Wikipédia:Há uma data final

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A perdida Biblioteca de Alexandria, uma das muitas bibliotecas destruídas na antiguidade, perdida muito antes da Wikisource ter uma chance de salvar seus conteúdos.

Praticamente todo dia, várias formas de conhecimento são perdidas para sempre e ficam sem cópias disponíveis. Quando um desastre natural atinge uma região ou uma guerra acontece, livrarias, arquivos, museus, monumentos e outros artefatos, construções valiosas, incunábulos e objetos únicos são destruídos. Esses eventos geralmente apagam parte do possível conhecimento humano ou até mesmo culturas inteiras.

Exemplos históricos de perdas de conhecimento[editar código-fonte]

Existem vários exemplos de perda permanente de cultura antes da existência da Wikipédia. A seguir está uma lista não exaustiva:[1]

Antes do século 20[editar código-fonte]

Século 20[editar código-fonte]

Exemplos modernos[editar código-fonte]

Infelizmente, a destruição de conhecimento não parou com a criação da Wikipédia em 2001. Aqui estão alguns exemplos:

Anos 2000[editar código-fonte]

Dano na Duchess Anna Amalia Library após o incêndio.

Década de 2010[editar código-fonte]

Década de 2020[editar código-fonte]

  • Em janeiro de 2020, um incêndio danificou ou destruiu grande parte do Museu dos Chineses na América em Nova Iorque. 35,000 dos 85,000 itens haviam sido digitalizados e salvos antes do incêndio.[43]
  • Em abril de 2021, a Biblioteca de Antiguidades Africanas em Cape Town foi danificada num incêndio florestal.[44]
  • Em 29 de julho de 2021, a Cinemateca Brasileira foi atingida por um incêndio,[45] o quinto de sua história.[46]

Ameaças futuras[editar código-fonte]

A atual cobertura da Wikimedia Commons é desequilibrada (5,2M de imagens geo localizadas no mapa). Nós devemos preservar o mundo atual para as futuras gerações. Imagine um projeto como o Geograph Britain and Ireland[47] mas de forma global.

Hoje, muitas das linguagens estão ameaçadas[48] ou quase extintas pois "apenas alguns falantes idosos ainda vivem".[49] O Projeto Roseta é uma colaboração global entre linguistas e falantes nativos trabalhando para construir uma biblioteca digital e acessiva de materiais com cerca de 7,000 idiomas humanos conhecidos.[50]

Além de tudo, centenas de websites são fechados a cada dia na Internet; o tempo médio de vida de um website é de apenas 77 dias.[51] Esses websites trabalham em muitos casos como referências. Projetos como o Internet Archive ou o WebCitation e grupos de voluntários como o Archive Team[52] salvam cópias de alguns deles, mas muitos outros são perdidos para sempre. Esse problema também afeta projetos da Wikipédia, e mirrors são necessários para garantir a preservação dos dados no longo termo.

Wikipédia e seus projetos irmãos podem-e devem-salvar todas essas formas de conhecimento, através da criação de artigos, envio de imagens e gravações para a Wikimedia Commons, preservar idiomas no Wiktionary e transcrever livros no Wikisource. Eventos como Wiki Loves Monuments podem ajudar a imortalizar monumentos ao redor do mundo antes que eles sejam danificados ou destruídos.[53]

uma data final. Esta é uma batalha contra o tempo.

Galeria[editar código-fonte]

Ver também[editar código-fonte]

El Vaporcito, um navio famoso de Andalusia e Property of Cultural Interest na Espanha, naufragado em 2011.
A small white ferry carrying passengers in the mouth of the Guadalete river
em 2007...
The same ferry, as a dilapidated shell, sitting on a boatramp
...e 2017.
Artigos
Documentários
  • Biblioteca en guerra (2009, Blanca Calvo & Ramón Salaberria)
  • Cicatrices de Sarajevo (2012, Miguel Ángel Viñas)
  • Digital Amnesia (2014, Bregtje van der Haak)
  • Digital dark age: help, we're disappearing! (2004, Jörg Daniel Hissen & Peter Moers)
  • Internet Archive (2012, Jonathan Minard)
  • Las cajas españolas (2004, Alberto Porlan)
  • Lost Forever (2011, Paul Mariano & Kurt Norton)
  • Metrópolis refundada (2010, Evangelina Loguercio)
  • Rescatando sombras. Cine, muerte y memoria (2012, Franco Lorenzana)
  • The Destruction of Memory (2016, Tim Slade)
  • The End of Memory? (2015, Vincent Amouroux)
  • The House of History (1996, Quadir Taheri)
Ensaios
Projetos

Referências

  1. a b Lost Memory — Libraries and Archived Destroyed in the Twentieth Century (Arquivado 2012-08-12 na WebCite)
  2. Grima, Noel (23 de maio de 2015). «Notarial Archives discovery: Documents from Gozo dating to 1431 saved from the bin». The Malta Independent. Cópia arquivada em 11 de agosto de 2015 
  3. Notes on the history of Birmingham Public Libraries (1861-1961), Birmingham, 1962 
  4. (em castelhano) El martirio de los libros: una aproximación a la destrucción bibliográfica durante la Guerra Civil (Arquivado 2011-09-27 na WebCite)
  5. US Census Bureau, Census History Staff. «Availability of 1890 Census - History - U.S. Census Bureau». www.census.gov (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2017 
  6. "$45,000 Fire Drives Families From Homes in Little Ferry", Bergen Evening Record, July 9, 1937, p. 1. Quoted by Richard Koszarski in Fort Lee: The Film Town, Indiana University Press, 2005, pp. 339–341. ISBN 978-0-86196-652-3.
  7. «Library Reports on America's Endangered Silent-Film Heritage». News from the Library of Congress (Nota de imprensa). Library of Congress. 4 de dezembro de 2013. ISSN 0731-3527. Consultado em 7 de março de 2014 
  8. It Has Been Done Before! Reconstituting War-Ravaged Libraries (Arquivado 2011-09-27 na WebCite)
  9. Consequências da revolta de Varsóvia (en), Destruição planejada de Varsóvia (en) e Cultura polaca durante a Segunda Guerra Mundial (en)
  10. Carlos Aguirre: El incêndio de la Biblioteca Nacional del Perú de 1943 no YouTube
  11. Tibetan monks: A controlled life (Arquivado 2011-09-22 na WebCite)
  12. Erasing the Past: The Destruction of Libraries and Archives in Bosnia-Herzegovina (Arquivado 2011-08-30 na WebCite)
  13. Original moon walk footage erased
  14. Not-Unsolved Mysteries: The “Lost” Apollo 11 Tapes
  15. «Remembering The Jaffna Public Library Destroyed By Sinhalese Extremists». Swarajya. 1 de junho de 2016 
  16. The Central University Library of Bucharest, official site: "the History".
  17. «Photos of the Iraq National Library 2003–08». Consultado em 5 de julho de 2012. Arquivado do original em 27 de abril de 2010 
  18. (em alemão) Hilfe für Anna Amalia (Arquivado 2011-09-22 na WebCite)
  19. Archive Collapse Disaster for Historians - Spiegel Online International (Arquivado 2011-09-22 na WebCite)
  20. Shechmeister, Matthew (11 de março de 2009). «Ghost Pages: A Wired.com Farewell to GeoCities». Wired.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2012 
  21. Haiti Cultural Recovery Project (Índice do arquivo no Wayback Machine)
  22. Breaking: Images of Egyptian Museum Damage -UPDATE 34- King Tut Objects Damaged? (Arquivado 2011-09-22 na WebCite)
  23. Amid army crackdown, Egypt’s richest library set on fire (Arquivado 2011-12-17 na WebCite)
  24. Un incendio durante los disturbios de El Cairo destruye el original de la 'Descripción de Egipto' encargada por Napoleón (Arquivado 2011-12-19 na WebCite)
  25. Timbuktu's Sidi Yahia mosque 'attacked by Mali militants' (Arquivado 2012-07-06 na WebCite)
  26. Islamists vow to smash every mausoleum in Timbuktu (Arquivado 2012-07-06 na WebCite)
  27. Towering inferno engulfs Mumbai’s seat of power (Arquivado 2012-07-06 na WebCite)
  28. Mumbai government building engulfed in fire (Arquivado 2012-07-06 na WebCite)
  29. Damage to the soul: Syria's cultural heritage in conflict (Arquivado 2012-08-12 na WebCite)
  30. Pia Ranada (15 de outubro de 2013). «Heartbreaking: 10 iconic churches in Bohol, Cebu damaged». Rappler. Consultado em 15 de outubro de 2013 
  31. «Un rayo destruye un emblemático santuario en Muxía». El Mundo. 25 de dezembro de 2013. Consultado em 25 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2013 
  32. «Lebanon Loses 78000 Books To Terrorism: Tripoli's "Al Sa'eh" Library Burned». Cópia arquivada em 1 de maio de 2014 
  33. «Ленінопад: від комуністичного вождя звільнено вже 90 міст України». Expres. 24 de fevereiro de 2014. Consultado em 21 de abril de 2015 
  34. «ISIS thugs take a hammer to civilisation: Priceless 3,000-year-old artworks smashed to pieces in minutes as militants destroy Mosul museum». Daily Mail. Consultado em 26 de fevereiro de 2015 
  35. «Nepal landmarks flattened by the quake». Consultado em 25 de abril de 2015 
  36. Vidhi Doshi (26 de abril de 2016). «Fire guts Delhi's natural history museum». The Guardian. Consultado em 26 de abril de 2016 
  37. La Repubblica, Terremoto nel centro Italia, i danni al patrimonio artistico
  38. «Brazil's 200-year-old national museum hit by huge fire». 9 de março de 2018. Consultado em 9 de março de 2018 
  39. «Los meteoritos sobreviven al incendio que ha devastado siglos de historia en Río de Janeiro» 
  40. McCulloch, Gretchen. «Linguistics Division». All Things Linguistic. Consultado em 23 de abril de 2020 
  41. Tiffany, Kaitlyn (18 de março de 2019). «Myspace, which still exists, accidentally deleted 12 years' worth of music». Vox. Consultado em 19 de junho de 2019 
  42. Busby, Mattha (15 de abril de 2019). «Notre Dame Cathedral: spire collapses in huge fire – live news». The Guardian. Consultado em 15 de abril de 2019 
  43. Katz, Brigit. «Fire at Museum of Chinese in America Caused Less Damage Than Initially Feared». Smithsonian Magazine. Consultado em 1 de fevereiro de 2020 
  44. Wroughton, Lesley. «South Africa wildfire that burned University of Cape Town, library of African antiquities is under control». Washington Post. Consultado em 20 de abril de 2021 
  45. «Incêndio atinge unidade da Cinemateca Brasileira na Zona Oeste de SP». 29 de julho de 2021. Consultado em 29 de julho de 2021 
  46. «História da TV e do cinema queima junto com o quinto incêndio da Cinemateca». 29 de julho de 2021. Consultado em 29 de julho de 2021 
  47. The Geograph Britain and Ireland project (Arquivado 2012-07-06 na WebCite)
  48. Endangered Languages Project (Arquivado 2012-07-06 na WebCite)
  49. Endangered languages Ethnologue: Languages of the World. (Arquivado 2012-07-06 na WebCite)
  50. The Rosetta Project items from The Long Now Foundation
  51. Internet Archive Frequently Asked Questions (Arquivado 2011-10-03 na WebCite)
  52. Archive Team website (Arquivado 2011-10-03 na WebCite)
  53. Wiki Loves Monuments 2011 - European website (Arquivado 2011-10-02 na WebCite)

Leitura adicional[editar código-fonte]

Links externos[editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Há uma data final
Wikidata