Alexandre da Grécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Alexandre I da Grécia)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde dezembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alexandre
Rei dos Helenos
Rei da Grécia
Reinado 11 de junho de 1917
a 25 de outubro de 1920
Predecessor Constantino I
Sucessor Constantino I
Esposa Aspasia Manos
Descendência
Alexandra da Grécia e Dinamarca
Casa Schleswig-Holstein-
Sonderburg-Glücksburg
Pai Constantino I da Grécia
Mãe Sofia da Prússia
Nascimento 1 de agosto de 1893
Palácio de Tatoi, Atenas, Grécia
Morte 20 de outubro de 1920 (27 anos)
Palácio de Tatoi, Atenas, Grécia
Enterro 29 de outubro de 1920
Cemitério Real, Palácio de Tatoi, Atenas, Grécia
Religião Igreja Ortodoxa Grega

Alexandre (Atenas, 1 de agosto de 1893Atenas, 20 de outubro de 1920) foi o Rei da Grécia de 1917 até sua morte. Era o segundo filho do rei Constantino I e de Sofia da Prússia.

Segundo filho do rei Constantino I, Alexandre nasceu no Palácio de Tatoi. Ele sucedeu seu pai em 1917 durante a Primeira Guerra Mundial, logo depois da Tríplice Entente e os seguidores de Elefthérios Venizélos terem forçado Constantino e seu filho mais velho Jorge, Príncipe Herdeiro, para o exílio. Sem nenhuma real experiência política, o novo rei perdeu seus poderes e foi efetivamente aprisionado em seu próprio palácio. Como primeiro-ministro, Venizélos era o verdadeiro governante com o apoio da Entente. Alexandre apoiou as tropas gregas contra a Bulgária e o Império Otomano, mesmo sendo um rei marionete. A extensão territorial da Grécia cresceu consideravelmente em seu reinado após a vitória da Entente e o início da Guerra Greco-Turca de 1919-22.

Alexandre casou-se em 1919 com a comum Aspasia Manos, provocando controvérsias e um grande escândalo que forçou o casal a deixar a Grécia por vários meses. Ele foi mordido por um macaco-de-gibraltar e morreu de sepse pouco depois de voltar ao país com a esposa. A morte súbida do soberano levou a questões sobre a sobrevivência da monarquia e contribuiu para a queda do regime de Venizélos. Constantino foi restaurado após uma eleição geral e um referendo.


Alexandre da Grécia
Casa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Ramo da Casa de Oldemburgo
1 de agosto de 1893 – 25 de outubro de 1920
Precedido por
Constantino I
Royal Coat of Arms of Greece (1863-1936).svg
Rei da Grécia
11 de junho de 1917 – 25 de outubro de 1920
Sucedido por
Constantino I
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.