O 18 de Brumário de Luís Bonaparte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
1852 publicado em Die Revolution

O trabalho de Karl Marx O 18 de Brumário de Luís Bonaparte (em alemão: "Der achtzehnte Brumaire des Louis Bonaparte"), escrito entre dezembro de 1851 e março de 1852[1] , publicado originalmente na revista Die Revolution[1] , parte da análise concreta dos acontecimentos revolucionários em França, entre 1848 e 1851, que levaram ao golpe de estado pelo qual Napoleão III se nomeou imperador, à semelhança de seu tio Napoleão I[2] .

Nesse trabalho, são desenvolvidas as teses fundamentais do materialismo histórico: a teoria da luta de classes e da revolução proletária, a doutrina do Estado e da ditadura do proletariado[3] . Destaca-se a conclusão de Marx sobre a questão da atitude do proletariado em relação ao Estado burguês: "Todas as revoluções aperfeiçoavam esta máquina em vez de a destruir". A questão campesinato como aliado da classe operária na revolução iminente, o papel dos partidos políticos na vida social e uma caracterização profunda da essência do bonapartismo são outros aspectos marcantes desta obra[3] .

Referências

  1. a b O 18 de brumário de Luís Bonaparte. Visitado em 19 de agosto de 2013.
  2. O 18 Brumário de Luís Bonaparte : A discreta farsa da burguesia. Visitado em 19 de agosto de 2013.
  3. a b O 18 BRUMÁRIO DE LUIS BONAPARTE, UMA LEITURA FUNDAMENTAL. Visitado em 19 de agosto de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com O 18 de Brumário de Luís Bonaparte
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.