Arkham Asylum: A Serious House on Serious Earth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arkham Asylum: A Serious House on Serious Earth
Arkham Asylum A Serious House on Serious Earth.jpg
Capa de Arkham Asylum: A Serious House on Serious Earth. Arte por Dave McKean.
Editora(s) DC Comics
Primeira publicação Outubro de 1989
Argumento Grant Morrison
Desenho Dave McKean
Personagens principais Batman
O Coringa
Amadeus Arkham

Arkham Asylum: A Serious House on Serious Earth (muitas vezes abreviado para Batman: Arkham Asylum, ou em português Batman: Asilo Arkham) é um romance gráfico de Batman, escrito por Grant Morrison e ilustrado por Dave McKean, originalmente publicado nos Estados Unidos pela DC Comics em 1989. O subtítulo é retirado do poema "Church Going" de Philip Larkin.[1]

O romance gráfico foi a primeira história de Batman escrita por Morrison antes de se tornar um escritor regular em futuros títulos do personagem. Inspirado noutros trabalhos como The Dark Knight Returns, Morrison concebeu a história para ser a sua abordagem pessoal ao personagem, usando muitas referências simbólicas e desconstruindo muitos dos icônicos vilões de Batman. O enredo segue o vigilante Batman, que foi chamado para tentar dominar um motim que teve lugar no Asilo Arkham, um infame hospital psiquiátrico que aloja os mais perigosos super-vilões de Gotham City. Lá dentro, Batman luta contra muitos da sua duradoura galeria de vilões como o Coringa, Duas-Caras, Espantalho e Crocodilo; muitos deles tinham mudado desde a última vez que Batman os tinha visto. À medida que a aventura de Batman continua, tornando-se mais profunda, ele acaba por descobrir as origens do Asilo, porque razão foi estabelecido, a história do seu construtor Amadeus Arkham e o mistério psicológico e supernatural que tem atormentado a área.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Aquando do seu lançamento, Arkham Asylum: A Serious House on Serious Earth foi um sucesso comercial e aclamado pela critica, considerado por muitos como uma das melhores histórias de sempre do Batman, e um dos melhores trabalhos da carreira de Grant Morrison.[2] Já foi descrito como “diferente de qualquer outro livro Batman” e "um dos melhores livros de sempre de super-heróis a agraciar uma estante".[3]

O IGN e a revista Complex colocaram-no em #4 na sua lista dos "25 Melhores Romances Gráficos de Batman".[4][5] Vários elementos de Arkham Asylum: A Serious House on Serious Earth inspiraram e foram incorporados noutros media relacionados com Batman, como filmes e videojogos. O romance gráfico acabou por se tornar a história definitiva do Asilo Arkham, uma parte critica e fulcral do mito Batman.

Em 1992, a edição brasileira da revista (publicada em 1991 pela editora Abril) ganhou o Troféu HQ Mix de "melhor edição especial estrangeira"[6]

O romance-gráfico também inspirou o jogo eletrônico Batman: Arkham Asylum, de 2009, que também foi muito aclamado pela crítica. Ele pegou diversos elementos como base, incluindo seu tema mais sombrio e sua história que visava 'desconstruir' o herói.

Referências

  1. Jackson, Matthew. «COMICS REWIND: 'Arkham Asylum: A Serious House on Serious Earth'». Nerd Bastards  11 de junho de 2011
  2. Perpetua, Matthew. «The Best of Grant Morrison». Rolling Stones  22 de agosto de 2011
  3. Hilary Goldstein (17 de junho de 2005). «"Batman: Arkham Asylum Review"». IGN. Consultado em 21 de julho de 2015 
  4. Hilary Goldstein (13 de junho de 2005). «The 25 Greatest Batman Graphic Novels». IGN. Consultado em 11 de junho de 2011. Cópia arquivada em 15 de maio de 2011  |deadurl= e |urlmorta= redundantes (ajuda)
  5. Serafino, Jason (1 de maio de 2015). «"The 25 Best Batman Comics Of All Time"». Complex. Consultado em 27 de novembro de 2015 
  6. «Conheça os premiados do 20° troféu HQMIX e anteriores». Portal Oficial do Troféu HQ Mix. 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]