Moura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Moura
Brasão de Moura Bandeira de Moura
Brasão Bandeira
Localização de Moura
Gentílico Mourense, Caleiro (popular)
Área 957,73 km²
População 15 167 hab. (2011[1] )
Densidade populacional 15,84 hab./km²
N.º de freguesias 8
Presidente da
Câmara Municipal
Santiago Macias (CDU)
Fundação do município
(ou foral)
1295
Região (NUTS II) Alentejo
Sub-região (NUTS III) Baixo Alentejo
Distrito Beja
Antiga província Baixo Alentejo
Orago Nossa Senhora do Carmo
Feriado municipal 24 de Junho
Código postal 7860 Moura
Sítio oficial CM Moura
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Moura é uma cidade raiana portuguesa pertencente ao Distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com cerca de 8 419 habitantes.[2]

É sede de um município com 957,73 km² de área e 15 167 habitantes (2011)[1] , subdividido em 8 freguesias. O município é limitado a nordeste pelo município de Mourão, a leste por Barrancos, a leste e sul pela Espanha, a sudoeste por Serpa, a oeste pela Vidigueira e a noroeste por Portel e por Reguengos de Monsaraz.

Freguesias[editar | editar código-fonte]

As freguesias do concelho de Moura são as seguintes:

História[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Maio de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Regimento de cavalaria de Moura, em 1783.

Durante a ocupação romana da Península Ibérica, chamar-se-ia Arucci ou Nova Civitas Aruccitana. As invasões muçulmanas renomearam-na para Al-Manijah. A designação actual de Moura surge ligada à Lenda da Moura Salúquia. Foi conquistada pela primeira vez em 1166 pelos irmãos D. Pedro e D. Álvaro Rodrigues e perdida quase de seguida. Foi, ainda em 1166, conquistada por Geraldo O Sem-Pavor, tendo depois disso e até ao reinado de D. Dinis, sido perdida e reconquistada mais quatro vezes. Só foi definitivamente conquistada em 1295 no reinado de D. Dinis.

Recebeu foral de D. Dinis em 1295. D. Manuel I concedeu-lhe foral novo em 1512. Em 1554 recebeu o título de Notável Vila de Moura, das mãos de João III de Portugal.

A proximidade da fronteira espanhola fez com que nas suas cercanias se edificassem postos de vigia ou atalaias, colocados em pontos elevados estratégicos, constituídos por construções troncopiramidais de altura razoável e de difícil acesso, que foram postos à prova durante a Guerra da Restauração e a Guerra da Sucessão.

Em 1707, o duque de Ossuna cercou Moura e só em 1709 é que se viu definitivamente livre do ocupante espanhol que antes de se retirar destruiu as fortificações.

Moura foi elevada a cidade por lei de 1 de Fevereiro de 1988.

Foi em Moura que viveu Tiago Moura de Portugal, uma personagem importantíssima na história da cidade visto que liderou o exército que expulsou definitivamente os espanhóis aquando da sua ocupação.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População do concelho de Moura (1801 – 2011)
1801 1849 1900 1930 1960 1981 1991 2001 2011
10 283 13 130 17 417 23 753 29 106 19 772 17 549 16 590 15 167

Figuras Ilustres[editar | editar código-fonte]

Destacam-se:

Património[editar | editar código-fonte]

Principal património edificado do concelho:

Igreja Paroquial de Safara

Ver também[editar | editar código-fonte]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Locais de interesse diversos:

Referências

  1. a b [1] Censos 2011
  2. Censos 2011 INE. Página visitada em 7 de fevereiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Concelhos do Distrito de Beja Mapa do distrito de Beja
Aljustrel
Almodôvar
Alvito
Barrancos
Beja
Castro Verde
Cuba
Ferreira do Alentejo
Mértola
Moura
Odemira
Ourique
Serpa
]Vidigueira
Aljustrel
Almodôvar
Alvito
Barrancos
Beja
Castro Verde
Cuba
Ferreira do Alentejo
Mértola
Moura
Odemira
Ourique
Serpa
Vidigueira
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Moura