Voo dinâmico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Voo dinâmico[nota 1] é uma técnica de voo em que se consegue obter energia cinética, sem esforço, ao se cruzar repetidamente a fronteira entre massas de ar[nota 2] entre as quais existe uma diferença significativa de velocidade horizontal.

Essas zonas de elevado gradiente de vento situam-se geralmente junto a obstáculos e à superfície, pelo que é usado essencialmente por aves, como os albatrozes,[2] embora os mais habilidosos pilotos de planadores consigam realizar voo dinâmico aproveitando o cisalhamento do vento que ocorre a grandes altitudes.

Notas

  1. Tradução da expressão inglesa dynamic soaring.[1]
  2. Essas massas de ar são denominadas (em inglês) shear winds,[1] ou seja, "ventos de cisalhamento". Os shear winds são as massas de ar que estão presentes no fenômeno meteorológico denominado windshear.

Referências

  1. a b Sachs, G.; Traugott, J.; Nesterova, A. P.; Bonadonna, F. (14 de janeiro de 2013). "Experimental verification of dynamic soaring in albatrosses" (PDF) (em inglês). The Journal of Experimental Biology p. 4222-4232. The Company of Biologists Ltd. DOI:10.1242/jeb.085209. Visitado em 30 de outubro de 2014.
  2. Azuma, Akira. The Biokinetics of Flying and Swimming (em inglês). 2. ed. [S.l.]: American Institute of Aeronautics & Ast (AIAA). 514 pp. ISBN 9781563477812 e ISBN 1563477815.
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.