Pixels (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pixels
Pixels
 Estados Unidos[1] ·  China[1]
2015 •  cor •  106[2] min 
Direção Chris Columbus
Produção Adam Sandler[3]
Chris Columbus[3]
Mark Radcliffe[3]
Allen Covert[3]
Roteiro
História Tim Herlihy
Baseado em Pixels, de Patrick Jean
Elenco Adam Sandler
Kevin James
Michelle Monaghan
Peter Dinklage
Josh Gad
Brian Cox
Gênero ação
comédia
ficção científica
Música Henry Jackman
Cinematografia Amir Mokri
Figurino Christine Wada
Edição Hughes Winborne
Companhia(s) produtora(s) Columbia Pictures
Happy Madison Productions
1492 Pictures
LStar Capital
China Film Group
Distribuição Sony Pictures Releasing
Lançamento Estados Unidos 24 de julho de 2015
Brasil 23 de julho de 2015
Portugal 30 de julho de 2015
China 15 de setembro de 2015
Idioma inglês
Orçamento US$ 88–129 milhões[4][5]
Receita US$ 244,9 milhões[5]
Site oficial

Pixels (bra/prt: Pixels)[6][7] é um filme sino-americano de 2015, dos gêneros ação, comédia e ficção científica, dirigido por Chris Columbus, com roteiro de Patrick Jean, Tim Herlihy, Timothy Dowling e Adam Sandler[6] baseado no curta-metragem homônimo de 2010 realizado pelo francês Patrick Jean.[8]

Estrelado por Adam Sandler (que também coproduziu o filme), Kevin James, Josh Gad, Peter Dinklage, Michelle Monaghan, Brian Cox, Ashley Benson, Sean Bean e Jane Krakowski, o filme combina animação computadorizada de personagens de jogos eletrônicos e efeitos visuais.[carece de fontes?]

Produzido pelas 1492 Pictures de Columbus e Happy Madison Productions de Sandler, Pixels foi lançado nos cinemas pela Columbia Pictures/Sony Pictures Released nos Estados Unidos em 24 de julho de 2015 nos formatos 2D, 3D e IMAX 3D, dia 23 de julho de 2015 no Brasil[9] e dia 30 de julho de 2015 em Portugal.[10] O filme faturou US$244 milhões em todo o mundo, com um orçamento de produção de US$88–129 milhões[5] e recebeu críticas geralmente negativas dos críticos de cinema.[11]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Extraterrestres confundem imagens de jogos eletrônicos clássicos de arcade com uma declaração de guerra e resolvem invadir o planeta Terra usando a tecnologia inspirada por jogos como Pac-Man, Space Invaders, Arkanoid, Galaga, Centipede e Donkey Kong. Para combater o ataque alienígena, os Estados Unidos contratam ex-campeões de arcade para liderar a defesa do planeta.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Dan Aykroyd faz uma aparição especial no início do filme como o apresentador do campeonato mundial de videogame do qual Sam e Eddie participaram em 1982. Serena Williams e Martha Stewart fazem rápidas aparições como elas mesmas. Dan Patrick, Robert Smigel e Steve Koren aparecem como repórteres da Casa Branca. Denis Akiyama interpreta Tōru Iwatani, o criador do Pac-Man.[21]

Além disso, várias celebridades que eram populares nos anos 80, incluindo Madonna, Ricardo Montalbán, Hervé Villechaize, Tammy Faye Bakker, Ronald Reagan e a banda Hall & Oates são vistas através de imagens de arquivo. A aparência física e a personalidade do personagem Eddie têm o estilo do jogador competitivo Billy Mitchell,[22] que na época era considerado um campeão mundial em Pac-Man e Donkey Kong, embora seus registros fossem rescindidos em 2018 devido a alegações de trapaça.[23]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O filme é baseado no curta-metragem de Patrick Jean, Pixels.[24] Adam Sandler contratou Tim Herlihy para escrever o filme,[25] um rascunho que Herlihy havia dito que todos no estúdio "odiavam". Eventualmente, ele e Sandler surgiram com o conceito de Kevin James ser o presidente dos Estados Unidos e reescreveram o filme incorporando esse elemento.[26] Em julho de 2012, Tim Dowling foi contratado para reescrever o filme. Seth Gordon foi contratado como produtor executivo e possivelmente dirigir o filme.[27] Chris Columbus se envolveu no projeto em maio de 2013.[8] Columbus disse que conheceu Sandler para discutir um possível remake de Hello Ghost e, ao sair da reunião, o diretor recebeu um script para Pixels. O roteiro afetou Columbus, que considerou "uma das idéias mais originais que eu tinha visto desde os dias de Amblin" e uma boa oportunidade para relembrar as comédias dos anos 80 em que ele trabalhou.[28] Personagens de jogos de arcade clássicos como Space Invaders, Pac-Man, Frogger, Galaga e Donkey Kong, entre vários outros, foram licenciados para uso no filme.[29]

Inicialmente, havia planos de incluir uma cena em que a Grande Muralha da China estivesse danificada, mas o conceito foi removido do roteiro na esperança de melhorar as chances do filme no mercado chinês.[30]

Escolha de elenco[editar | editar código-fonte]

Em 26 de fevereiro de 2014, foi anunciado que Sandler desempenharia o papel principal no filme, enquanto James e Josh Gad estavam em negociações iniciais para se juntar ao elenco.[12] Em 28 de março, Peter Dinklage também estava em negociações finais para ingressar no filme, interpretando o quarto protagonista masculino.[14] Jennifer Aniston foi originalmente considerada para protagonista feminina, mas recusou devido a conflitos de agendamento.[31] Em 4 de abril, Michelle Monaghan se juntou ao filme para estrelar como protagonista feminina.[13] James interpreta o presidente dos EUA, que se une ao personagem de Sandler, um ex-campeão, para salvar o planeta. Gad interpreta um gênio obcecado por teoria da conspiração com más habilidades sociais, Dinklage é o impiedoso ex-inimigo de Sandler do personagem de Sandler, e Monaghan interpreta uma desenvolvedora de armas para os militares e um interesse amoroso para Sandler.[13] Em 11 de junho, Brian Cox se juntou ao elenco e interpreta o almirante militar dos pesos pesados ​​Porter.[17] O papel de "Lady Lisa", uma linda guerreira do videogame fictício Dojo Quest dos anos 80, foi oferecida a Elisha Cuthbert, mas ela recusou o papel,[32] que foi para Ashley Benson.[19] Em 9 de julho, Jane Krakowski se juntou ao elenco como a primeira-dama.[18]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

Em 25 de março de 2014, a Ontario Media Development Corporation confirmou que o filme seria filmado em Toronto de 28 de maio a 9 de setembro nos Pinewood Toronto Studios.[33][34] A filmagem principal do filme começou em Toronto, Ontário, em 2 de junho de 2014, usando ruas do centro decoradas para se parecer com a cidade de Nova Iorque.[35] Dadas sequências como a perseguição ao Pac-Man aconteciam à noite, muitas vezes os cineastas fechavam as ruas do trânsito às 19h e redecoravam para se parecer com Nova Iorque até que estivesse escuro o suficiente, filmando das 21h30 às 05h30.[36] Em 29 de julho, as filmagens estavam ocorrendo fora de Markham, Ontário.[37] As filmagens também foram feitas na área de Rouge Park, e figurantes estavam se fantasiando na Igreja Menonita de Markham em Rouge Valley.[37] Em 4 de agosto, os atores Josh Gad, Peter Dinklage e Ashley Benson foram vistos em Toronto filmando cenas do filme na Bay Street, que foi transformada em um quarteirão da cidade de Washington, D.C., e repleta de veículos destruídos e buracos gigantescos no pavimento.[38] Os edifícios do governo de Ontário foram duplicados para se transformar em um prédio de escritórios federal em Washington. Os atores estavam mirando alienígenas, que não podiam ser vistos, mas foram adicionados mais tarde com imagens geradas por computador[38]

Em 26 de agosto de 2014, as filmagens ocorreram em Cobourg.[39] As filmagens foram concluídas em três meses, com 12 horas de filmagem por dia.[40]

Música[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora para o filme é composta por Henry Jackman, que também trabalhou como compositor para o filme de animação da Walt Disney Animation Studios, com tema de videogame, Wreck-It Ralph. Em junho de 2015, o rapper americano Waka Flocka Flame lançou um single intitulado "Game On" com Good Charlotte, que é parte da trilha sonora do filme.[41] A música do Queen "We Will Rock You" também foi refeita para caber nas cenas de Donkey Kong do filme.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O filme foi originalmente programado para ser lançado em 15 de maio de 2015,[42][43] mas em 12 de agosto de 2014, a data de lançamento foi adiada para 24 de julho de 2015.[44] Nos Estados Unidos e no Canadá, foi lançado no formato Dolby Vision no Dolby Cinema, que é o primeiro filme da Sony a ser lançado nesse formato.[45] Foi lançado na China em 15 de setembro de 2015.[46]

Comercialização[editar | editar código-fonte]

O primeiro trailer foi lançado em 19 de março de 2015 e recebeu 34,3 milhões de visualizações globais em 24 horas, quebrando o recorde anterior da Sony, de The Amazing Spider-Man 2 (22 milhões de visualizações em 2014).[47] O segundo trailer foi lançado em 13 de junho de 2015.[48] Após o lançamento do trailer, os fãs da série de TV Futurama notaram semelhanças entre um episódio de 2002 do programa e o trailer. Os fãs disseram que os eventos e personagens do episódio "Anthology of Interest II" são surpreendentemente semelhantes aos do trailer.[49][50]

A Sony criou um "Electric Dreams Factory Arcade" com muitos dos jogos de arcade apresentados no filme para várias convenções de fãs , como o San Diego Comic-Con de 2014 e o Wizard World Philadelphia de 2015. [51][52] No Brasil, um vídeo promocional foi lançado em 2 de julho de 2015, mostrando Adam Sandler interagindo com Mônica e Cebolinha da Turma da Mônica.[53]

Controvérsia de remoção por direitos autorais[editar | editar código-fonte]

A Columbia Pictures contratou a Entura International para enviar avisos de remoção do Digital Millennium Copyright Act para sites que hospedam vídeos do filme enviados por usuários.[54] A empresa começou a registrar avisos de remoção da DMCA indiscriminadamente contra vários vídeos do Vimeo que contenham a palavra "Pixels" no título, incluindo o curta-metragem premiado em 2010 em que o filme se baseia,[55] o trailer oficial do filme, 2006 filme cipriota produzido de forma independente, carregado pelo Independent Museum of Contemporary Art, um trabalho universitário de 2010 de um aluno da Universidade Nacional de Artes de Bucareste, um clipe de material royalty free e um projeto produzido de forma independente. O aviso de remoção enviado pela Entura afirmou que as obras infringem os direitos autorais que eles tinham o direito de aplicar e, uma vez que o aviso foi tornado público, foi retirado.[56][57]

Mídia doméstica[editar | editar código-fonte]

Pixels foi lançado em Blu-ray (3D e 2D) e DVD em 27 de outubro de 2015.[58] Segundo o The Numbers, as vendas domésticas de DVD são de US$7,181,924 e as de Blu-ray são de US$6,426,936.[59]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Pixels arrecadaram US$78,7 milhões na América do Norte e US$164,9 milhões em outros territórios, num total mundial de US$244,9 milhões.[5] O filme custou US$129 milhões para ser produzido, mas após descontos o orçamento foi reduzido para US$88 milhões.[60] Além disso, outros US$57 milhões foram gastos em impressões e publicidade, colocando seu custo total em US$145 milhões.[61]

Nos Estados Unidos e no Canadá, Pixels estreou ao lado de Paper Towns, Southpaw and The Vatican Tapes, em 3,723 cinemas.[62] Especialistas de bilheteria observaram que a data de lançamento do filme fez com que ele enfrentasse uma competição com o primeiro filme anterior e junto com as sobras do Ant-Man e Minions, que foram projetados para ganhar cerca de US$20 milhões.[63][64] No entanto, alguns analistas sugeriram que o filme poderia chegar a US$30 milhões e, se não atingisse US$30 milhões, poderia ter dificuldade em ser rentável, a menos que ganhasse uma audiência significativa no exterior.[65] Ele faturou US$1,5 milhão em suas exibições de quinta-feira à noite em 2,776 cinemas, e liderou as bilheterias no dia da estreia, ganhando US$9,2 milhões.[66][67][68] No fim de semana de estreia, arrecadou US$24 milhões em 3,723 cinemas, estreando em segundo lugar nas bilheterias, atrás do Ant-Man.[69]

Fora da América do Norte, Pixels estreou no mesmo fim de semana que sua estreia nos EUA em 56 países — que representa cerca de 40% de seu mercado externo total — e arrecadou US$26 milhões no fim de semana de estreia com 7,594 telas.[70] Adicionou 18 novos países em seu segundo final de semana, arrecadando US$19,29 milhões em quase 8,966 telas em 74 territórios.[71] Ele estreou em primeiro lugar em 23 dos 56 países e teve a maior abertura de todos os tempos para a Sony na Argentina (US$2,3 milhões), com outras aberturas notáveis ​​no México (US$3,54 milhões), Brasil (US$3,12 milhões), Alemanha (US$2,5 milhões) e a Rússia (US $ 2,5 milhões).[70][71] Foi lançado na Coreia do Sul na quinta-feira, 16 de julho de 2015, faturando cerca de US$3,3 milhões no fim de semana de estreia, estreando em terceiro lugar atrás do filme de animação da Pixar Inside Out e do filme local Yeonpyeong Haejeon.[62][72] Até agora, já arrecadou um total de US$4,8 milhões.[73] Foi lançado no Reino Unido, com US$4,2 milhões (incluindo visualizações) no topo das bilheterias.[74] Pixels foram abertos na China em 15 de setembro, ganhando US$11,2 milhões nos primeiros seis dias. [71][75] No lucro total, seu maior mercado fora dos EUA e Canadá é China (US$15,3 milhões), Reino Unido (US$12.8 milhões), México (US$12 milhões), Alemanha (US$10.2 milhões) e Venezuela (US$10.1 milhões).[76]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Rotten Tomatoes deu ao filme uma pontuação "podre" de 16%, com base em 173 comentários, com uma pontuação média de 3.9/10, e o consenso do site é: "Muito parecido com os piores jogos de arcade da era que a inspirou, Pixels tem pouco valor de replay e não vale um quarto.''Possui 46% de aprovação por base da audiência [77]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2015 Framboesa de Ouro de 2015 Pior filme do ano Adam Sandler, Chris Columbus, Mark Radcliffe, Allen Covert Indicado [78]
Pior ator Adam Sandler Indicado [78]
Pior ator coadjuvante Josh Gad Indicado [78]
Kevin James Indicado [78]
Pior atriz coadjuvante Michelle Monaghan Indicado [78]
Pior roteiro roteiro de Tim Herlihy e Timothy Dowling, história de Tim Herlihy, baseado no curta-metragem de Patrick Jean Indicado [78]
Teen Choice Awards Choice Summer Movie Star: Male Adam Sandler Indicado [79]

Referências

  1. a b «Pixels (2015)». British Film Institute. Consultado em 31 de maio de 2016 
  2. «Pixels (12A)». British Board of Film Classification. 14 de julho de 2015. Consultado em 14 de julho de 2015 
  3. a b c d Chang, Justin (22 de julho de 2015). «Film Review: 'Pixels'». Variety. Consultado em 20 de outubro de 2016 
  4. FilmL.A. (15 de junho de 2016). «2015 Feature Film Study» (PDF). p. 6. Consultado em 16 de junho de 2016 
  5. a b c d «Pixels (2015)». Box Office Mojo. Consultado em 21 de maio de 2016 
  6. a b «Pixels». Brasil: CinePlayers. Consultado em 23 de dezembro de 2019 
  7. «Pixels». Portugal: SapoMag. Consultado em 23 de dezembro de 2019 
  8. a b Sneider, Jeff (30 de maio de 2013). «Chris Columbus in Talks to Direct 'Pixels' for Sandler and Sony». thewrap.com. Consultado em 5 de março de 2014 
  9. «Pixels». AdoroCinema. Consultado em 29 de agosto de 2015 
  10. «Pixels (2015)». FilmSPOT. Consultado em 29 de agosto de 2015 
  11. Sam Machkovech (10 de agosto de 2015). «DMCA takedown laser brings down Vimeo videos with "Pixels" in title». Ars Technica. The Internet didn't really need another reason to hate July's critically panned Columbia Pictures film Pixels, but it got one in the form of a sketchy DMCA takedown. The request comes from a copyright troll, and it's directed at a number of videos hosted on Vimeo. 
  12. a b c d Sneider, Jeff (26 de fevereiro de 2014). «Adam Sandler to Star in Sony's Big-Budget Video Game Movie 'Pixels'». thewrap.com. Consultado em 5 de março de 2014 
  13. a b c Kit, Borys (4 de abril de 2014). «Michelle Monaghan Joining Adam Sandler in 'Pixels'». hollywoodreporter.com. Consultado em 5 de abril de 2014 
  14. a b «Game of Thrones' Star Peter Dinklage Joins Cast of Adam Sandler's 'Pixels'». variety.com. 28 de março de 2014. Consultado em 5 de abril de 2014 
  15. «Donkey Kong scoreboard strips Billy Mitchell's high score claims». arstechnica.com. 3 de fevereiro de 2018. Consultado em 3 de fevereiro de 2018 
  16. «New Pixels Promo Arrives Online | Movie News | Empire». Empireonline.com. Consultado em 7 de julho de 2015 
  17. a b Abramovitch, Seth (11 de junho de 2014). «Brian Cox Joins Cast of Adam Sandler's 'Pixels'». The Hollywood Reporter. Consultado em 2 de julho de 2014 
  18. a b c Yamato, Jen (1 de janeiro de 1970). «'30 Rock's Jane Krakowski Joins Adam Sandler Sci-Fi Comedy 'Pixels'». Deadline Hollywood. Consultado em 10 de julho de 2014 
  19. a b Sneider, Jeff (1 de julho de 2014). «'Pretty Little Liars' Star Ashley Benson Joins Adam Sandler in 'Pixels'». thewrap.com. Consultado em 2 de julho de 2014 
  20. Katey Rich. «Pixels and Adam Sandler Have Killed the Boys-Only Summer Blockbuster - Vanity Fair». Vanity Fair. Consultado em 28 de março de 2016 
  21. «Pixels gives Pac-Man creator his moment of fame». Cult of Mac 
  22. «New Pixels Promo Arrives Online | Movie News | Empire». Empire. 19 de maio de 2015. Consultado em 7 de julho de 2015 
  23. Crecente, Brian (12 de abril de 2018). «'King of Kong' Star Stripped of High Scores, Banned From Competition» 
  24. Fleming Jr, Mike (12 de maio de 2010). «Sony, Happy Madison Playing With Viral Sensation 'Pixels'». Deadline Hollywood (Penske Media Corporation). Consultado em 5 de março de 2014 
  25. Kit, Borys (10 de novembro de 2010). «Happy Madison Hires Writer for 'Pixels' Feature». hollywoodreporter.com. Consultado em 5 de março de 2014 
  26. Hogan, Brianne (27 de julho de 2015). «Pixels: Baking Comedy into the Characters». CreativeScreenwriting.com. Consultado em 27 de julho de 2015 
  27. Sneider, Jeff (16 de julho de 2012). «Tim Dowling to rewrite vidgame-themed 'Pixels'». variety.com. Consultado em 5 de março de 2014 
  28. «Chris Columbus Interview: Pixels, Return Of Amblin, John Hughes and More». Slashfilm 
  29. Graser, Marc (22 de julho de 2014). «Pac-Man, Donkey Kong Among '80s Video Game Icons to Appear in Adam Sandler's 'Pixels'». Variety. Consultado em 23 de julho de 2014 
  30. Baldwin, Clare and Kristina Cooke. "Special Report: How Sony sanitized Adam Sandler movie to please Chinese censors" (Archive). Reuters. sexta, 24 de julho de 2015. acessado em 26 de julho de 2015.
  31. «Adam Sandler and Jennifer Aniston to Make Beautiful 'Pixels' Together? - The Moviefone Blog». News.moviefone.com. 26 de fevereiro de 2014. Consultado em 12 de agosto de 2014 
  32. «Quotes by Elisha Cuthbert». UberQuotes. Consultado em 28 de março de 2016 
  33. «Listing of productions shooting or about to shoot around Ontario». omdc.on.ca. Consultado em 5 de abril de 2014 
  34. Vlessing, Etan (25 de março de 2014). «Sony's Video Game Movie 'Pixels' to Shoot in Toronto». hollywoodreporter.com. Consultado em 5 de abril de 2014 
  35. Christine (3 de junho de 2014). «Adam Sandler begins filming in 'Pixels' in Toronto». onlocationvacations.com. Consultado em 6 de junho de 2014 
  36. Vincent Frei. «PIXELS: Marten Larsson – VFX Supervisor – Digital Domain». ArtOfVFX.com 
  37. a b Joseph, Simone (29 de julho de 2014). «Adam Sandler filming movie near Markham». yorkregion.com. Consultado em 15 de agosto de 2014 
  38. a b R. Kennedy, John (4 de agosto de 2014). «PHOTOS: Josh Gad, Peter Dinklage on Toronto set of 'Pixels'». globalnews.ca. Consultado em 15 de agosto de 2014 
  39. «King Street closed for filming of 'Pixels' movie in Cobourg». northumberlandnews.com. 14 de agosto de 2014. Consultado em 15 de agosto de 2014 
  40. «Michelle Monaghan: My leading men are magic!». film-news.co.uk. 20 de outubro de 2014. Consultado em 21 de outubro de 2014 
  41. Clark, Trent. «Waka Flocka Flame & Good Charlotte Go Half On Pixels: The Movie Theme Song». HipHopWired.com. Consultado em 3 de junho de 2015 
  42. Bahr, Lindsey (18 de julho de 2014). «Adam Sandler, Josh Gad, and Peter Dinklage battle Pac-Man in 'Pixels'». ew.com. Consultado em 18 de julho de 2014 
  43. Lee, Ashley (28 de abril de 2014). «Adam Sandler's 'Pixels' Gets July 2015 Release Date». The Hollywood Reporter. Consultado em 6 de junho de 2014 
  44. «Sony Delays Adam Sandler's 'Pixels', Moves Up Brad Pitt's 'Fury'». Deadline Hollywood. 12 de agosto de 2014. Consultado em 13 de agosto de 2014 
  45. Carolyn Giardina (22 de julho de 2015). «'Hunger Games,' 'Pixels,' 'Everest' Among Upcoming Dolby Cinema Titles». The Hollywood Reporter. (Prometheus Global Media). Consultado em 22 de julho de 2015 
  46. «'China Box Office Weekend Report: 'Minions' Edges Out 'Mission: Impossible'; 'Pixels' Freezes On Slow Weekend». BoxOffice Pro. (BoxOffice® Media, LLC.). 22 de setembro de 2015. Consultado em 22 de setembro de 2015 
  47. Dave McNarry (19 de março de 2015). «Adam Sandler's 'Pixels' Trailer Gets Record 34 Million Views». Variety. Consultado em 20 de março de 2015 
  48. Erik Pederson (17 de março de 2015). «'Pixels' Trailer: First Look At Adam Sandler Pic Heralds An 8-Bit Invasion». Deadline Hollywood. Consultado em 20 de março de 2015 
  49. Doré, Louis. 9 de junho de 2015, The Independent, "Adam Sandler new movie Pixels reported to bear eerie similarities to a 2002 Futurama episode ".
  50. Thier, Dave. July 23, 2015, Forbes, "Reminder: 'Pixels' Lifted Its Entire Plot From An Episode Of 'Futurama'".
  51. «Columbia Pictures is Bringing a Pixels Arcade to Comic-Con». ComingSoon.net. Consultado em 28 de março de 2016 
  52. Wizard World
  53. Aline Bonatto (2 de julho de 2015). «Adam Sandler se junta à 'Turma da Mônica' para divulgar 'Pixels'». Extra. Consultado em 2 de julho de 2015 
  54. «Anti-Piracy Group Hits Indie Creators for Using the Word 'Pixels'». TorrentFreak. 8 de agosto de 2015 
  55. «DMCA (Copyright) Complaint to Vimeo». ChillingEffects.org 
  56. «Videos taken down from Vimeo for using the word 'Pixels'». CNET. CBS Interactive 
  57. «Vimeo Intervenes to Fix 'Pixels' DMCA Disaster». TorrentFreak 
  58. «Pixels Blu-ray». Blu-ray.com. Consultado em 30 de setembro de 2015 
  59. «Blu ray and DVD sales». The Numbers.com. Consultado em 16 de janeiro de 2016 
  60. «Box Office: 'Pixels' Continues Adam Sandler's Losing Streak in the U.S.». hollywoodreporter. Consultado em 17 de novembro de 2015 
  61. «'Pixels' Boxoffice data». pro.boxoffice.com. Consultado em 17 de novembro de 2015 
  62. a b Anthony D'Alessandro (20 de julho de 2015). «'Ant-Man' & 'Minions' Smaller In Actuals; 'Trainwreck' Starts To Party – Weekend Box Office». Deadline Hollywood. Penske Media Corporation. Consultado em 21 de julho de 2015 
  63. Pamela McClintock (21 de julho de 2015). «Box-Office Preview: 'Pixels,' 'Paper Towns' Prepare for Battle With 'Ant-Man,' 'Minions'». The Hollywood Reporter. (Prometheus Global Media). Consultado em 22 de julho de 2015 
  64. Anthony D'Alessandro (21 de julho de 2015). «'Pixels', 'Paper Towns' & 'Southpaw' Vie For A Variety Of Demos – Box Office Preview». Deadline Hollywood. Penske Media Corporation. Consultado em 22 de julho de 2015 
  65. Brent Lang (21 de julho de 2015). «Box Office: 'Pixels,' 'Paper Towns' Jump Into Crowded Summer Field». Variety. (Penske Media Corporation). Consultado em 22 de julho de 2015 
  66. Dave McNarry (24 de julho de 2015). «Box Office: 'Paper Towns' Tops 'Pixels' With $2 Million on Thursday Night». Variety. (Penske Media Corporation). Consultado em 24 de julho de 2015 
  67. Pamela McClintock and Rebecca Ford (24 de julho de 2015). «Box Office: 'Pixels' in Trouble; 'Southpaw' Could Beat 'Paper Towns'». The Hollywood Reporter. (Prometheus Global Media). Consultado em 25 de julho de 2015 
  68. Anthony D'Alessandro (25 de julho de 2015). «Adam Sandler Wins Friday, But 'Ant-Man' Will Punch 'Pixels' Out Of No. 1 Spot – Late Night B.O. Update». Deadline Hollywood. Penske Media Corporation. Consultado em 25 de julho de 2015 
  69. Pamela McClintock (26 de julho de 2015). «Box Office: 'Pixels,' 'Paper Towns' Stall; 'Southpaw' Overperforms». The Hollywood Reporter. (Prometheus Global Media). Consultado em 26 de julho de 2015 
  70. a b Nancy Tartaglione (27 de julho de 2015). «'Minions', 'Ant-Man' Grow In Actuals; 'Pixels' Powered By Latin America – Intl B.O. Final». Deadline Hollywood. Penske Media Corporation). Consultado em 28 de julho de 2015 
  71. a b c Nancy Tartaglione (3 de agosto de 2015). «'Rogue Nation' Puts Cruise In Control At $64.5M Offshore; Sets Career & 'M:I' Franchise Bests – Intl Box Office Final». Deadline Hollywood. Penske Media Corporation. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  72. Lee Hyo-won (20 de julho de 2015). «South Korea Box Office: 'Inside Out' Rises to Top, 'Pixels' Debuts in Third Spot». The Hollywood Reporter. (Prometheus Global Media). Consultado em 20 de julho de 2015 
  73. Anthony D'Alessandro (25 de julho de 2015). «'Pixels' Chomps Abroad; Hits Records For Sony & Sandler In Argentina, France– Overseas B.O. Update». Deadline Hollywood. Penske Media Corporation. Consultado em 26 de julho de 2015 
  74. Nancy Tartaglione (16 de agosto de 2015). «'Rogue Nation' Revs Up $46M More; 'Man From U.N.C.L.E.' Spies $12M; 'Brothers' Shows Muscle – Intl B.O. Update». Deadline Hollywood. Penske Media Corporation. Consultado em 17 de agosto de 2015 
  75. Patrick Brzeski (21 de setembro de 2015). «China Box Office: 'Mission: Impossible' Narrowly Tops 'Minions,' 'Pixels' Fizzles». The Hollywood Reporter. Consultado em 30 de outubro de 2015 
  76. «Pixels (2015) - International Box Office Results - Box Office Mojo». boxofficemojo.com. Consultado em 28 de março de 2016 
  77. «Pixels». Rotten Tomatoes (em inglês). Flixster. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  78. a b c d e f CS (27 de fevereiro de 2016). «Razzie Awards 2016 Winners Announced». ComingSoon.net. Consultado em 29 de fevereiro de 2016 
  79. Johnson, Zach (8 de julho de 2015). «Teen Choice Awards 2015 Nominees: Wave 2 Revealed!». E! Online. Consultado em 18 de janeiro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.