Joel e Ethan Coen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joel e Ethan Coen
Ethan e Joel no Festival de Cannes em 2001
Nome completo Joel David Coen
Ethan Jesse Coen
Outros nomes Roderick Jaynes
Nascimento 29 de novembro de 1954 (59 anos) (Joel)
21 de setembro de 1957 (56 anos) (Ethan)
St. Louis Park, Minnesota,
 Estados Unidos
Ocupação Diretores
Produtores
Roteiristas
Editores
Cônjuge Frances McDormand (Joel)
Tricia Cooke (Ethan)
Oscares da Academia
Melhor Diretor
2008 - No Country for Old Men
Melhor Filme
2008 - No Country for Old Men
Melhor Roteiro Adaptado
2008 - No Country for Old Men
Melhor Roteiro Original
1997 - Fargo
Prêmios Globo de Ouro
Melhor Roteiro Original
2008 - No Country for Old Men
Festival de Cannes
Palma de Ouro
1992 - Barton Fink
Grand Prix
2013 - Inside Llewyn Davis
Melhor Diretor
1992 - Barton Fink
1997 - Fargo
2002 - The Man Who Wasn't There
BAFTA
Melhor Diretor
1997 - Fargo
2008 - No Country for Old Men

Joel David Coen (29 de novembro de 1954) e Ethan Jesse Coen (21 de setembro de 1957), conhecidos profissionalmente por Irmãos Coen, são cineastas estadunidenses. Eles escrevem, produzem, editam e dirigem seus próprios filmes conjuntamente. Eles frequentemente alternam os créditos para seus roteiros enquanto compartilham crédito para edição com o pseudônimo Roderick Jaynes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Joel e Ethan cresceram em St.Louis Park, Minnesota, um subúrbio de Minneapolis.[1] Seus pais, Edward e Rena Coen, ambos judeus, foram professores. O pai, um economista na Universidade de Minnesota e a mãe, uma historiadora da arte na St.Cloud State University.

Quando eram garotos, Joel economizou dinheiro suficiente cortando gramas para assim comprar uma câmera Vivitar Super-8, e juntos eles refizeram filmes que viam na televisão com um garoto vizinho, Mark Zimering (apelidado de Zeimers), como a estrela. Por exemplo, "The Naked Prey", (em português, "A prova do leão", filme de 1966 dirigido por Cornel Wilde) trazia Zeimers no Zâmbia, que também tinha Ethan como um nativo com uma lança.

Os irmãos se graduaram em St.Louis Park (MN)em 1973 e 1976.Ambos também se graduaram em Simon's Rock College of Bard (agora Bard College da Simon's Rock) em Great Barrington, Massachusetts.[1] Joel então gastou quatro anos no programa universitário da Universidade de Nova York onde realizou um filme-tese de 30 minutos chamado Soundings. O filme mostrava uma mulher fazendo sexo com seu namorado surdo enquanto verbalmente fantasiava ter sexo com o melhor amigo de seu namorado, que a ouvia na sala ao lado. Ethan foi para Universidade de Princeton e conseguiu uma graduação em filosofia em 1979.[1] Sua tese foi um ensaio de 41 páginas intitulado "Two Views of Wittgenstein's Later Philosophy" (Duas visões da Filosofia Tardia de Wittgenstein).

Depois de se formar em Nova Iorque, Joel trabalhou como assistente de produção em algumas produtoras de filmes e vídeos musicais. Ele desenvolveu um gosto particular pela edição de filmes e encontrou Sam Raimi, que estava procurando um assistente de diretor para seu primeiro filme, The Evil Dead (1981).

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Joel é casado com a atriz Frances McDormand desde 1984. Eles adotaram um filho do Paraguai, de nome Pedro McDormand Coen (Frances e todos seus irmãos são adotados). McDormand estrelou em 6 dos filmes dos irmãos Coen.

Ethan é casado com a editora de filmes Tricia Cooke.

Ambos os casais vivem em Nova Iorque.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Os anos 80[editar | editar código-fonte]

Após se graduar em NYU, Joel trabalhou como assistende de produção. Assim, desenvolveu um talento para edição de filmes e conheceu Sam Raimi que estava procurando por um assistente-editor para seu primeiro característico filme The Evil Dead (1981).

Em 1984, os irmãos escreveram e dirigiram Blood Simple no primeiro filme que fizeram juntos.Gravado no Texas, o filme fala do conto de um safado, desprezível que contrata um detetive particular para matar sua esposa e o amante dela. Dentro deste filme estão elementos consideráveis que apontam para a futura direção.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Todos os filmes dos irmãos Coen em estatística (resultados de bilheteira, avaliação IMDb, críticas positivas no Rotten Tomatoes)

Prêmios e nomeações[editar | editar código-fonte]

  • Ganhou o Oscar de Melhor Diretor, Melhor filme e melhor roteiro adaptado por por "No Country for Old Men" (2007)
  • Recebeu uma nomeação ao Oscar, na categoria de Melhor Realizador/Diretor, por "Fargo" (1996).
  • Ganhou o Oscar de Melhor Argumento/Roteiro Original, por "Fargo" (1996).
  • Recebeu uma nomeação ao Oscar, na categoria de Melhor Argumento/Roteiro Adaptado, por "O Brother, Where Art Thou?" (2000).
  • Recebeu uma nomeação ao Oscar, na categoria de Melhor Edição, por "Fargo" (1996).
  • Recebeu uma nomeação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Realizador/Diretor, por "Fargo" (1996).
  • Recebeu uma nomeação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Argumento/Roteiro, por "Fargo" (1996).
  • Ganhou a Palma de Ouro, no Festival de Cannes, por "Barton Fink" (1991).
  • Ganhou três vezes o prémio de Melhor Realizador/Diretor no Festival de Cannes, por "Barton Fink" (1991), "Fargo" (1996) e "The Man Who Wasn't There" (2001).
  • Ganhou o BAFTA de Melhor Realizador/Diretor, por "Fargo" (1996).
  • Recebeu duas nomeações ao BAFTA, na categoria de Melhor Argumento/Roteiro, por Fargo (1996) e "O Brother, Where Art Thou?" (2000).
  • Recebeu uma nomeação ao BAFTA, na categoria de Melhor Edição, por "Fargo" (1996).
  • Recebeu uma nomeação ao BAFTA, na categoria de Melhor Filme, por "Fargo" (1996).
  • Ganhou o Prémio Bodil de Melhor Filme Americano, por "Fargo" (1996).
  • Recebeu uma nomeação ao César, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, por "Fargo" (1996).
  • Ganhou duas vezes o prémio de Melhor Realizador, no Independent Spirit Awards, por "Blood simple" (1984) e "Fargo" (1996).
  • Recebeu duas nomeações ao prêmio de Melhor Argumento/Roteiro, no Independent Spirit Awards, por "Blood simple" (1984) e "Fargo" (1996). Ganhou em 1996.
  • Ganhou o Grande Prémio do Júri, no Sundance Film Festival, por "Blood Simple" (1984).

Referências

  1. a b c Coen brothers prove two heads are better than one. Agence France-Presse (2008-02-24). Página visitada em 2008-10-05.
  2. Ian Nathan. (janeiro 2008). "The Complete Coens": 173. Empire.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.