T-64

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
T-64
T64 21.jpg
T-64 Carro de Combate Medio
Tipo Tanque Principal de Batalha
Local de origem  União Soviética
História operacional
Utilizadores  União Soviética
 Rússia
 Ucrânia
Guerras Guerra do Afeganistão
Histórico de produção
Fabricante Transmash - Omsk - Russia
Período de
produção
Desde 1968
Quantidade
produzida
16.000
Especificações
Peso 38 toneladas
Comprimento 9,225 m
Largura 3,415 m
Altura 2,172 m
Blindagem do veículo 10 a 120 mm
Armamento
primário
1 x 125mm 2A26 (Calibre: 125mm - Alcance estimado de 0Km a 4,5Km)
Armamento
secundário
Uma Metralhadora coaxial PKT de 7,62 mm
Motor 5DTF multifuel (5 em linha)
700 cv (522 kW)
Alcance
Operacional
500Km normal e 600Km com tanque de combustível adicional
Velocidade 60Km/h na estrada e 30Km/h na terra.

O T-64 é um tanque de guerra soviético, introduzido no início dos anos 1960. Foi usado apenas pelo exército soviético em suas divisões de linha de frente e foi uma contrapartida mais avançada para o T-62. Apesar de o T-62 e do famoso T-72 terem uma utilização muito mais ampla e mais desenvolvida, foi o T-64 que inspirou os tanques soviéticos mais modernos como o T-80 e T-90.

Descrição[editar | editar código-fonte]

A família T-64/T-80 foi uma família de veículos blindados soviéticos, onde se tentaram introduzir as novas técnologias em desenvolvimento na URSS durante os anos 60, com o objectivo de garantir que a URSS teria o mais sofisticado carro de combate no teatro de guerra na Europa.

O T-64 foi produzido nas fábricas soviéticas de Omsk e também na Ucrânia. O T-64 foi durante os anos 60 e 70, o mais sofisticado carro de combate da União Soviética.

No ano de 1976 foi lançado o T-64B, que se caracterizou pelos novos sistemas ópticos capacidade para combate noturno. Na totalidade foram produzidos 16.000 tanques T-64 nas suas várias versões. No inicio dos anos 80, uma nova versão derivada começou a ser estudada e foi apresentada como T-80. Este veículo passou então a deter a classificação de mais sofisticado carro de combate soviético nos anos 80.

Com um motor de turbina e uma quantidade de novidades, como um novo canhão e sistemas sofisticados de tiro como telemetro a laser além de melhor blindagem, o T-80 foi a resposta da fábrica de Karkhov, aos engenheiros russos da fábrica da Sibéria que tinham apresentado o tanque T-72, como solução mais barata e mais prática que o T-64.

O T-64 não chegou a ser exportado, por ser caro e complicado de manter, mas o T-80 conseguiu alguns sucessos de exportação. O T-64 constituiu uma tentativa de produzir um carro de combate moderno, efetuando um corte com o anterior modelo T-55 / T-62.

Uma das mais distintas característica do T-64, era o seu novo sistema de suspensão, com seis pequenas rodas, bastante diferente do que até ali tinha sido comum desde o T-34 ao T-62. O tanque também possuia um sistema de carregamento automático, que reduziu a tripulação para apenas 3 homens.O T-64, é na prática o carro de combate que posteriormente resultou no T-80, (embora também tenha influenciado o T-72) e foi o principal e mais sofisticado carro de combate soviético durante o final dos anos 60 e anos 70.

Ele introduziu o novo canhão de 125mm que posteriormente passou a ser lei nos vários carros de combate soviéticos, além de nova e mais sofisticada blindagem e sistemas eletro-ópticos de control de tiro e pontaria. A modernização do T-64, resultou no tanque T-80.

T-64 Obyekt 447.

Ultilizadores[editar | editar código-fonte]

Com o fim da URSS a fábrica de Karkhov, viu-se de repente sem a sua ligação umbilical aos gabinetes de design de tanques de Moscovo e passou a desenvolver sozinha os seus próprios carros de combate, fabricados na fábrica de Malyshev.O T-84 Oplot, é assim o T-80 com modificações introduzidas pelos ucranianos, com o objectivo de melhorar o T-80 transformando-o num tanque mais resistente e ao mesmo tempo mais económico.Também foram desenvolvidas versões mais modernas do T-64, com blindagem reactiva e novos sistemas ópticos.

Ao contrário da Ucrânia, a Rússia optou por dar maior preferência ao desenvolvimento do T-72 e das suas versões derivadas, a última das quais é o T-90.

  •  Rússia = De (3.000) unidades cerca de (2.500) em serviço.
  •  Ucrânia = De (1.500) unidades cerca de (1.350) em Serviço.
Torre característica do T-64.

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

  • T-64R
  • T-64A
  • T-64T
  • T-64AK
  • T-64B
  • T-64BM
  • T-64BV
T-64 Bulat.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre Veículos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.