Netscape Navigator

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Netscape Navigator
Logótipo
Desenvolvedor Netscape
Lançamento 15 de dezembro de 1994
Versão estável 9.0.0.6 (20 de fevereiro de 2008; há 348 semanas)
Idioma(s) Inglês
Sistema operacional Multiplataforma
Gênero(s) Navegador web
Licença Freeware
Estado do desenvolvimento Descontinuado
Tamanho 5,8 MB
Página oficial Site oficial

Netscape Navigator foi um navegador web proprietário muito popular na década de 1990. Foi o principal produto da Netscape Communications Corporation e o navegador dominava em termos de quota de utilização, embora o seu uso até 2002 tinha praticamente desaparecido. Isto foi principalmente devido ao aumento dos usuários do software Internet Explorer da Microsoft, e em parte porque a Netscape Corporation (posteriormente comprada pela AOL) não manteve a inovação técnica Netscape Navigator, após a década de 1990.[1]

O fim dos negócios da Netscape foi um dos motivos pelos quais a Microsoft foi condenada no famoso caso antitruste envolvendo a empresa e o Departamento de Justiça do governo do Estados Unidos (United States v. Microsoft). A Justiça americana considerou a prática de agregação do Internet Explorer ao sistema operacional Windows uma prática monopolista e ilegal. No entanto, a decisão veio muito tarde para a Netscape.

O browser Netscape Navigator foi sucedido pelo Netscape Communicator. O código-fonte do Netscape Communicator 4.x foi a base para o Mozilla Application Suite, que mais tarde foi renomeado para SeaMonkey. O Mozilla Suite também serviu como base para um subproduto navegador apenas chamado Mozilla Firefox e as versões do Netscape de 6 a 9.

A AOL oficialmente interrompeu o desenvolvimento do Netscape Navigator em 28 de dezembro de 2007, mas continuou dando suporte ao navegador com atualizações de segurança até 1 de março de 2008, quando a AOL cancelou o suporte técnico. A AOL permite fazer download de versões arquivadas da família de browsers Netscape Navigator. Além disso, mantém o site AOL Netscape como um portal da Internet.[2]

Versões[editar | editar código-fonte]

Versões clássicas[editar | editar código-fonte]

Netscape Navigator (versões 0.9 a 4.08)[editar | editar código-fonte]

Netscape Navigator foi o navegador web da Netscape das versões 1.0 - 4.8. As primeiras versões beta foram lançadas em 1994 e foram chamadas de Mosaic e mais tarde de Netscape Mosaic.

O navegador era o mais avançado disponível e, portanto, foi um sucesso imediato, tornando-se líder de mercado ainda em versão beta. A Netscape continuou a crescer rapidamente depois que a versão 1.0 foi lançada. Na versão 2 foi adicionado um cliente de e-mail chamado Netscape Mail, transformando Netscape de um simples navegador da web simples para uma completa suite de Internet. Durante esse periodo, tanto o navegador e a suite eram conhecidos como Netscape Navigator.

A versão 3 do Netscape (o primeiro beta a ter o codinome "Atlas") foi a primeira a enfrentar alguma competição séria do Internet Explorer 3. Também havia disponível em uma versão "Gold", que contou com um editor WYSIWYG HTML (mais tarde adicionado ao Netscape Communicator como um recurso padrão). O Netscape 3 introduziu muitos recursos novos, como novos plug-ins, cores de fundo para as tabelas, o atributo de arquivamento e o elemento applet. O Netscape Navigator 3 foi um sucesso enorme e indiscutível o gigante navegador da web em seu tempo com mais de 90% de participação, mas mais tarde foi corroída pela inclusão gratuita do Internet Explorer no Windows 98. A versão mais recente desta linha foi a 3.04.

Netscape Communicator (versões 4.0 a 4.8)[editar | editar código-fonte]

O Netscape 4 enfrentou o problema do Netscape Navigator sendo usado como tanto o nome da suíte e o navegador contidos nele, renomeando-o para Netscape Communicator.

Depois de lançar cinco versões pré-visualização de 1996 à 1997, a Netscape Corp. lançou a versão final do Netscape Communicator em junho de 1997. Nesta nova versão, mais ou menos com base no código do Netscape Navigator 3, foi atualizado e acrescentou novos recursos (como o suporte à certos elementos do CSS1, suporte de fonte mínima dinâmica e o elemento objeto de propriedade). A nova suíte foi bem sucedida, apesar da concorrência crescente do Internet Explorer 4 e problemas com o núcleo do navegador desatualizado. A suíte do Communicator era composta por Netscape Navigator, Netscape Mail & Newsgroups, Livro de Endereços e Netscape Composer. Em outubro de 1998, a versão 4.5 do Netscape Communicator foi lançada. Nesta nova versão apresentou melhorias várias funcionalidades, especialmente no componente de Mail & News, mas não atualizou o núcleo do navegador (que, na sua funcionalidade, era basicamente idêntica à versão 4.08). Apenas um mês mais tarde, a Netscape Communications Corporation foi comprada pela AOL. A versão independente do Netscape Navigator ainda estava disponível, mas este foi interrompido após versão 4.08 para Windows. No entanto, as versões independentes para outros sistemas operacionais como Unix e Linux foram mantidas até a versão 4.8.

Em janeiro de 1998, a Netscape anunciou que todas as futuras versões de seu software seria gratuito e desenvolvido por uma comunidade open source (Mozilla).

Netscape Communicator 5.0 (cancelado)[editar | editar código-fonte]

Netscape 5.0 (codinomeado como "Gromit") era uma continuação do código 4.x, mas apenas dois pré-alpha versões foram escritas, um baseado em código do Communicator original e outra focada no Gecko. Ele apresentava um motor de layout chamado Mariner. O Mariner foi projetado para fornecer melhorias de estabilidade e desempenho. No entanto, o Netscape formou a Fundação Mozilla e desenvolveu o Mozilla Application Suite baseado num novo motor. O Mozilla tornou-se no Netscape 6.

Versões baseadas no Mozilla Application Suite[editar | editar código-fonte]

Netscape 6 (versões 6.0 à 6.2.3)[editar | editar código-fonte]

Em 1998, um grupo informal chamado de Organização Mozilla foi formada e em grande parte financiado pela Netscape (a grande maioria dos programadores que trabalham no código foram pagos pela Netscape) para coordenar o desenvolvimento do Netscape 5 (sob o codinome "Gromit"), que ser baseado no código-fonte do Communicator. No entanto, o código envelhecido do Communicator revelou-se difícil de trabalhar e foi tomada a decisão de descartar o Netscape 5 e reescrever o código-fonte. A reescrita de código fonte estava na forma do navegador web Mozilla, que, com algumas adições, o Netscape 6 foi baseado.

Esta decisão significou que a próxima versão importante do Netscape foi severamente atrasado. Nesse meio tempo, Netscape foi adquirida pela AOL que, agindo sob a pressão do Web Standards Project, forçado a sua nova divisão para liberar o Netscape 6.0 em 2000. A suite novamente consistiu em Netscape Navigator e os outros componentes do Communicator, com a adição de um compontente compatível com o AOL Instant Messenger, o Netscape Instant Messenger. No entanto, ficou claro que o Netscape 6 ainda não estava pronto para o lançamento e fracassou. Foi baseado no Mozilla 0.6, que não estava pronto para ser utilizado pelo público em geral ainda devido a muitos erros graves que faria com que ele deixe de funcionar normalmente ou apresentar páginas web lentamente.

Netscape 7 (versões 7.0 à 7.2)[editar | editar código-fonte]

Netscape 7.0 (codinomeado como "Mach Five" e baseado no Mozilla 1.0.1) foi lançado em agosto de 2002, foi uma continuação direta da Netscape 6 com alguns componentes muito semelhantes. Ele ainda conseguiu alguns poucos usuários, mas ainda era muito mais um navegador usado por uma minoria. Além disso, a AOL decidiu desativar a funcionalidade de bloqueador de pop-ups do Mozilla no Netscape 7.0, que criou uma revolta na comunidade. A AOL aprendeu a lição, e no o Netscape 7.0 adicionou o bloqueador de pop-ups. O Netscape também introduziu um nova versão gratuita do AOL) da suite. Netscape 7.1 (codinomeado "Buffy" e baseado no Mozilla 1.4) foi lançado em junho de 2003.

Em 2003, a AOL fechou a divisão Netscape e funcionarios foram demitidos ou reatribuído. O Mozilla.org continuou, no entanto, independentemente como a Mozilla Foundation, tendo em muitos dos ex-funcionários da Netscape. A AOL continuou a desenvolver Netscape em casa, mas devido a não haver funcionários comprometidos, as melhorias foram mínimas.

Um ano depois, em agosto de 2004, sai a última versão baseado no Mozilla: Netscape 7.2, baseado no Mozilla 1.7.2.

Versões baseadas no Mozilla Firefox[editar | editar código-fonte]

Netscape Browser (versões 8.0 à 8.1.3)[editar | editar código-fonte]

Entre 2005 e 2007, as versões do Netscape ficaram conhecidas como Netscape Browser. A AOL escolheu a base do Netscape Browser no bem sucedido Mozilla Firefox, uma versão reescrita do Mozilla produzido pela Mozilla Foundation. Essa versão não é uma suíte completa de Internet como as versões anteriores, é sim só o navegador web. Outras decisões controversas incluem nessas versões o fato de tanto usar o motor de layout Gecko das versões anteriores, e o Trident utilizado no Internet Explorer.

O Netscape Browser 8.1.3 foi lançado em 2 de abril de 2007, e incluiu correções gerais identificadas nas versões 8.0 à 8.1.2

Netscape Navigator (versões 9.0 à 9.0.0.6)[editar | editar código-fonte]

A Netscape confirmou em 23 de janeiro de 2007 que Netscape Browser seria sucedido por um novo navegador, o Netscape Navigator 9. O navegador voltou a incluir suporte multiplataforma para Windows, Linux e Mac OS X. Como o Netscape 8.x, a nova versão foi baseada no popular Mozilla Firefox (versão 2.0), e teve total compatibilidade com complemento e plugins do navegador. Também pela primeira vez desde 2004, o navegador foi produzido em casa, com a sua própria equipe de programação.

Um beta do programa foi lançado em 5 de junho de 2007. A versão final foi lançada em 15 de outubro de 2007.

Em 28 de dezembro de 2007, os desenvolvedores do Netscape anunciaram que a AOL iria descontinuar o navegador web em 1 de fevereiro de 2008, devido à baixa quota de mercado. Em 28 de janeiro de 2008, a Netscape revisa esta data para 1 de março de 2008, e ofereceu suporte para a migração para o Flock e Mozilla Firefox.

Compatiblidade de versões[editar | editar código-fonte]

Sistema Operacional Versão recente
Mac OS v9.x-10.0 7.0.2
v10.1 7.2
v10.2-10.5 9.0.0.6
Microsoft Windows 3.1 4.08
95 6.2.3
98 7.2
98SE-Vista 9.0.0.6

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.