Dinastia capetiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dinastia Capetiana)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Antigo Regime
Estrutura
Estados do reino
Parlements
Taille
Gabelle
Sistema feudal
História
Dinastia Capetiana
Dinastia Valois
Dinastia Bourbon
Estados Gerais
Brasão de armas da dinastia capetiana.

A dinastia capetiana, também chamada capetíngia, foi a família real que governou a França durante mais de trezentos anos. O nome vem da alcunha do fundador, Hugo, duque dos francos. A origem da alcunha Capeto é incerta, mas é provável que seja uma alusão à capa que usava por ser abade secular em St. Martin de Tours. Como se tratava do mais importante vassalo do rei Luís V de França, Hugo conseguiu fazer-se eleger rei quando da morte de Luís, em 987. Hugo Capeto era também primo de Luís V e descendente da dinastia carolíngia - então reinante -, como neto do rei Roberto I de França.

A posição de Hugo Capeto não era muito forte. Governava directamente uma grande parte da França, com a capital em Paris, mas muitos dos seus vassalos, tais como os duques da Normandia, Borgonha e Aquitânia, eram quase tão poderosos quanto ele. Contudo, nenhum dos vassalos, isolado, dispunha da força suficiente para o derrubar nem para se aliarem uns aos outros.

Brasão de armas da Casa Real dos Capeto.

Depois de se ter feito eleger, Hugo Capeto assegurou-se da sucessão fazendo coroar o filho antes de morrer, prática que durou dois séculos e contribuiu para estabilidade da França.

Lista de reis da dinastia dos Capetos:

Ver também[editar | editar código-fonte]