M-113

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de M113)
Ir para: navegação, pesquisa
M113
US M113 in Samarra Iraq.jpg
M113 do exército americano em ação no Iraque.
Tipo Carro de combate Blindado de Transporte de Pessoal
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Em serviço 1960-presente
Guerras Guerra do Vietnã, Guerra do Yom Kipur, Guerra Civil Libanesa, Operação Justa Causa, Guerra Irã-Iraque, Operação Tempestade no Deserto, Guerra do Kosovo, Operação Enduring Freedom e Operação Liberdade do Iraque
Histórico de produção
Fabricante FMC Corporation
Quantidade
produzida
~80,000 todas as variantes[1]
Variantes Ver texto
Especificações
Peso 12,3 t (27 100 lb)
Comprimento 4,863 m (16 ft)
Largura 2,686 m (8,8 ft)
Altura 2,5 m (8,2 ft)
Tripulação 2 tripulantes e até 11 soldados
Blindagem do veículo alumínio 38 mm (1,5 in) máxima
Armamento
primário
Browning M2
Motor Detroit 6 cilindros diesel
275 hp (205 000 W)
Peso/potência 22.36 hp/ton
Suspensão Barra de torção 5 rodas
Alcance
Operacional
480 km (298 mi)
Velocidade 66 km/h estrada 40km/h terra

O M113 é uma família de veículos blindados de transporte de pessoal de origem norte-americana, em serviço em muitos países.

É um veículo com lagartas, com capacidade anfíbia limitada a pequenos cursos de água, grande capacidade de deslocação todo-o-terreno e alta velocidade em estradas de terra batida. A família M113 engloba uma ampla gama de versões e modificações tanto para combate como para apoio de combate.

Foram produzidas cerca de 80.000 unidades de todos os tipos, tornando-o num dos veículos blindados mais utilizado de todos os tempos.

Construído tudo em alumínio, possui uma blindagem com capacidade limitada de proteção. Durante a Guerra do Vietnã recebeu o apelido de "Táxi de Combate".[carece de fontes?] Porém, suas primeiras versões eram também conhecidas pela fragilidade caso atingisse uma mina terrestre. Por essa razão, muitos soldados preferiam viajar sobre a cobertura do blindado ao invés de ocupar o seu compartimento interior.[2]

Atualmente, no Iraque, o M113 ainda é amplamente utilizado pelo exército norte-americano, principalmente por pelotões de engenheiros e por grupos de patrulha. As versões mais comuns encontradas no Iraque são o M113A2 e M113A3. Nos anos seguintes à invasão do Iraque o M113 recebeu uma blindagem extra.[2] Chamada de "slat armor", é composta por barras metálicas que servem para detonar explosivos propelidos por foguete (RPG) atirados contra o blindado.

História[editar | editar código-fonte]

O M113 foi introduzido inicialmente em 1960, desenvolvido a partir do M59 e do M75, projectados pela Ford e pela Kaiser na década de 1950. O M113 foi inicialmente desenvolvido pela FMC de San José na Califórnia, obedecendo à pré-condição de ser uma "Família de Veículos Blindados Multiusos Aerotransportáveis" estabelecida pelo Exército dos Estados Unidos.

Combate[editar | editar código-fonte]

Blindados M113 modelo ACAV utilizados na Guerra do Vietnã.

Os modelos M113 formaram a maior parte dos esquadrões de blindados dos Estados Unidos durante a Guerra do Vietnã, utilizado principalmente para escolta de soldados.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

O Exército Brasileiro recebeu 584 unidades do M113A1. No início dos anos 1980, buscou-se nacionalizar o maior número possível de componentes destes veículos, criando a versão M113BR. Atualizado pela empresa Motopeças, o M113 recebeu, entre outras modificações, um novo motor Mercedez Benz e uma nova transmissão.

O M113 nas versões M113 ACAV e M577 Command Post são também utilizados pelo Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha (CFN). Esses blindados dividem com o EE-9 Cascavel, EE-11 Urutu e o LVTP-7/AAVP-7 entre outros a linha de blindados dos Fuzileiros Navais brasileiros.

No dia 25 de novembro de 2010, blindados M113 foram utilizados pela Marinha em operações na zona norte do Rio de Janeiro, no auxilío a Polícia Militar, com o objetivo de coibir atos de violência organizada registrados em diferentes pontos do Estado.[3] [2] Os blindados foram tripulados por fuzileiros navais e transportaram policiais da tropa de elite da polícia do Rio, o BOPE, até o local do confronto com os bandidos.

Versões[editar | editar código-fonte]

A flexibilidade do M113 permitiu que, a partir dele, fossem desenvolvidas inúmeras variantes, algumas pelo próprio fabricante, outras pelos seus utilizadores. As principais são:

M113 ACAV[editar | editar código-fonte]

Versão de Cavalaria Blindada, introduzida na Guerra do Vietnã principalmente para escolta a colunas. Caracterizava-se por possuir uma blindagem circular em forma de torre ao redor da metralhadora de 12.5mm e dois escudos menores com metralhadoras M-60 de calibre 7.62mm. alguns ACAV possuíam também uma blindagem adicional aplicada à prancha móvel posicionada na frente do veículo.

M113A1[editar | editar código-fonte]

Versão com motor Detroit a diesel, em substituição do original a gasolina, lançada em 1964. 6 cilindros em "V". Com 4 modelos de viaturas: - TP (Transporte de tropa) com capacidade para 11 militares armados e equipados mais 02 da guarnição; - Morteiro; - Socorro; e - Comando. Carro anfíbio. Atinge a velocidade de 64,3 km/h em terra e 4,7 km/h na água.

M113A2[editar | editar código-fonte]

Lançada em 1979, com arrefecimento e suspensão aperfeiçoados.[2]

M113A3[editar | editar código-fonte]

Versão com a capacidade aperfeiçoada de sobrevivência no campo de batalha, lançada em 1987.

M58 Wolf[editar | editar código-fonte]

Porta gerador de fumos para criação de cortinas de proteção visual e infra-vermelha.

M106[editar | editar código-fonte]

Porta-morteiros de 107 mm.

M113 AMEV[editar | editar código-fonte]

Ambulância com proteção blindada.

M113 Lynx[editar | editar código-fonte]

Veículo Blindado de Reconhecimento, em serviço no Canadá e nos Países Baixos.

M125[editar | editar código-fonte]

Porta-morteiros de 81 mm

M132[editar | editar código-fonte]

Veículo lança-chamas, dotado de uma torre com lança-chamas e metralhadora coaxial, mais tanques de combustível na traseira.

Um M113 do exército lituano.

M163 Vulcan[editar | editar código-fonte]

Veículo de Defesa Antiaérea, equipado com uma peça antiaérea M6A1 composta de 6 canos 20mm.

M474[editar | editar código-fonte]

Veículo lançador de mísseis Pershing.

M548[editar | editar código-fonte]

Transporte de carga com lagartas, não blindado.

M577[editar | editar código-fonte]

Veículo posto de comando tático.

M730[editar | editar código-fonte]

Veículo de lançamento de mísseis antiaéreos M48_Chaparral.

M901[editar | editar código-fonte]

Veículo de lançamento de mísseis anticarro TOW.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências