Superboy (Kal-El)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Superboy
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição More Fun Comics #101 (Jan-Fev de 1945)
Criado por Jerry Siegel
Joe Shuster
Don Cameron
Características do personagem
Alter ego Kal-El, adotado como
Clark Kent
Terra natal Krypton
Afiliações Legião dos Super-Heróis
Parceria Krypto, o Supercão
Base de operações Smallville
Codinomes conhecidos Menino-de-Aço
O Último filho de Krypton
Reflecto
Habilidades Força sobre-humana, velocidade, resistência, invulnerabilidade, sopro congelante, super audição, poderes extra-sensoriais e visuais, longevidade, vôo, inteligência e regeneração.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Superboy também conhecido como Superboy original, Superboy Pré-Crise ou Superboy da Era de Prata é um personagem fictício criado por Jerry Siegel, Joe Shuster e Don Cameron, apareceu primeriamente em More Fun Comics #101 (1944). Superboy originalmente era o Superman vivendo aventuras quando garoto na cidade de Smallville (Pequenópolis, como era conhecida nos gibis brasileiros). Ele utilizava um uniforme parecido ao de Superman, e tinha um cão, Krypto. Por muitos anos, a existência oficial de Superboy dentro da cronologia foi desconsiderada, uma vez que quando Superman surgiu, ele havia começado sua carreira já adulto. Foi somente quando Bizarro, um vilão que Superboy havia enfrentado, voltou quando Superman já era adulto, que resolveu admitir-se Superboy como oficial. Com o advento das Terras Paralelas, ficou mais fácil explicar: O Superman que havia começado sua carreira já adulto era o Superman da Terra 2, uma dimensão em que os heróis começaram as carreiras na Segunda Guerra, enquanto que o nosso Superman, que havia sido Superboy, era da Terra 1.

História[editar | editar código-fonte]

Na versão dos anos 60, Superboy nasceu em Krypton (na dimensão da Terra 1), sendo filho do cientista e líder Jor-El. Quando Kal-El tinha aproximadamente 2 ou 3 anos, Jor-El descobriu que o planeta Krypton estava condenado a explodir, e chamou a atenção dos líderes de seu planeta, o Conselho da Ciência. Mas não acreditaram nele, e se negaram a advertir o perigo ao resto dos cidadãos de Krypton, proibindo-lhe de fazer o mesmo, para evitar que causasse pânico. Jor-El prometeu que nem ele nem sua esposa abandonariam Krypton, e decidiu usar o tempo que restava para salvar seu filho. Momentos antes da explosão do planeta, lançou Kal-El rumo a Terra, sabendo que a baixa gravidade da Terra, e seu Sol amarelo lhe dariam extraordinários poderes.

A nave de Kal-El aterrou num campo perto de Smallville, e foi descoberta por Jonathan e Martha Kent. Eles chamaram-no de Clark.

O bem que poderia realizar com seus poderes, e começou a treinar para usá-los com sabedoria. Aos oito anos adoptava a identidade de Superboy para combater o crime. Com esta identidade, foi membro fundador da Legião de Super-Heróis.[1]

Nesta época também começou sua inimizade com Lex Luthor, que nesta versão também morava em Smallville. Em algum ponto de tempo, Superboy viajou no tempo e dimensão para a Terra 2 e ajudou o adolescente Superman da Terra 2 a lidar com seus poderes. Depois do colegial, Clark mudou-se para Metrópolis para estudar na faculdade. Durante estes anos mudou o nome do super-herói para Superman. Depois da graduação como jornalista é contratado para repórter do Planeta Diário. Lex Luthor, agora um cientista maligno adulto, o continuava a atasanar.

Esta, com certeza, foi a encarnação mais poderosa de Superman. Ele podia levantar montanhas, e algumas vezes até empurrar planetas. Podia viajar no tempo e outras dimensões. Alguns escritores até mesmo afirmavam que sua força era infinita, ao menos nos anos 60.

Em 1971, a Galaxy Broadcasting System e o seu presidente, Morgan Edge, compraram o Daily Planet, com Edge em seguida nomeando Clark Kent como chefe da estação de televisão de Metropolis WGBS-TV.

O Superman da Terra 1 tem apenas 3 fraquezas.

  1. Kryptonita. Seu sangue foi afectado pela alta carga negativa dos íons do núcleo de Krypton, que foi exactamente a radiação responsável pela destruição do planeta. Os fragmentos radioactivos do planeta, composto pelo mineral chamado kryptonita, foram lançados ao espaço pela explosão. Geralmente, aparece sob a forma de cristal verde, mas existem também variedades de outras cores, que tem propriedades diferentes.
  2. O sol vermelho o faz ficar sem poderes.
  3. Seus poderes não funcionam contra magia (ele não pode usar visão raio-X para ver através dum muro feito com magia, nem sua invulnerabilidade funciona contra os raios de um mago).

Esta versão do Superman foi retirada em 1986 depois da alteração da continuidade causada pela mini-série Crise nas Terras Infinitas.

Legião dos Super Heróis[editar | editar código-fonte]

A Legião retornou às capas em uma edição onde o logotipo Superboy se tornava Superboy and the Legion of Super-Heroes (#197, Agosto de 1973).Apesar da mudança, no interior o logo ainda continuou como Superboy. Desenvolvida por Bates e Dave Cockrun, a série se tornou popular e apresentou eventos tais como o casamento de Salteador e Dama Dupla (Duo Damsel, ex-Tríade, #200) e a morte do Rapaz-Invisível (#203). Cockrun foi substituído na edição 203 (julho/agosto de 1974) por Mike Grell, que também se tornaria um dos favoritos pelos fãs. Muitos dos uniformes dos Legionários foram modificados durante este período como os usados por Satúrnia, Penumbra e Cósmico, que se tornaram mais delineados. Shooter retorna neste período e escreve o seu canto do cisne no título em uma história envolvendo o Senhor do Tempo e um novo vilão, Pulsar Stargrave.

Com o número 231 (setembro de 1977), o título é oficialmente mudado para Superboy and the Legion of Super-Heroes e se torna um título “giant-size”, sendo escrito pelo fã de longa data Paul Levitz e desenhado por James Sherman (arte-finalizado por uma variedade de artistas, notavelmente por Jack Abel e Bob McLeod). Nos números 241–245 (julho a dezembro de 1978) Levitz e Sherman (e daí Joe Staton) produziram a mais ambiciosa (para a época) seqüência de histórias da Legião: Guerra Terrestre, uma guerra galáctica entre os Planetas Unidos e os Khúndios, com vários outros vilões espreitando nos bastidores.

O número #239 (maio de 1978) apresentou uma história bem conceituada chamada “Murder Most Foul”, na qual o Ultra Rapaz (Ultra Boy) é acusado de assassinato. Escrita por Paul Levitz e desenhada por Jim Starlin, o mistério foi resolvido em S/LSH #250–251 (abril–maio de 1979), mas Starlin ficou tão insatisfeito com a editoração e com a decisão de dividir a longa história em duas partes que removeu o nome dos créditos e o artista, creditado como “Steve Apollo”.

Durante este período, um dos legionários teve um spin-off, que se passava no século XX, chamado Karate Kid, que durou 15 edições.

Levitz deixou o título para ser substituído por Gerry Conway, uma escolha controversa entre os fãs. Ainda ilustrada por Staton, o título seguiu para sua nova grande transformação.

Amigos[editar | editar código-fonte]

  • Jonathan e Martha Kent, pais adotivos do Superman.
  • Lana Lang, a primeira namorada de Clark Kent, posteriormente casada com um amigo do herói na adolescência, Lex Luthor.
  • Pete Ross, melhor amigo de Clark Kent, na série televisiva americana Smallville.
  • Lori Lemaris, sereia vinda de Atlântis, paixão de Clark Kent no período em que era universitário.
  • Krypto, o supercão.
  • Lex Luthor era o melhor amigo do Superboy e posteriormente se tornou inimigo do Superman.
  • Legião dos Super-Heróis, equipe de super-heróis da Terra que veio do futuro.

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Smallville[editar | editar código-fonte]

Alguns elementos de Era de Prata foram inseridos na série entre eles:

  • Lex Luthor é um dos melhores amigos de Clark e a partir da quinta temporada os dois começam a se tornar inimigos.
  • A origem para a calvície de Lex é similar pois de uma certa forma Clark foi responsável. Durante a chuva de meteoros que trouxe Clark à Terra, Lex estava em um milharal no momento em que um meteoro cai.
  • Clark Kent usa seus poderes para salvar pessoas já no início da série, na oitava temporada Clark começa sua carreira OFICIAL de super-herói.
  • Embora o nome "Superboy" não seja usado por Clark na série, ele foi mencionado duas vezes, uma na primeira temporada quando um garoto acidentalmente fica com os poderes de Clark e as pessoas em Smallville começam a chamá-lo de Superboy, na outra é quando Clark após ter se encontrado com Aquaman é chamado pelo próprio de Superboy. Na série Clark tem como codinomes Borrão Vermelho e Azul (apelidado pelos meios de comunicação no episódio 8.07) e Borrão (dessa vez é Clark que se autointitula na nona temporada)
  • No episódio 8.11, intitulado "Legião", a Legião de Super-Heróis aparece para ajudar Clark a deter Brainiac que estva possuindo o corpo de Chloe Sullivan. Ao final do episódio eles lavam o que restou de Brainiac para reprogamá-lo como Brainiac 5.

Notas e Referências

  1. As aventuras de Superboy foram introduzidas em 1949. No começo, estas aventuras não faziam parte da cronologia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]