Voo dinâmico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Voo dinâmico[nota 1] é uma técnica de voo em que se consegue obter energia cinética, sem esforço, ao se cruzar repetidamente a fronteira entre massas de ar[nota 2] entre as quais existe uma diferença significativa de velocidade horizontal.

Essas zonas de elevado gradiente de vento situam-se geralmente junto a obstáculos e à superfície, pelo que é usado essencialmente por aves, como os albatrozes,[1] embora os mais habilidosos pilotos de planadores consigam realizar voo dinâmico aproveitando o cisalhamento do vento que ocorre a grandes altitudes.

Notas

  1. Tradução da expressão inglesa dynamic soaring.[2]
  2. Essas massas de ar são denominadas (em inglês) shear winds,[2] ou seja, "ventos de cisalhamento". Os shear winds são as massas de ar que estão presentes no fenômeno meteorológico denominado windshear.

Referências

  1. Azuma, Akira. The Biokinetics of Flying and Swimming (em en). 2 ed. [S.l.]: American Institute of Aeronautics & Ast (AIAA). 514 p. ISBN 9781563477812
  2. a b Sachs, G.; Traugott, J.; Nesterova, A. P.; Bonadonna, F. (14 de janeiro de 2013). "Experimental verification of dynamic soaring in albatrosses" (PDF) (em inglês). The Journal of Experimental Biology p. 4222-4232. The Company of Biologists Ltd. DOI:10.1242/jeb.085209. Visitado em 30 de outubro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.