Usuário:Ixocactus/Ensino/2016/A Wikipédia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
  A Wikipédia Tutoriais em vídeo Recursos úteis  

Por que a Wikipédia?[editar | editar código-fonte]

A Wikipédia é confiável? Suas alunas copiaram tudo da Wikipédia? Esta enfurecida professora esclarece.
(Clique aqui para assistir)

Análises sobre a Wikipédia[editar | editar código-fonte]

Um manifestante Wikipedista

Os 5 Pilares da Wikipédia, seus princípios fundadores, são suportados por políticas de edição e de conteúdo muito semelhantes aos procedimentos de revisão por pares adotados pela comunidade científica. Destacam-se o pilar da Imparcialidade e as políticas de Verificabilidade e Nada de pesquisa inédita, garantidos pela Política de Bloqueio. Por isso, a comunidade científica tem avaliado de forma positiva a Wikipédia. Além disso, o Programa Wikipédia na Universidade vem integrando esta enciclopédia com atividades de ensino de professores de várias universidades, inclusive brasileiras.

Integração da Wikipédia com a educação e a popularização da ciência[editar | editar código-fonte]

  1. Análise de verbetes sobre aquecimento global constatou que a visão científica prevaleceu na polêmica com os negadores do aquecimento global antrópico.[1]
  2. A Wikipédia está revolucionando a economia do conhecimento e a divulgação científica.[2]
  3. Em 2015 uma edit-a-thon sobre o Dia Mundial dos Oceanos promoveu significativas melhoras em verbetes sobre o assunto, permitindo também a colaboração de editores iniciantes e a desmistificação da Wikipédia.[3][4]
  4. A Wikipédia vem sendo usada como ferramenta de ensino por professores de áreas como a química[5] e a ecologia.[6] Professores de universidades brasileiras como a UFES, UFRGS, UNIRIO, Cásper Líbero e outras[7] também relatam experiências positivas ao utilizarem a Wikipédia como ferramenta de ensino em suas aulas.[8][9]
  5. Os verbetes sobre ornitologia precisam ser melhorados. A Wikipédia é o primeiro resultado em buscas por nome científico no Google, por isso é uma boa ferramenta para a divulgação científica. Estudantes que sintetizem o conhecimento científico também se beneficiam através dos exercícios de leitura e redação. Em última análise a Wikipédia é uma excelente ferramenta para solucionar um dos principais desafios da comunidade científica, a síntese e comunicação dos resultados das pesquisas tanto para o grade público quanto para seus pares. "A Wikpédia oferece uma saída única para o ensino, a pesquisa e a extensão - os pilares das instituições de ensino superior que recebem menos atenção do que deveriam".[10]
  6. A Wikipédia é a enciclopédia do século XXI, usada como fonte de informação pela maioria da sociedade e leva o conhecimento científico para o cotidiano das pessoas. É uma ferramenta tecnológica contemporânea, gratuita e de livre acesso que pode ser facilmente adotada pelos profissionais de educação.[11][12][13]
  7. A importância da Wikipédia como fonte de consulta sobre aspectos relacionados à saúde não pode ser negligenciadas pelos profissionais desta área.[14] Editoriais recentes em importantes revistas médicas como a Colaboração Cochrane[15] e The Lancet[16] ressaltam a importância da enciclopédia como divulgadora de informações confiáveis publicadas na revistas científicas.
  8. A revista PLOS ONE lançou uma coleção de tópicos em biologia computacional[17] nos quais os autores são creditados com a indexação do artigo.[18]
  9. Lista de artigos científicos de uso da Wikipédia em sala de aula - experiências de ensino usando a Wikipédia.
  10. A Wikipédia na academia - conhecimento produzido sobre a Wikipédia.
  11. Diretório oficial de pesquisas sobre os projetos da Fundação Wikimedia. (em inglês)

Os 5 Pilares da Wikipédia[editar | editar código-fonte]

Políticas e Recomendações da Wikipédia
Princípios
Cinco pilares

O que a Wikipédia não é

A Wikipédia não possui regras fixas
Políticas de conteúdo
Ponto de vista neutro

Verificabilidade

Nada de pesquisa inédita

Biografias de pessoas vivas

Títulos de artigos
Trabalhando com os outros
Política de edição

Consenso

Civilidade

Não faça ataques pessoais

Assédio moral

Não proferir ameaças legais

Resolução de disputas
Diretórios
Livro de estilo

Lista completa de políticas

Lista completa de recomendações
Atalhos:
WP:5P
WP:CITE
WP:ETIQ
WP:NPI
WP:V
  1. Escopo enciclopédico: a Wikipédia não é um mangue!
  2. Princípio da imparcialidade
  3. Conteúdo livre
  4. Normas de conduta
  5. Não há regras fixas

Trabalho colaborativo: votações, discussões e ações administrativas[editar | editar código-fonte]

Atalhos:
WP:VAND
WP:NDD
WP:SPAM
WP:EC
WP:TROLL
WP:SOCK
WP:BONITO
WP:SFFSVSA
O que é VANDALISMO?
"Qualquer um pode editar a Wikipédia"
NUNCA chame um editor-colega-usuário de vândalo. Na Wikipédia isso é muito ofensivo!

Posso confiar na Wikipédia?[editar | editar código-fonte]

Atalhos:
WP:TU
WP:PA
WP:WKF
WP:RECI
WP:Corrigir
WP:V

Qualquer um pode editar. Mas...

Equipe de Wikipedistas protegendo a Wikipédia dos vândalos
Ver artigo principal: Wikipédia:Usuários
Um(a) wikipedista em seu habitat natural

Referências

  1. Costa, Bernardo Esteves Gonçalves da (2014). As controvérsias da ciência na Wikipédia em português: o caso do aquecimento global (PDF) (Tese de Doutorado em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia). UFRJ. Consultado em 4 de outubro de 2015 
  2. Emerging Technology From the arXiv (2 de julho de 2015). «Why Wikipedia + Open Access = Revolution». MIT Technology Review (em inglês). MIT. Consultado em 17 de Julho de 2015. The results make for interesting reading. “The odds that an open access journal is referenced on the English Wikipedia are 47% higher compared to closed access journals,” say Teplitskiy and co. But this doesn’t imply that Wikipedia editors are blindly choosing open access articles at the expense of more important papers. The team says that a journal’s high impact status also significantly increases the chances that it will be referenced, regardless of whether it is open or closed access. So Wikipedia generally provides links to high quality scientific articles, even though open access ones are disproportionately represented. 
  3. Ayana Elizabeth Johnson (5 de junho de 2015). «Why Ocean Conservationists ShoulWhy Ocean Conservationists ShoulWhy Ocean Conservationists Should Pay More Attention to Wikipediad Pay More Attention to Wikipediad Pay More Attention to Wikipedia». National Geographic (revista) (em inglês). Consultado em 14 de junho de 2015 
  4. Ayana Elizabeth Johnson (12 de junho de 2015). «How Hosting an Edit-A-Thon Made Me Trust Wikipedia». National Geographic (revista) (em inglês). Consultado em 14 de junho de 2015 
  5. Moy, Cheryl L.; Jonas R. Locke, Brian P. Coppola, and Anne J. McNeil (2010). «Improving Science Education and Understanding through Editing Wikipedia» (requer pagamento). Journal of Chemical Education (em inglês). 87 (11): 1159-1162. ISSN 0021-9584. doi:10.1021/ed100367v 
  6. Callis, Kristine L.; Christ LR, Resasco J, Armitage DW, Ash JD, Caughlin TT, Clemmensen SF, Copeland SM, Fullman TJ, Lynch RL, Olson C, Pruner RA, Vieira-Neto EH, West-Singh R, Bruna EM. (2009). «Improving Wikipedia: educational opportunity and professional responsibility» (requer pagamento). Trends in Ecology & Evolution (em inglês). 24 (4): 177-179. ISSN 0169-5347. PMID 19269059. doi:10.1016/j.tree.2009.01.003 
  7. Relatos de professores e professoras participantes no Programa de Educação
  8. «Improving evolution articles on the Portuguese Wikipedia through class: Professor Yuri Leite « Wikimedia blog». Consultado em 7 de outubro de 2015 
  9. «Improving computer science articles on the Portuguese Wikipedia « Wikimedia blog». Consultado em 7 de outubro de 2015 
  10. Bond, Alexander L. (2011). «Why ornithologists should embrace and contribute to Wikipedia». Ibis (revista) (em inglês). 153 (3): 640-641. ISSN 1474-919X. doi:10.1111/j.1474-919X.2011.01135.x. Wikipedia therefore offers a unique outlet for science education, science communication and public service – three tenets of higher education institutions and government agencies that are often given less than their due. 
  11. Thiago Camelo (1º de fevereiro de 2012). «Wikipédia levada a sério.». Ciência Hoje. Consultado em 20 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 15 de março de 2016 
  12. Márcio Diniz (25 de março de 2013). «Colégio em SP estimula alunos a editar e melhorar a Wikipédia». Folha de S.Paulo. Consultado em 16 de janeiro de 2016 
  13. Frank Schulenburg (14 de janeiro de 2016). «15 years of Wikipedia and education» (em inglês). Wiki Education Foundation. Consultado em 15 de janeiro de 2016. At that time, Dr. Anne McNeil began teaching a PhD course, “Physical Organic Chemistry”, at the University of Michigan. She’d ask chemistry students from four PhD programs to expand Wikipedia articles on chemistry. Her colleagues immediately saw the value. “Everyone thought it was a cool idea,” McNeil said. “We often ask students to write ‘reviews’ of the literature, but then the only readership is the faculty member. Here, everyone — both students and faculty — saw the relevance of digesting the literature and then adding this new content to Wikipedia. Everyone benefits from the effort.” 
  14. Shafee, Thomas. «Wikipedia is already the world's 'Dr Google' – it's time for doctors and researchers to make it better». The Conversation 
  15. Mathew, Manu E; Joseph, Anna; Heilman, James M; Tharyan, Prathap (2013). «Cochrane and Wikipedia: The Collaborative Potential for a Quantum Leap in the Dissemination and Uptake of Trusted Evidence». Chichester, UK: John Wiley & Sons, Ltd. Cochrane Database of Systematic Reviews (em inglês). doi:10.1002/14651858.ed000069 
  16. Masukume, Gwinyai; Lisa Kipersztok, Diptanshu Das, Thomas M A Shafee, Michaël R Laurent, James M Heilman (novembro de 2016). «Medical journals and Wikipedia: a global health matter». The Lancet Global Health. 4 (11). doi:10.1016/s2214-109x(16)30254-6. Consultado em 19 de outubro de 2016 
  17. Wodak, Shoshana J.; Mietchen, Daniel; Collings, Andrew M.; Russell, Robert B.; Bourne, Philip E. (29 de março de 2012). «Topic Pages: PLoS Computational Biology Meets Wikipedia». PLOS Computational Biology. 8 (3): e1002446. ISSN 1553-7358. doi:10.1371/journal.pcbi.1002446 
  18. «PLOS Collections: Article collections published by the Public Library of Science». collections.plos.org. Consultado em 20 de outubro de 2016 
  19. Ver as Mudanças recentes para valores atuais