Usuário(a):GoEThe/Como propor um artigo para destaque e sobreviver

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crystal Clear mimetype txt.png Este ensaio contém conselhos ou opiniões de um ou mais contribuidores da Wikipédia. Ensaios não são políticas nem recomendações, mas podem representar práticas já bem difundidas na comunidade ou ainda pontos de vista de minorias. Sinta-se livre e até encorajado para melhorar a página ou discutir na página de discussão, mas tenha prudência ao considerar esses pontos de vista já previamente trabalhados.
Baseado no ensaio en:User:Jengod/Some common objections to featured status and how to avoid them

À medida que mais artigos atingem o estado de artigo destacado, naturalmente os critérios usados vão ficando mais estritos e tornam-se uma mistura dos critérios delineados em Wikipedia:O que é um artigo em destaque e critérios pessoais, objectivos ou subjectivos.

Quando submetemos um artigo para destaque, devemos estar preparados para ouvir críticas, mesmo que nos pareçam injustas. Abaixo delineio alguns critérios muitas vezes usados na Escolha de artigos em destaque e como lidar com essas críticas (de preferência até antes de candidatar o artigo).

Antes de propor um artigo para destaque[editar | editar código-fonte]

Antes de propor um artigo para destaque, pode querer procurar a opinião de outros editores que editam na mesma área, ou que tenham escrito artigos que considera excelentes. Se não conhecer nenhum, pode tentar o Processo de revisão que tem uma lista de pessoas disponíveis para rever artigos. Pode também procurar WikiProjectos na área e ver se há alguém disponível para rever o artigo. O importante de pensar é que quantos mais pares de olhos e mãos passarem por um artigo, menor será a quantidade de erros.

Não use como justificativa[editar | editar código-fonte]

  1. "Tem mais informação do que qualquer outra fonte na internet/enciclopédia online" - Isso não é um padrão adequado, pois os nosso artigos devem poder ser comparados com fontes online e offline e deve conseguir ser superior a qualquer um deles.
  2. "Trabalhei muito tempo neste artigo" - Admiramos a sua dedicação, mas se o artigo mesmo assim não atinge os critérios, tanto faz que tenha trabalhado um dia ou dois anos no artigo.
  3. "Precisamos de mais artigos destacados sobre lombrigas" - Não dizemos que não, mas colocar uma estrelinha num artigo qualquer só porque não há outros do mesmo tema que estejam destacados não é uma boa ideia. Um artigo destacado deve sustentar-se por si só.

Dicas a seguir[editar | editar código-fonte]

  1. Referências ao longo do texto: Deve usar um sistema para referenciar as afirmações com notas de rodapé. O sistema mais usado é o implementado pela extensão Cite.php, mas há outras opções. Veja Categoria:!Predefinições para referências, para algumas predefinições úteis. Não basta ter uma secção bibliográfica, fontes não ancoradas no texto também não.
  2. Um texto escrito apenas com a informação que retirou da sua memória, mesmo que seja o maior perito sobre o tema a nível mundial, não torna o artigo uma boa fonte de referência. O texto tem de ser verificável e não podemos verificar a sua experiência pessoal. Atribua opiniões às suas fontes. Não diga coisas como "Algumas pessoas afirmam...".
  3. Se o artigo foi escrito, revisto e editado apenas por fãs ou por pessoas de alguma maneira demasiado ligadas a um assunto, peça a alguém neutro para o ler.
  4. Seja consistente. Use o mesmo estilo de formatação e referenciação ao longo do texto.
  5. A introdução deve resumir o artigo. Além disso, será talvez a primeira (e talvez a única) coisa que as pessoas lerão. Tente por isso atrair os leitores usando um estilo simples mas atractivo. A introdução será também usada para apresentar o artigo na página principal, por isso se o artigo deve estar impecável em termos de estilo e formatação, a introdução deve estar super-mega-impecável.
  6. Escreva como se estivesse a tentar explicar o tema à sua avó. Lembre-se que pessoas poderão chegar ao seu artigo aleatoriamente, sem que percebam nada sobre o assunto. O artigo deve satisfazer quer os peritos como os leigos.
  7. Se o artigo consistir maioritariamente de listas, nomeie-o antes em Wikipedia:Escolha do anexo em destaque.
  8. Só faça ligações internas para datas importantes para o contexto do artigo.
  9. Referências a páginas na internet não são um problema, mas deve certificar-se que as ligações funcionam e que coloca a data em que foram acedidas. Assim, se a página desaparecer, pode ser localizada no Internet Archive ou serviço semelhante.
  10. Não use apenas uma referência, varie. Como já ouvi um dia: "Copiar de uma fonte, é plágio, copiar de 50 é pesquisa".

Sobre ligações vermelhas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Wikipedia:Ligação vermelha

Várias vezes, vemos objecções a que um artigo se torne destacado, por conter ligações para artigos que ainda não foram escritos. Na minha opinião, essa não é uma objecção válida por várias razões:

  1. O que está a ser avaliado é aquele artigo, não a Wikipédia inteira, nem a cobertura daquele tema;
  2. Uma ligação em azul não aponta necessariamente para o artigo certo;
  3. Por vezes a objecção é estética: para isso podem modificar nas preferências o aspecto das ligações a vermelho;
  4. A obsessão pelas ligações vermelhas desvia a atenção de outros factores mais importantes, como a qualidade do texto;

...