Década de 1950

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Anos cinquenta)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A década de 1950, também referida como década de 50 ou ainda anos 50, compreende o período de tempo entre 1 de janeiro de 1950 e 31 de dezembro de 1959.

SÉCULOS: Século XIXSéculo XXSéculo XXI
DÉCADAS: 19001910192019301940195019601970198019902000
ANOS: 19501951195219531954195519561957195819591960

Visão geral

É considerada uma época de transição entre o período de guerras da primeira metade do Século XX e o período das revoluções comportamentais e tecnológicas da segunda metade. Nesta época teve início a chegada da televisão em Portugal e no Brasil. Esta época também foi considerada a "idade de ouro" do cinema e também foi a época de importantes descobertas científicas como o ADN (Ácido Desoxirribonucleico, ou DNA). O campeão da Copa do Mundo em 1950 foi, pela segunda vez, o Uruguai, em 1954 a Alemanha Ocidental conquistou a Taça do Mundo pela primeira vez, Em 1958, a Seleção Brasileira de Futebol faturou também o seu primeiro título mundial.

A prosperidade econômica experimentada por muitos países durante a década de 1950 foi de natureza semelhante a que foi experimentada na década de 1920 e também a que ocorreu na década de 1990. Cada período de prosperidade foi o resultado de uma mudança de paradigma nos assuntos globais. As mudanças nas décadas de 1950 ocorreram em parte como resultado da conclusão da Segunda Guerra Mundial.[1]

Arquitetura

Nesta década é popular o movimento googie (também conhecido como populuxe ou Doo-Wop), influenciado pela cultura automobilística e as eras espacial e atômica. Assim como ocorreu com o estilo Art Deco das décadas de 1920, 1930 e 1940, o Googie tornou-se cada vez mais desvalorizado com o passar do tempo, e muitas construções feitas neste estilo foram demolidas.

Guerras

Guerra Fria

Guerra da Coreia

A guerra, que durou de 25 de junho de 1950, até a assinatura do Acordo de Armistício da Coreia em 27 de julho de 1953, começou como uma guerra civil na Coreia. Quando começou, a Coreia do Norte e do Sul existiam como governos provisórios que competiam pelo controle sobre a península coreana, devido à divisão da Coreia por poderes externos. Embora originalmente uma guerra civil, ela rapidamente escalou em uma guerra entre envolvendo a influência das superpotências rivais da União Soviética e dos Estados Unidos.

Em 15 de setembro, o general Douglas MacArthur conduziu a Operação Chromite, um desembarque anfíbio na cidade de Inchon. O exército da Coreia do Norte entrou em colapso e, dentro de alguns dias, o exército de MacArthur retomou Seul (capital da Coreia do Sul). Ele então empurrou os norte-coreanos para o norte, capturando Pyongyang em outubro. A intervenção chinesa no mês seguinte levou as forças da ONU para o sul novamente. MacArthur planejou então uma invasão em grande escala da China, mas isso foi contra os desejos do presidente Truman e outros que queriam uma guerra limitada. Ele foi demitido e substituído pelo general Matthew Ridgeway. A guerra tornou-se um impasse sangrento para os próximos dois anos e meio, enquanto as negociações da paz arrastavam.

A guerra deixou 33 742 soldados americanos mortos, 92 134 feridos e 80 000 desaparecidos em ação ou prisioneiro de guerra. As estimativas colocam vítimas coreanas e chinesas em 1 000 000-1 400 000 mortos ou feridos.

Líderes mundiais

Mídia

Os anos 50 são considerados como a Era de Ouro da Televisão por algumas pessoas. As vendas de televisores aumentaram enormemente e em 1950 4,4 millhões de famílias americanas tinham um aparelho televisor. Os americanos devotavam a maior parte do seu tempo livre para ver canais de televisão.

Ciência

Tecnologia

Cinema

Música

Moda

  • Topete
  • No Início da década as vestimentas recebem influências da moda da década anterior como saias godê e soutiens de bojo.
  • Calça jeans
  • No final da década, dá-se início ao movimento Beat, que veio a se tornar influência na década seguinte.
  • No final dessa década o padrão de beleza é marcado pelo corpo esquálido, baseado na modelo inglesa Twiggy (n. 1949) e na atriz Raquel Welch. Muito diferente do corpo dos anos 1940 marcado pelas curvaturas corporais das atrizes Marilyn Monroe e Ava Gardner.
  • No início da década é padrão de beleza foi marcado pelo Brigitte Bardot até 1957.
  • Estampas de poás eram também muito usadas pelas mulheres nessa época

Esportes

Cronologia

1951

  • No dia 23 de junho, é publicado no jornal "The New York Times", um estudo que revela que a televisão está mudando a maneira como a sociedade norte-americana encara o lazer, a política, a leitura e se expressa culturalmente.

1952

Gene Kelly dança a canção-título do filme "Cantando na Chuva". Em 8 de março, um coração artificial é utilizado pela primeira vez em um ser humano, no Hospital Pennsylvania, da Filadélfia, nos Estados Unidos. No dia 24 de abril, o pintor espanhol Pablo Picasso e vários outros artistas de esquerda reafirmam aos comunistas sua crença no realismo socialista.

Estreia em Nova York, em 23 de outubro, o filme "Luzes da Ribalta", de Charles Chaplin. No dia 5 de novembro, Dwight Eisenhower é eleito presidente dos Estados Unidos pelo Partido Republicano.

A Comissão de Energia Atômica dos Estados Unidos anuncia, no dia 16 de novembro, que a bomba H está pronta para ser usada

1953

A 20th Century Fox Film Corporation comunica, no dia 1 de fevereiro, que vai converter todo seu sistema de filmagem para o de tela ampliada, chamado Cinemascope,

O casal Rosemberg é executado nos Estados Unidos, em 19 de junho. Em 28 de julho, um armistício suspende a Guerra da Coreia, após 3 anos.

Vargas sanciona lei de monopólio do petróleo brasileiro, criando a Petrobras, no dia 3 de outubro.

É inaugurada a TV Record.

Nesse ano, Marilyn Monroe se torna uma diva do cinema com o filme "Os Homens Preferem as Loiras". O filme "A Um Passo da Eternidade", com Burt Lancaster e Deborah Kerr causa escândalo e sua exibição quase é proibida por causa do célebre beijo da praia entre os dois atores.

A revista Playboy é fundada.

1954

Em 5 de fevereiro, Chanel reabre sua maison em Paris, fechada em 1939 por causa da guerra.

Em 24 de maio, a IBM (International Business Machines), empresa dos Estados Unidos, anuncia que fabricou um cérebro eletrônico projetado especificamente para uso em negócios.

Em 4 de julho, na Copa do Mundo disputada na Suíça, a Alemanha Ocidental conquistou seu primeiro título da competição, ao vencer a Hungria por 3 a 2 na final.

Mao Tse-tung é reeleito para outro mandato de quatro anos como presidente da República Popular da China, no dia 27 de setembro

Ernest Hemingway ganha o Prêmio Nobel de Literatura em 10 de dezembro. Entre suas obras, destacam-se "Adeus às Armas (1929), "Por Quem os Sinos Dobram" (1940) e "O Velho e o Mar" (1952), que lhe rendeu, em 1953, o Prêmio Pulitzer.

Astrônomos anunciam, em 27 de dezembro, que a observação de 800 galáxias mostra que o universo nasceu de uma gigantesca explosão cósmica — chamada de Big Bang — que teria ocorrido há 5,5 bilhões de anos

No Brasil, o Presidente Getúlio Vargas comete suicídio , com um tiro no coração, em seu quarto, no Palácio do Catete, na cidade do Rio de Janeiro, então capital federal.

1955

Em 14 de maio, as nações do bloco oriental firmam o Pacto de Varsóvia, que as unifica militarmente

No dia 31 de maio, a [[Suprema Corte dos Estados Unidos] determina aos Estados o fim da segregação racial.

Em 5 de agosto, falece a cantora Carmen Miranda.

Em 3 de outubro, Juscelino Kubitschek é eleito presidente do Brasil.

Em 26 de novembro, a então União Soviética, confirma que possui a bomba de hidrogênio.

Neste ano, a indústria japonesa Sony lança o primeiro rádio portátil transistorizado produzido em massa.

Estreia o filme "Juventude Transviada", com James Dean, que se torna o símbolo de rebeldia dos anos 50.

1956

Em 1º de fevereiro, o presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek, expõe, em seu primeiro dia de governo, um plano desenvolvimentista em que promete fazer o país avançar "50 anos em 5".

Em 22 de março, o reverendo Martin Luther King Jr. é considerado culpado dos boicotes ao serviço de ônibus de Montgomery, em Alabama, nos Estados Unidos.

Em 9 de setembro, Elvis Presley bate recorde de audiência em sua apresentação na TV.

1957

Em 16 de fevereiro, o prefeito de São Paulo, Jânio Quadros, proíbe o rock and roll nos bailes.

A 7 de março, iniciam as transmissões públicas de televisão em Portugal com a RTP.

Em 27 de julho, Pelé estreia na seleção brasileira com 16 anos e marca o único gol na derrota para a Argentina por 2 a 1.

A União Soviética anuncia, em 4 de outubro, que lançou com sucesso em órbita ao redor da Terra o primeiro satélite fabricado pelo homem, o Sputnik 1.

A União Soviética lança, no dia 3 de novembro, seu segundo satélite espacial, desta vez tripulado por uma cadela chamada Laika.

Albert Camus recebe o Prêmio Nobel de Literatura no dia 10 de dezembro. Entre suas obras, destacam-se O Estrangeiro (1942) e a peça Calígula (1948).

Em 19 de dezembro, a Otan aprova a presença de armas atômicas dos Estados Unidos na Europa, incluindo mísseis de alcance intermediário.

O livro On the Road, de Jack Kerouac, faz sucesso e marca a chamada geração beat. O beatniks falam no ritmo e na linguagem do jazz e detestam a obsessão da classe média por objetos e pela harmonia. Os poetas Allen Ginsberg e Lawrence Ferlinghetti são alguns dos representantes dessa nova tendência.

1958

Em 29 de junho, na Copa do Mundo disputada na Suécia, o Brasil conquistou seu primeiro título da competição, ao vencer a Suécia por 5 a 2 na final.

1959

Referências