Wikipédia:Não vote em tudo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atalho:
WP:NVT
Crystal Clear mimetype txt.png Este ensaio contém conselhos ou opiniões de um ou mais contribuidores da Wikipédia. Ensaios não são políticas nem recomendações, mas podem representar práticas já bem difundidas na comunidade ou ainda pontos de vista de minorias. Sinta-se livre e até encorajado para melhorar a página ou discutir na página de discussão, mas tenha prudência ao considerar esses pontos de vista já previamente trabalhados.

A Wikipédia é regulamentada sobre o método do consenso, baseado na discussão. A Wikipédia não é, portanto, "uma democracia da maioria", já que a votação pode contrariar tais princípios. A fim de obter a melhor decisão possível é muito importante considerar os argumentos apresentados de ambas as partes, tentando apurar uma decisão para a controvérsia do debate, aceitável para todos. As votações são exceção e não a regra, e quando realizadas, não são vinculativas.

Em geral, disputas que se arrastam por muito tempo devem ser suspeitas e sujeitas a uma sondagem ou outro tipo de enquete. Mesmo assim, os participantes da discussão devem entender que a votação não cria um consenso. Na melhor das hipóteses, pode refletir o quão próximos estão os participantes uns dos outros.

Por que não votar em tudo?[editar código-fonte]

Uma das características de um ambiente virtual e aberto como uma Wiki é que muito pouco se sabe sobre a maior parte dos seus interlocutores. Criar uma nova identidade é uma questão de poucos segundos: a dinâmica da comunicação pode fazer com que dezenas de pessoas participem numa votação para apoiar uma posição, talvez após determinada divulgação pública noutro site ou uma campanha de proselitismo realizada em privado. Isso torna impossível basearmo-nos em mecanismos incontestavelmente confiáveis: pelo contrário, os resultados da votação devem ser sempre submetidos a uma verificação completa com base nas normas do projeto.

Nos casos em que uma operação só pode ser implementada por apenas um utilizador com privilégios especiais, como eliminações e atribuição de novos privilégios, as pessoas com tais privilégios (conhecidos como administradores e burocratas) tornam-se também responsáveis pela validação e interpretação do voto. No entanto, a principal função desses representantes da comunidade, é sobretudo determinar se uma decisão foi correta do ponto de vista processual na eliminação, e avaliação devida dos votos como os de sockpuppet e novos utilizadores. Normalmente neste tipo de atuação prevalece o reconhecimento de uma certa autoridade na interpretação da opinião da comunidade, no entanto, tal função consiste, naturalmente, em determinar a verdade e validade da votação.

Outra característica da Wiki é a contínua variabilidade. A cada dia, novos utilizadores surgem no site, trazendo consigo novas informações e novas idéias que podem obter novas introspecções nunca antes pensadas. É importante que haja uma forma de contestar as decisões do passado, tendo estas sido tomadas por votação ou consenso. Consequentemente, o resultado de uma votação nunca deve ser "inalterável" no sentido de que não seja possível voltar atrás nas decisões já estabelecidas.

Votações sobre artigos e políticas[editar código-fonte]

Existe consenso entre os críticos e defensores de votação de que as decisões sobre neutralidade e imparcialidade de tópicos, normalmente não devem ser tomadas pelo processo da maioria absoluta. A resposta à questão: "esse artigo é neutro?" com +1 voto ou -1, por exemplo, não acrescenta nenhuma informação sobre o assunto; mas somente destaca a opinião dos participantes. É exatamente por isso que em WP:O que a Wikipédia não é refere explicitamente que a Wikipédia não é uma democracia nem uma burocracia. Outro argumento de extrema importância para se obter amplo consenso é a evolução das orientações da Wikipédia, em particular propostas que requerem sucessiva aplicação prática.

O voto é um mecanismo simplista que tenta alcançar um consenso, o que muitas vezes pode ignorar a possibilidade de se chegar a um acordo acertado. Na verdade, há quem acredite que a decisão que passa por votação não é nada mais do que uma forma de dizer que "é impossível chegar a um consenso consigo" e por esse motivo alguns depreciam a votação. Existe ainda acordo unânime sobre o facto de que um voto que não é cuidadosamente aplicado, com os argumentos e ideias estabelecidas no consenso e no processo de tomada de decisão geral, é altamente problemático. Por fim, e na maioria dos casos, a forma mais eficaz de se resolver uma disputa passa por pura e simplesmente editar uma página.

Uma área onde se verifica a maioria das discordâncias, é aquela que lida com questões de estilo, sensibilidade e preferências pessoais. É correto publicar imagens de sexo oral no seu respectivo artigo? É apropriado utilizar denominações como Sua Santidade no corpo dos textos? Segundo a opinião de alguns, nestes casos, a votação pode ser uma opção viável, se a discussão se prolongar por bastante tempo sem que um acordo tenha sido apurado. Paralelamente, as votações podem dar-se naturalmente e votos vão surgindo para decidir sobre a presença ou ausência de algo dentro do artigo.

Se pretender obter informações sobre como realizar um processo de votação consensual, que se trata também de uma perspectiva histórica sobre os mecanismos de voto da Wikipédia anglófona, consulte a página Wikipedia:How to hold a consensus vote que explica como as votações em determinados casos podem ser configuradas. Em todo o caso, é de extrema importância que os participantes concordem com o processo: se, contudo, for impossível chegar a um acordo sobre o procedimento, então a votação não deve ser utilizada para impor a questão à força.

Notas[editar código-fonte]

Ver também[editar código-fonte]