Microrregião dos Lagos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Região dos Lagos)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Lagos
Unidade federativa  Rio de Janeiro
Microrregiões limítrofes Bacia de São João, Macacu-Caceribu e Rio de Janeiro
Área 2.004,003 km²
População 538.650 hab. IBGE/2010
Densidade 268,8 hab/km²
Indicadores
PIB R$ 10.935.760.062,00 IBGE/2008
PIB per capita R$ 20.302,16 IBGE/2008

A Microrregião dos Lagos, usualmente conhecida como Região dos Lagos classificada como Região da Costa do Sol[1] é uma região do Estado do Rio de Janeiro pertencente à mesorregião das Baixadas Litorâneas. Possui uma área de 2.004,003 km², sua população atual é de 538.650 habitantes e está dividida em sete municípios em torno das lagoas de Araruama e Saquarema, a leste da capital do Rio de Janeiro. É considerada uma das mais belas regiões do litoral fluminense, marcada pelo turismo e pela indústria do sal. Tem importância para a cidade do Rio de Janeiro comparável a baixada santista para a cidade de São Paulo.Há projetos em tramitação na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro para a inclusão da Microrregião dos lagos a Região Metropolitana do Rio de Janeiro devido a questões econômicas(como a área do COMPERJ que une as duas regiões) e de proximidade geográfica,as cidades de Araruama e Saquarema distam apenas 30 minutos de Rio Bonito e Maricá e pouco mais de uma hora da cidade do Rio de Janeiro , já Cabo Frio pouco mais que duas horas da cidade de Niterói.

Cidades[editar | editar código-fonte]

Região dos Lagos
São Pedro da Aldeia
Arraial do Cabo
Armação dos Búzios
Iguaba Grande

No total, a Região dos Lagos é formada por sete municípios que compreendem mais de 100 quilômetros de litoral: Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Saquarema. Todas elas são marcadas por inúmeras lagoas e praias, desde as de mar aberto até aquelas de enseada, com águas calmas, favoráveis para o mergulho. Dentre os municípios citados, os principais são Araruama e Cabo Frio, que são os maiores em questões econômicas, territoriais e turísticas (Nesse quesito podem-se incluir também Arraial do Cabo e Búzios).

Município Área (km²) População em 2010 PIB (R$ 1.000,00) em 2008 PIB per capita em 2008
Bandeira-araruama.png Araruama 633,795 116.418 1.264.898 mil 9.188,91
Bandeira-armacaodebuzios.jpg Armação dos Búzios 69,287 27.538 1.471.344 mil 53.115,19
Bandeira-arraialdocabo.png Arraial do Cabo 152,305 27.770 328.840 mil 12.345,71
Bandeira cabo frio.png Cabo Frio 400,693 186.222 6.579.881 mil 36.426,39
Bandeira-iguabagrande.JPG Iguaba Grande 53,601 22.858 178.111 mil 8.023,40
Bandeira-saopedrodaaldeia.jpg São Pedro da Aldeia 339,647 88.013 667.164 mil 8.042,87
Bandeira-saquarema.png Saquarema 354,675 74.221 724.588 mil 10.678,78

Transporte[editar | editar código-fonte]

A região conta com um aeroporto internacional, o Aeroporto de Cabo Frio,um heliporto em Búzios, um dos principais do Estado do Rio de Janeiro e que serve a toda a região. A via de acesso à capital fluminense se dá pela Via Lagos, ou RJ-124,A BR-101 que liga o município de Rio Bonito a o Rio de Janeiro,a RJ-102 que liga Búzios até o distrito de Praia Seca,RJ-106 liga o municípios da região dos lagos passando por Monte Alto,Figueira,Arraial do Cabo,Praia Seca,Araruama,Saquarema,(Serra da Castelhana e Mato Grosso)Maricá até Niterói,é uma bela rota que passa pela mata atlântica e serve de rota alternativa a RJ-124 por não ser pedagiada e mais rápida,e por fim a RJ-128 que conecta a RJ-124(via lagos) a RJ-106(via serra) no distrito de Bacaxá em Saquarema.

Economia[editar | editar código-fonte]

A atividade mais tradicional encontrada na região continua sendo a extração de sal marinho, presente em abundância por toda a costa fluminense. Geralmente junto às salinas encontram-se os moinhos de ventos, considerados também um dos símbolos da região, juntamente com os 300 dias de sol por ano.

Ao visitar as várias cidades que compõem o cenário dessa região litorânea, não é difícil encontrar colônias de pescadores espalhadas pelas praias mais calmas. Apesar de todo o desenvolvimento, ainda existem muitas famílias que vivem em função da pesca, o que intensifica ainda mais a tonalidade rústica de algumas de suas paisagens.

Turismo[editar | editar código-fonte]

O turismo compõe uma grande parcela do PIB da região, principalmente dos municípios de Araruama, Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios. Dentre todas essas citadas, as mais visitadas por turistas são Araruama, Cabo Frio e Búzios. A região é conhecida por sua vida noturna, belezas naturais e praias.

Araruama[editar | editar código-fonte]

Araruama

Araruama é conhecida pela sua vocação turística familiar, e pela sua grande extensão urbana e econômica. Existem dentro da área do município cerca de 13 praias banhadas pela Laguna Araruama, que estão entre as melhores para prática de esportes náuticos no mundo, além de cerca de 5 praias oceânicas. Na área urbana da cidade ficam localizados os distritos de Araruama (centro e bairros próximos), famoso pela característica urbana e pelas suas praias; o de Praia Seca (Bairros da faixa que beira o Oceano Atlântico, afastados do centro), famoso pelas praias oceânicas com águas cristalinas e ondas ideais para a prática do Surf, e as famosas salinas; e Iguabinha, famoso pela vocação de veraneio. Na área rural estão os distritos de São Vicente e Morro Grande. Hoje, além das belas praias, Araruama é reconhecida pela sua qualidade de vida e grande comércio, tornando-se, junto com Cabo Frio, o principal centro urbano e um dos maiores centros turísticos de toda a Região dos Lagos.

Armação dos Búzios[editar | editar código-fonte]

Búzios é muito famosa também por suas praias, que ganharam atenção mundial desde a passagem da atriz Brigitte Bardot pela cidade. Desde a década de 1980 é muito frequentada por argentinos e uruguaios. A partir da sua emancipação do Município de Cabo Frio em 1995, Búzios se consolidou como um dos principais destinos turísticos fluminenses e brasileiros

Arraial do Cabo[editar | editar código-fonte]

Arraial do Cabo é conhecida pelo fenômeno da ressurgência, comum a toda a região mas que atinge seu ponto alto nas praias do município, e com isso recebe a alcunha de a capital do mergulho. Além disso possui praias famosas por suas águas tranquilas e cristalinas,que fazem da cidade o principal cartão postal da região, sendo um grande destino turístico.Uma questão que afasta o turismo da cidade é o baixo investimento privado e a negligência do setor público com a veloz favelização da cidade.

Cabo Frio[editar | editar código-fonte]

Cabo Frio se mantém, junto com Araruama, como o grande centro político e urbano da região, aliando a infraestrutura aérea com maior quantidade de serviços. Cabo Frio evolui espantosamente, com sua incrível queima de fogos, que se compara com a apresentação que ocorre na praia de Copacabana - RJ assim como a de outros municípios da região, a queima de fogos de Cabo Frio e Búzios, pode ser vista de Rio das Ostras, num lindo arco desenhado pelo litoral fluminense. Com o cartão dignidade, paga-se apenas 50 centavos, nas passagens de ônibus de linhas que fazem o trecho municipal. Cabo Frio ostenta o melhor estádio de futebol da região, o estádio municipal Alair Correa, "O Correão", inalgurado pelo prefeito Alair Corrêa. Outro ponto turístico imperdível é o canal de Itajurú e a famosa rua dos biquinis, que atualmente é um grande shopping praticamente em céu aberto, com inúmeras lojas de roupa de praia com excelente preços para comercialização e varejo.

Panorama da Cabo Frio.

São Pedro da Aldeia[editar | editar código-fonte]

São Pedro da Aldeia é destaque por ser a cidade conservadora da história não só do município mas de toda a região. Na cidade é possível encontrar a Casa da Flor e a Igreja Matriz, ambas tombadas pelo Patrimônio histórico; o único Museu da Aviação Naval do Brasil, e em fase de conclusão o Museu ferroviário da Região dos Lagos na Antiga estação São Pedro. As praias são um capítulo a parte, águas termicamente agradáveis banhadas pela Laguna Araruama, a maior laguna hipersalina do mundo. Esportivamente São Pedro da Aldeia é excelente para prática de esportes náuticos, como kitesurf, Windsurf e Iatismo, por ter ventos fortes e águas tranquilas.

Saquarema[editar | editar código-fonte]

Saquarema

Saquarema é conhecida pelo Aryzão - Centro de Desenvolvimento de Voleibol de Saquarema e pelas belas praias, principalmente a Praia de Itaúna, conhecida nacionalmente e internacionalmente como o "Maracanã do Surf" e "Capital Nacional do Surf" pelas suas ondas extremamente ótimas para o Surf. Além disso, há também a Igreja de Nossa Senhora de Nazareth, cartão postal da cidade. Saquarema também contém o templo do rock a pista de skate e a praça dos idosos que é um lugar lindo limpo e muito tranquilo.E tem muito mais coisas.

Iguaba Grande[editar | editar código-fonte]

Diferente das outras cidades da região, Iguaba Grande tem a mesma estrutura turística menos sofisticada, não tem uma grande quantidade de visitantes e nem as mesmas opções de lazer. É exatamente essa calma extrema que anda atraindo turistas que, não suportam tumultos ou filas quando saem de férias. 

A maior atração da cidade é uma lagoa com alto índice de salinidade e o sol forte que brilha quase ininterrupto. Pelo posicionamento geográfico da cidade as chuvas acabam caindo, na maioria das vezes, na parte da noite, o que proporciona dias de sol e calor em todas as estações do ano.

Referências

  1. TurisRio. TurisRio. Visitado em 09/09/2011.