Barrancos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barrancos
Brasão de Barrancos Bandeira de Barrancos
Brasão Bandeira
Barrancos Eglise.JPG
Localização de Barrancos
Gentílico Barranquense, Barranquenho
Área 168,42 km2
População 1 834 hab. (2011)
Densidade populacional 10,89 hab./km2
N.º de freguesias 1
Presidente da
Câmara Municipal
António Tereno (CDU)
Fundação do município 1295
Região (NUTS II) Alentejo
Sub-região (NUTS III) Baixo Alentejo
Distrito Beja
Antiga província Baixo Alentejo
Orago Nossa Senhora da Conceição
Feriado municipal 28 de Agosto (Festa da Nª Sra da Conceição)
Código postal 7230 - 030 BARRANCOS
Site oficial CM Barrancos
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg
— Freguesia —
Brasão de {{{freguesia}}} Bandeira de {{{freguesia}}}
Brasão Bandeira
Freguesias de Portugal Flag of Portugal.svg

Barrancos é uma vila portuguesa raiana no distrito de Beja, região Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com cerca de 1 800 habitantes (2011).

Enquadramento do concelho e freguesia de Barrancos.

Com 1 834 habitantes (2011),[1] [2] o município de que é sede é o de menor população do Continente e o terceiro menos povoado de Portugal,[3] [4] tendo uma área de 168,42 km².[5] O município é limitado a norte e a leste pelos municípios espanhóis de Oliva de la Frontera e Valencia del Mombuey (província de Badajoz) e de Encinasola (província de Huelva), a sul e oeste pelo município de Moura e a noroeste pelo município de Mourão.

Barrancos é um dos seis municípios de Portugal constituídos por uma única freguesia. Dista 110 km da sede do distrito de Beja e o mesmo da cidade de Évora.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População do concelho de Barrancos (1801 – 2011)
1801 1849 1900 1930 1960 1981 1991 2001 2011
2 094 2 042 2 659 3 210 3 429 2 157 2 052 1 924 1 834

Cultura[editar | editar código-fonte]

Possui grandes ligações culturais com Espanha, uma vez que a povoação de Encinasola dista de Barrancos apenas 9 km, ao passo que a localidade portuguesa mais próxima (Santo Aleixo da Restauração), se situa a 21 km. As manifestações mais visíveis deste parentesco cultural são o dialecto aí falado (e actualmente leccionado na escola local), o barranquenho, e na sobrevivência da tourada com touros de morte, até aos nossos dias, cuja excepção foi consagrada na lei em 2002.

O facto de confinar com a fronteira espanhola levou ainda ao desenvolvimento, até finais da década de 1970, de uma intensa actividade de contrabando na vila.

Mantêm-se ainda curiosas tradições de raiz comunitária, tais como:

A vila de Barrancos é o único local de Portugal em que é legal matar o toiro na arena aquando das corridas de toiros, pois o parlamento português aprovou, em 2002, um regime de exceção para Barrancos, que legalizou esta tradição..

História e património[editar | editar código-fonte]

O território onde actualmente se situa a vila de Barrancos foi conquistado aos Mouros em 1167, por Gonçalo Mendes da Maia, o Lidador, e o repovoamento da área foi ordenado por D. Sancho I em 1200. A sede de concelho situava-se então na vila de Noudar, que só seria definitivamente incorporada no Reino de Portugal em 1295, ano em que lhe foi concedido foral por D. Dinis. A vila de Noudar foi extinta em 1825, iniciando-se então um lento processo de despovoamento, o que implicaria a transição da sede municipal para Barrancos.

Relativamente ao património edificado, destacam-se as ruínas do Castelo de Noudar e dos edifícios da antiga vila homónima.

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Na gastronomia local, destaca-se o presunto de Barrancos, que constitui uma denominação de origem protegida, de acordo com as normas da União Europeia.[6] [7]

Espaços públicos e museus[editar | editar código-fonte]

Geminações[editar | editar código-fonte]

O concelho de Barrancos é geminado com as seguintes cidades:[8]

Referências

  1. INE. Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Alentejo. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística, 2012. p. 99. ISBN 978-989-25-0182-6. ISSN 0872-6493. Visitado em 27/07/2013.
  2. INE (2012). Quadros de apuramento por freguesia (XLSX-ZIP) Censos 2011 (resultados definitivos) Instituto Nacional de Estatística. Visitado em 27/07/2013. "Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_ALENTEJO""
  3. Um terço dos municípios têm menos de 10 mil habitantes Semanário Sol.
  4. Conclusões a que se chega analisando os resultados dos Censos: INE (2013). Censos 2011 - População residente por freguesia, CAOP 2013 (CSV) Instituto Nacional de Estatística. Visitado em 14/05/2014. "Dados populacionais de 2011, recalculados para os limites administrativos da Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013."
  5. Instituto Geográfico Português (2013). Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013 (XLS-ZIP) Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013 Direção-Geral do Território. Visitado em 28/11/2013.
  6. [1] Ec.europa.eu.
  7. [2] Ec.europa.eu.
  8. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M7230


Concelhos do Distrito de Beja Mapa do distrito de Beja
Aljustrel
Almodôvar
Alvito
Barrancos
Beja
Castro Verde
Cuba
Ferreira do Alentejo
Mértola
Moura
Odemira
Ourique
Serpa
]Vidigueira
Aljustrel
Almodôvar
Alvito
Barrancos
Beja
Castro Verde
Cuba
Ferreira do Alentejo
Mértola
Moura
Odemira
Ourique
Serpa
Vidigueira
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barrancos