489/1498   Giridravardana
•  1489–1517   Prabu Udara
Maapati (primeiro-ministro)
•  1329 – 1364   Gajamada

Período histórico Idade Média e Idade Moderna
•  1293   Fundação
•  1527   Invasão pelo Sultanato de Demak

[♦] ^ Surya Majapahit ("Sol de Majapait") é um símbolo comumente encontrado nos monumentos de Majapait e provavelmente era um símbolo do império.

O Império de Majapait[2], Majapahit ou Wilwatikta (em javanês: Keraton Mojopahit; em indonésio: Kemaharajaan Majapahi; em sânscrito: मजापहित; transl.: majāpahita; em mandarim: 滿者伯夷; mǎnzhěbóyí) foi um reino indianizado baseado na parte oriental da ilha de Java, que existiu entre 1293 e 1527. Seu maior governante foi Hayam Wuruk, cujo reinado durou de 1350 a 1389, marcando o auge do império quando dominou os reinos do sudoeste marítimo da Ásia (atualmente os territórios da Indonésia, Malásia e Filipinas).

O império Majapait foi o último dos reinos hindus do Arquipélago Malaio e é considerado um dos maiores estados na história da Indonésia.[3] Sua influência se estendia a estados em Sumatra, na península da Malásia, Bornéu e Indonésia oriental, embora a sua extensão seja um tema controverso.[4][5]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Hall, D. G. E. (1956). «Problems of Indonesian Historiography». Pacific Affairs. 38 (3/4): 353–359. doi:10.2307/2754037 
  • Martinho, José Simões (1943). Timor: quatro séculos de colonização portuguesa. [S.l.]: Livraria Progredior 
  • Prapantja, Rakawi (1962). Pigeaud, Theodore Gauthier (trad.), ed. Java in the 14th Century, A Study in Cultural History: The Negara-Kertagama by Pakawi Parakanca of Majapahit, 1365 AD. 4. Haia: Martinus Nijhoff 
  • Resink, G. J. (1968). Indonesia’s History Between the Myths: Essays in Legal History and Historical Theory. Haia: W. van Hoeve 
  • Ricklefs, M.C. (1991). A History of Modern Indonesia Since c. 1300, 2nd ed. Stanford: Stanford University Press 
Ícone de esboço Este artigo sobre Estado extinto, integrado ao Projeto Estados Extintos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Indonésia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.