Wikipédia:Critérios de admissibilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os critérios de admissibilidade são uma orientação que modera a entrada de tópicos pertinentes ao desenvolvimento desta enciclopédia e esclarece a elaboração dos subtemas correlatos sob um mesmo critério. Este método surge como efeito das políticas elementares da Wikipédia. A admissibilidade é independente da relevância e não coloca em julgamento a importância, o mérito ou a dignidade de alguém ou alguma coisa.

A informação presente na Wikipédia deve ser verificável: se não for possível encontrar fontes confiáveis independentes sobre o assunto, o tópico não pode ser objeto de um artigo na Wikipédia. Para além da verificabilidade, o conceito de admissibilidade utilizado pelo projeto tem como objetivo evitar que artigos sejam criados de forma indiscriminada. Os temas tanto de artigos como de listas devem ser "notáveis", considerados dignos de a priori possuir um artigo independente.[nt 1] A avaliação da admissibilidade não depende de conceitos como fama, importância ou popularidade, embora estes possam efectivamente apresentar uma correlação positiva com a admissibilidade, reforçando a aceitabilidade de um tópico que atenda aos critérios gerais expostos a seguir.

O critério geral considera que um tópico é presumido como admissível se tiver sido o assunto de significativas fontes secundárias, confiáveis e independentes, o que legitima um artigo independente se cumprir com os critérios gerais descritos abaixo. A menção trivial ou incidental de algo por fontes secundárias não é suficiente para estabelecer sua admissibilidade. O conjunto dos critérios define-se como suficiente: havendo cumprimento de algum deles e existência de fontes secundárias de qualidade que permitam a redacção de um artigo completo; garantindo a exigência de verificabilidade, existe a presunção sobre a pertinência enciclopédica do assunto.[1] Por conseguinte, os assuntos devem estar de acordo com o que se pretende para uma enciclopédia, respeitando os princípios fundadores, e não devem ser motivo de desobediência àquilo que a Wikipédia não é. Um tópico é também presumido como enciclopédico se atender aos critérios específicos de admissibilidade, que lidam com diferentes assuntos particulares, expostos nesta página.[nt 2]

Os critérios de admissibilidade são condição necessária mas não suficiente para importância enciclopédica, não servindo, portanto, como garantia de que um tópico terá artigo. Os editores podem chegar à conclusão sobre a necessidade de fundir ou reagrupar dois ou mais assuntos num só artigo. Os critérios servem apenas para avaliar o mérito de um artigo ou de uma lista sobre determinado assunto. Estes não limitam o conteúdo de um artigo ou lista: nos termos das regras da Wikipédia concernentes ao conteúdo, convém referir as questões sobre o ponto de vista neutro, verificabilidade, nada de pesquisa inédita, o que a Wikipédia não é, e biografias de pessoas vivas.

Critério geral de admissibilidade[editar código-fonte]

Um tópico é presumido como admissível se recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado.[2]

  • "Cobertura significativa": as fontes citadas cobrem o tema do artigo diretamente e com detalhe, e que não é necessária pesquisa inédita para extrair a informação das fontes para o artigo. Cobertura significativa implica que a fonte cita o tema de forma mais do que trivial, mas não obriga a que se debruce sobre ele exclusivamente. Por exemplo, a simples menção de uma banda pop na biografia de um político não pode ser considerada cobertura substantiva, mas um artigo num jornal sobre um festival pop onde, entre outros, se dedicam vários parágrafos a uma banda pop pode ser aceite como contribuindo para a notoriedade dessa banda, e logo, para a sua aptidão enciclopédica. Do mesmo modo, a menção do tema num diretório ou numa lista não é suficiente para que esta seja considerada admissível para ter um artigo na Wikipédia.
  • "Fontes": por ser uma palavra no plural, entende-se que seja mais de uma fonte, ou seja, ao menos duas fontes secundárias diferentes. Múltiplas fontes do mesmo autor ou organização são consideradas como uma fonte para estabelecer a admissibilidade.[3]
  • "Reputadas": as fontes utilizadas devem ser editorialmente íntegras e honestas de forma a permitir que sejam cumpridas as políticas de fontes confiáveis, verificabilidade e nada de pesquisa inédita. As fontes poderão incluir material publicado em todas os tipos de suporte (papel, tv, rádio, internet, etc.), e a existência de um grande número de fontes secundárias referindo o tema do artigo é um bom indicador para a admissibilidade. Tais fontes podem incluir obras publicadas em qualquer forma, em todos os meios, e qualquer idioma.
  • "Independentes": as fontes citadas não estão diretamente relacionadas com o tema do artigo, ou seja, que é uma "terceira parte" a escrever, permitindo respeitar completamente a política de imparcialidade. Não são consideradas fontes independentes, por exemplo, autobiografias, publicidade, comunicados de imprensa (press releases) ou outras escritas pelo fabricante, criador, autor, inventor ou vendedor de um produto ou serviço. O melhor barómetro para avaliar a admissibilidade de um tema é a existência de pessoas independentes que o consideraram tão importante que investigaram, escreveram e publicaram elas próprias trabalhos sobre essa temática. Assim, a auto-promoção, publicidade, fontes pessoais ou autobibliográficas, sites do próprio sujeito ou comunicados de imprensa não são considerados independentes.[nt 5]

Quando é consensual que um tópico satisfaz estes critérios, então é geralmente considerado digno de atenção, e presume-se que o assunto mereça um artigo independente nesta enciclopédia. Um tópico que não atenda a estes critérios, que não é suportado por múltiplas fontes secundárias e independentes, ainda que possua alguns factos verificáveis, pode justificar a sua inclusão dentro de outro artigo.

Implementação dos critérios[editar código-fonte]

A exigência do cumprimento rigoroso desses critérios — designadamente a existência acima requerida de pelo menos duas fontes secundárias independentes e confiáveis, preferencialmente de envergadura nacional e internacional, com um intervalo de pelos menos dois anos[nt 6] e centradas sobre o assunto objeto da matéria — será potenciada pelo facto de que o artigo proposto pode apresentar um interesse propagandístico sobre o tópico (promoção de interesses comerciais, políticos e outros, ao apoio de uma notabilidade ainda incipiente, satisfação do ego de uma pessoa, grupo ou organização etc.).

No caso de se tratar de uma questão factual, sem que haja qualquer problema ou evidência de uma oportunidade de divulgação (como são exemplo antigas obras de arte, o cume de uma montanha ou figuras históricas) estes critérios podem ser aplicados com uma maior flexibilidade, sobretudo na avaliação do tema por parte da comunidade no âmbito de um procedimento de eliminação. Nesses casos, seria possível apresentar fontes independentes e confiáveis, não sendo, contudo, necessário que o tópico se baseie em fontes secundárias com um intervalo de pelo menos dois anos, sob a condição de que estas sejam suficientemente relevantes para permitir extrair conteúdo enciclopédico sem qualquer pesquisa inédita (à exceção de breves passagens pontuais ou síntese de uma notícia bibliográfica e.g.).

Objetivo dos critérios gerais de admissibilidade[editar código-fonte]

Presume-se que um tema justifique a criação de um artigo se este cumprir com os critérios gerais acima mencionados. A comunidade wikipedista pode, entretanto, considerar que um artigo que satisfaça os critérios gerais de admissibilidade não justifique a existência de um artigo independente — como por exemplo, após uma proposta de fusão ou uma proposta de eliminação — ou, pelo contrário, que existem fontes suficientes para a qualificação do artigo, embora os critérios gerais não sejam respeitados no sentido estrito (dado que os princípios fundadores devem em todo o caso ser tidos em consideração).

Por outro lado, existem, paralelamente a estes critérios gerais de admissibilidade, os critérios específicos sobre determinadas áreas — biografias, eventos etc. Os critérios específicos rigorosamente aprovados pela comunidade permitem considerar que um tópico é admissível. Tendo em conta que os critérios temáticos cumprem com as exigências dos critérios de admissibilidade, o tema de um artigo pode ser admitido no projeto, atendendo aos critérios específicos sobre os quais se enquadram e à política de verificabilidade. Assim, os critérios temáticos servem simplesmente para identificar casos particularmente importantes para o projecto dado que existe forte probabilidade da existência de uma cobertura significativa que atenda às normas dos critérios gerais de admissibilidade. Deste modo, os critérios específicos não podem em circunstância alguma, contrariar os princípios fundadores da enciclopédia, designadamente a verificabilidade das informações, interdição de trabalhos inéditos ou o princípio da imparcialidade.

O número de páginas que lidam com os critérios específicos deve ser o mais limitado possível: numerosas páginas dedicadas a vários critérios específicos mina a transparência dos critérios de admissibilidade, tornando-se impossível proporcionar um conhecimento exaustivo aos editores, e gera um sério risco de incoerência, inclusivamente para com os critérios gerais de admissibilidade.

As directrizes de admissibilidade não se aplicam ao conteúdo de um artigo[editar código-fonte]

Os critérios correspondentes à criação ou retenção de um artigo não são os mesmos que os aplicados ao conteúdo do artigo. As diretrizes de admissibilidade são utilizadas para determinar a qualidade enciclopédica de um assunto sobre o qual é analisada a criação de um artigo independente, mas não se aplicam ao conteúdo de um artigo ou de uma lista (à excepção de listas que se restrinjam à inclusão de matérias ou pessoas por si só notáveis). A abrangência do conteúdo sobre um determinado artigo ou lista (ou seja, se algo é ou não digno de nota o suficiente para ser mencionado no artigo ou lista) é regida pelo princípio do peso indevido e da exigência de verificabilidade e outras políticas de conteúdo. As listas colocam-nos, contudo, alguns problemas específicos.

A admissibilidade é qualidade inerente ao tema e não a um artigo da Wikipédia. Se um tópico não recebeu cobertura significativa e a devida atenção fora da Wikipédia, quaisquer que sejam as tentativas de melhoria do conteúdo da Wikipédia não tornarão por súbito acaso um assunto admissível, estando por isso condenado ao fracasso. Por outro lado, se um material-fonte existe, mesmo que possua uma redação muito pobre (mas compreensível) e mal referenciada, nada disso prejudicará a admissibilidade do tópico dentro da Wikipédia.

A admissibilidade requer evidências verificáveis[editar código-fonte]

A principal questão dos critérios de admissibilidade, tanto o geral como os específicos, firma-se pelo quesito de que existem evidências objectivas e verificáveis de que o tópico recebeu significativa atenção de fontes independentes que suportem a eventual elegibilidade do tema tratado. Por outro lado, a simples falta de referencias num artigo — desde que não resulte da inexistência de fontes, mas simplesmente da sua falta de citação — não é indicador de que o assunto não possa ser objeto de um verbete nesta enciclopédia.

A nenhum tema lhe é consentido a admissibilidade pelo simples facto deste existir: a evidência deve demonstrar que o tópico recebeu cobertura significativa de fontes confiáveis e independentes ou reconhecimento devido, e que o tópico não se trata de um mero veículo de interesse de curto prazo, nem resultado de atividade promocional ou de publicidade indiscriminada, nem de que consiste de um tema inadequado por qualquer outro motivo. Fontes de informação que oferecem provas satisfatórias integram publicações reconhecidas e analisadas pelos pares, sujeitas à apreciação prévia de avaliadores que as reconhecem como tais, desde livros credíveis e fidedignos, notícias divulgadas por meio de comunicação social de renome, ou, em geral, fontes reconhecidas como sendo de confiança.

Os editores que avaliam a admissibilidade devem ter em conta não apenas as fontes que poderiam ser citadas no artigo, mas também outras fontes que possam existir e que demonstrem pertinência enciclopédica mas que não foram acrescentadas ao artigo. Se parece provável que exista uma cobertura significativa de fontes independentes sobre o tópico tratado, a supressão do artigo por faltar ao cumprimento dos critérios de admissibilidade pode, contudo, não justificar-se.

A ausência de citações num artigo (distinguindo-se da não existência de fontes sobre o assunto) não indica que o tema não é aceitável. A admissibilidade requer apenas a existência de ampla cobertura de fontes confiáveis e independentes apropriadas, mas não a sua imediata citação, desde que o artigo cumpra com os princípios de verificabilidade; assim, a admissibilidade não exige que as fontes que comprovam a pertinência enciclopédica do assunto sejam imediatamente citadas no artigo, uma vez que não é a sua menção no verbete que a irá determinar, inobstante a exigência de fontes confiáveis que confirmem a veracidade da informação prescrita pela política. Por sua vez, nos casos em que a admissibilidade é contestada, fazendo-se valer apenas do facto de "não terem sido mencionadas fontes", é pouco provável que se trate de um argumento convincente, na medida em que os editores são fortemente encorajados a tentar encontrar fontes para o assunto em questão e considerar a possibilidade da eventual existência de referências que não estão citadas no artigo, antes de propor ou nomear um artigo para eliminação sob suspeita da faltar aos critérios de admissibilidade.

A admissibilidade não é temporária[editar código-fonte]

A admissibilidade é permanente; uma vez que um tópico foi objecto de uma "cobertura substantiva" em concordância com as directrizes gerais de admissibilidade, torna-se prescindível uma continuada cobertura sobre o assunto. Se um tema cumpriu o critério de admissibilidade uma vez, continuará a cumpri-lo com o passar do tempo, não sendo necessário continuar a demonstrar a sua qualidade enciclopédica em épocas ou períodos posteriores.

Tal como definido aqui, a admissibilidade não resulta de uma notoriedade pontual ou de um destaque temporário. Assim, instiga-se a que o tópico seja suportado por, pelo menos, duas fontes secundárias consideradas confiáveis que consagrem um artigo ou tópico, num intervalo de pelo menos dois anos. Assim, se as fontes confiáveis tratam uma pessoa em relação a um evento único, e se essa pessoa continua ou é provável que permaneça desconhecida para além daquele evento em especifico, é recomendável que se evite a criação de um artigo bibliográfico para essa pessoa.

No entanto, se um tópico (um evento ou outro tema) é objecto principal de múltiplas fontes secundárias independentes de qualidade que não se limitam a reportar os factos, mas que envolvam generalizações, análises, sínteses, interpretações ou avaliações da informação original, então, mesmo que a cobertura do tema o envolva por um período mais curto do que os dois anos geralmente requeridos, presume-se que o assunto disponha de uma notoriedade perene, duradoura, que provavelmente será confirmada por outras fontes nos anos seguintes.

Dado que a demonstração é feita com base na admissibilidade do tópico como permanente, não é necessário que novas fontes sejam mais tarde acrescidas com vista a proporcionar um suporte adicional ao tema.

Uma vez que a admissibilidade não é temporária, de vez em vez, a reavaliação das evidências de admissibilidade dos artigos existentes podem ser questionadas por qualquer usuário através de uma discussão de eliminação, ou, por outro lado, novas evidências podem surgir sobre artigos antes considerados inadequados. Assim, os artigos podem ser propostos para eliminação ou recriados meses ou anos após terem sido anteriormente analisados.

Recorde-se também que a Wikipédia não é uma bola de cristal, pelo que a previsão de uma substantiva cobertura futura de fontes confiáveis não serve para cumprir este critério de admissibilidade. Assim, a disponibilidade de fontes secundárias e de cobertura aprofundada do tema é o que estabelece a admissibilidade, e não a sua popularidade ou fama.

Porquê estes requisitos?[editar código-fonte]

Os contribuidores aplicam os critérios de admissibilidade a todos os tópicos para determinar se a Wikipédia lusófona deve possuir um artigo independente sobre essa matéria. O objetivo principal destes critérios é o de assegurar que editores criam artigos que atendam às regras elementares relacionadas ao conteúdo desta enciclopédia.

  • Exige-se uma "cobertura significativa" de fontes confiáveis sobre o tópico por forma a que seja possível escrever um artigo completo, em vez de um mínimo eterno com meio parágrafo que fornece tão somente uma definição simples sobre o assunto. Se não for possível escrever um artigo prolífico com base em fontes sobre a tópico tratado, não se justifica portanto, a criação de um artigo separado, e estes devem ser fundidos num artigo ou lista que abrange o assunto num contexto mais amplo.
  • É requerida cobertura significativa de fontes com pelo menos dois anos precisamente para evitar tópicos cujo sucesso é passageiro e cuja notoriedade é momentânea, que seriam baseados num evento pontual, caindo no esquecimento nos meses ou anos seguintes (vide celebridade instantânea).
  • Por forma a evitar especulações fortuitas, perpetuações de hoaxes ou publicações de colecções indiscriminadas de informação, os artigos devem basear-se em fontes confiáveis.
  • Exige-se que todos os artigos se baseiem principalmente em entidades terceiras ou fontes independentes para que os artigos sejam escritos de forma justa e equilibrada, em conformidade com o princípio da imparcialidade e para assegurar que os artigos não servem para anunciar ou promover produtos, serviços ou organizações.
  • Exigem-se fontes secundárias por forma a que o artigo esteja em conformidade com a interdição de trabalhos inéditos, que determina que todos os artigos devem basear-se em fontes secundárias, visto não se tratarem de simples constatações de factos.
  • Exige-se múltiplas fontes de maneira a que seja possível escrever um artigo equilibrado, que cumpra com as normas estabelecidas segundo um ponto de vista neutro, evitando uma redacção que reflicta um ponto de vista do seu autor. Esta é também a razão pela qual várias publicações de uma mesma pessoa ou de uma mesma organização são tratadas como «uma só fonte» no que se refere ao cumprimento do critério de "múltiplas" fontes.[3]
  • Solicita-se aos contribuintes que usem o seu próprio julgamento sobre como organizar tópicos de modo a que não tenham artigos excessivamente longos nem artigos mínimos, impossíveis de serem apropriadamente desenvolvidos. Os editores podem decidir se é ou não adequado — para o leitor — apresentar um tema restrito dentro de outro mais amplo. Assim, os editores geralmente preferem fundir a informação relacionada a traduções de verbetes para um assunto mais abrangente do verbete original, porque na sua opinião, um artigo fundido torna-se mais informativo e equilibrado para os leitores, diminuindo a duplicação de informações na enciclopédia.

Estes requisitos são estabelecidos com base nas principais políticas de conteúdo, que se aplicam a todos os artigos, e não apenas àqueles que se qualificam sob os critérios gerais de admissibilidade. Entretanto, estes não se aplicam a páginas cujo principal objetivo é a navegação dentro da enciclopédia (ou seja, todas as páginas de desambiguação com ligações internas para listas e artigos).

Restrições gerais[editar código-fonte]

Auto-promoção e publicidade[editar código-fonte]

Ver artigo principal: Wikipédia:Conflito de interesse

A Wikipédia não é um meio de divulgação e qualquer desvio contrário ao princípio da imparcialidade está desautorizado. Os diferentes temas de artigos não sugerem todos eles o mesmo «potencial promocional», dando-se manifestamente maior importância a tópicos sobre um rapper ou uma PME recém criada do que propriamente ao cume da cordilheira do Jura ou um quadro do Renascimento. Assim sendo, as fontes utilizadas para justificar a admissibilidade de tópicos potencialmente promocionais devem ser incontestavelmente neutras: até mesmo a referência a uma fonte aparentemente fiável nem sempre constitui boa evidência da qualidade enciclopédica, se tal fonte acaba por não se mostrar neutra frente ao assunto tratado, convidando à promoção. A auto-promoção — um conteúdo "mercenário", uma auto-biografia ou a divulgação de um produto — não constituem um artigo enciclopédico.

O barómetro para a verdadeira admissibilidade reside no facto de que pessoas independentes do próprio assunto (ou do seu fabricante, do seu criador, do seu autor, do seu inventor ou do seu distribuidor) julgaram o assunto como sendo realmente notável ao ponto de escreverem sobre ele e de publicarem trabalhos sobre o tema, sendo eles mesmos relevantes (a isto se designa de "fontes secundárias"), e sem incitação, promoção ou qualquer outra influência de pessoas que estariam de algum modo ligadas ao assunto.

Fontes neutras são também necessárias para garantir que um artigo neutro possa ser escrito; vide Wikipédia:Autobiografia e Wikipédia:Conflito de interesse para esclarecimento de questões sobre a neutralidade de fontes publicadas. Mesmo fontes publicadas não promocionais, como manuais técnicos de acompanhamento dos produtos, não são ainda assim evidência da qualidade do que é admissível, visto que não determinam a atenção recebida por terceiros por meio de fontes secundárias.

Aviso

De acordo com os termos de uso da Wikipédia, se você é remunerado para escrever artigos (como um provedor, como parte das suas funções ou a pedido do seu empregador/tutor), você deve divulgar para quais contribuições você é remunerado. Deve adicionar a sua afiliação no sumário de edição, na página de usuário ou na página de discussão, a fim de proporcionar total transparência sobre a sua actividade e ponto de vista.

Acontecimentos[editar código-fonte]

A Wikipédia não é uma fonte de notícias: é necessário mais do que simples relatórios rotineiros sobre um único evento ou um determinado assunto para que se constitua "cobertura significativa". Por exemplo, a cobertura de rotina tais como comunicados de imprensa, anúncios públicos, cobertura de acontecimentos desportivos, ou notícias que procura o sensasionalismo por todos os meios, não constitui "cobertura significativa". Noticias dos meios de comunicação de rotina pode não ser indicador de cobertura significativa que demonstre pertinência enciclopédica. O projeto da Wikimedia, Wikinotícias, já abrange temas de cobertura noticiosa da atualidade. Em alguns casos, a admissibilidade de uma questão controversa (como um livro, por exemplo) pode vir tanto do facto de que o objeto da controvérsia que é notável, que por ser controverso se torna notável, ou porque a própria controvérsia é admissível, e portanto, é adequado considerar o tema como realmente notável.

Listas independentes[editar código-fonte]

Os critérios de admissibilidade aplicam-se a listas e tabelas independentes. A admissibilidade das listas — aquelas que se intitulam de "Lista de X" ou simplesmente "X" — estabelece-se sobre o grupo, sobre o todo: o tema de uma lista é considerado notável se tiver sido discutido como um todo, um grupo, por fontes fiáveis e independentes, tal como definidos pelos critérios gerais acima; os temas de listas notáveis são tema admissível para a criação de uma lista independente. O conjunto da lista não precisa estar documentado em fontes para que se demonstre a sua aceitabilidade, mas apenas que todos os elementos da lista em geral assim o sejam: a partir do momento em que o grupo ou o conjunto é notáveis, cada elemento na lista não precisa ser notável individualmente, embora o editores devam, a seu critério, optar por limitar longas listas, incluindo apenas os elementos notáveis ou simplesmente aqueles sobre os quais existem artigos na Wikipédia.

Não existe atualmente consenso sobre a forma de avaliação de admissibilidade de listas mais complexas e cruzamento de categorização de listas (como "Listas de X de Y) ou que outros critérios devem justificar a admissibilidade de listas independentes, embora as categorizações cruzadas não enciclopédicas sejam parte do que a Wikipédia não é. De qualquer das formas, os colaboradores são incentivados a justificar a admissibilidade das listas no próprio agrupamento da matéria, antes mesmo de criar uma lista independente.

Artigos que não cumprem os critérios de admissibilidade[editar código-fonte]

Tópicos que não cumprem estes critérios presume-se então que não se justifique a criação de um artigo independente. Os artigos desta natureza são, por norma, suprimidos — muito embora existam alternativas à eliminação.

Para artigos cuja admissibilidade é duvidosa, a remoção deve ser efectuada em último recurso.

Se um artigo não cita fontes suficientes que demonstrem a admissibilidade do tópico tratado, você mesmo deve procurar por referências, ou:

  • consultar o criador do artigo ou mesmo um usuário experiente sobre conselhos de onde pode encontrar fontes;
  • acrescente no artigo a tag de {{notoriedade}} por forma a alertar outros colaboradores;
  • se o artigo é sobre um campo especializado, utilize uma tag {{revisão}} com o Wikiprojeto específico para atrair a atenção de editores interessados sobre a matéria, e que podem ter acesso a fontes confiáveis indisponíveis online.

Se não for possível encontrar fontes apropriadas ao artigo após a procura destas, considere a fusão do conteúdo com artigos que ofereçam um contexto mais amplo.[nt 7] Caso contrário, segue-se a exclusão:

  • se o artigo se enquadra nos nossos critérios de eliminação rápida, pode ser utilizada a tag específica desse critério de eliminação exposto na referida página.
  • utilize {{ESR}} em páginas que não cumprem os critérios de eliminação rápida, mas que são fortes candidatos à eliminação incontroversa. Isto permte que o artigo seja eliminado após quatro dias, se ninguém objetar. Para mais informações, consulte Wikipédia:Eliminação semirrápida.
  • Para casos em que não existe certeza sobre a correta eliminação, pressupondo que outros editores possam discordar, ou quando outro usuário impugnou a anterior proposta de eliminação, deve nomear os artigos para eliminação por consenso, onde o mérito será debatido e deliberado num período de sete dias.

Artigos sobre tópicos que claramente não são notáveis, a eliminação é geralmente o caminho mais adequado, muito embora outras opções possam ajudar a comunidade a preservar qualquer conteúdo que seja útil.

Notas

  1. A escolha do termo "notoriedade" em vez de "notabilidade", foi tema de longos debates; enquanto alguns consideram o termo "notabilidade" como o mais adequado para se referir ao facto de ser "digno de nota", o longo uso do sentido da palavra "notoriedade" tornou-se comum, recebendo preferência pela comunidade. Contudo, este fora substituído no presente artigo por "admissibilidade" que se versa pelo cumprimento das políticas como o requisito independente da condição de admissibilidade: em última análise, este é efectivamente um termo que abrange um conceito técnico definido no presente artigo.
  2. A admissibilidade de determinado tema de um artigo pode, portanto, ser demonstrada mediante o cumprimento dos critérios gerais de admissibilidade, assim como pelo cumprimentos dos critérios específicos sobre o respetivo assunto e quando aprovados pela comunidade, uma vez que também estes cumprem o geral.
  3. Geralmente as fontes de envergadura nacional ou internacional constituem garantia de fiabilidade, que evita a inclusão de temas cuja popularidade seria simplesmente local ou restrita a um grupo específico de pessoas. Uma fonte é considerada como sendo de "importância nacional" quando é beneficiada por um público geral ao longo de todo o país, independentemente de qual país se trate. Um tópico é considerado como sendo de "envergadura internacional" quando beneficiado por um público significativo para além dos cidadãos do seu país de origem.
  4. No entanto, fontes terciárias com determinadas enciclopédias de renome, como é exemplo a Encyclopædia Britannica, Encyclopædia Universalis, Brockhaus Enzyklopädie, firmam-se pela criação dos seus artigos a partir de fontes secundárias fiáveis colectadas ao longo do tempo. Pela sua própria natureza, o assunto que lida com um artigo independente, pode ser presumido como admissível para a Wikipédia.
  5. O trabalho produzido pelo sujeito, ou outros trabalhos fortemente dependentes de si mesmos, são pouco prováveis de que constituam uma forte evidência de notoriedade.
  6. Este período de dois anos pode parecer arbitrário. Na realidade, o objetivo é garantir que a notoriedade do tópico é permanente, expurgando inclusive tópicos cuja notoriedade estaria relacionada a um único evento, ou circunstâncias temporárias; dado que nestes casos o "ruído dos meios de comunicação" geralmente diminui com o passar do tempo. O limite de dois anos, portanto, tem a vantagem de submeter à apreciação referências simples e claras.
  7. Por exemplo, artigos sobre personagens secundárias de uma obra de ficção podem ser mescladas numa "lista de personagens secundárias em...", artigos escolas podem ser mesclados em artigos sobre as respetivas cidades ou regiões em que as escolas estão localizadas; artigos relacionados com pessoas famosas podem ser incorporados ao próprio artigo sobre a pessoa; artigos sobre pessoas que apenas são por estarem associadas a um determinado grupo ou evento podem ser incorporados ao artigo principal sobre o grupo ou evento.

Referências

  1. Frases inseridas em 18 de fevereiro de 2013 e baseadas nas frases inseridas em 9 de março de 2008. Tais frases haviam sofrido anteriormente pequenas alterações. Os sublinhados foram acrescentados no dia 18 de fevereiro.
  2. Seção inserida em 19 de maio de 2013 de acordo com Wikipédia:Esplanada/propostas/Expandindo a página WP:CDN (14out2012)#Detalhar CDN geral.
  3. a b Seção inserida em 19 de maio de 2013 de acordo com Wikipédia:Esplanada/propostas/Expandindo a página WP:CDN (14out2012)#Detalhar CDN geral. Link para WP:1F inserido em 9 de setembro de 2013.