Boom Bang-a-Bang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

"Boom Bang-a-Bang" foi a canção que representou o Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção 1969 que teve lugar em Madrid. Foi interpretada em inglês por Lulu. Foi a sétima canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção italiana: "Due grosse lacrime bianche", cantada por Iva Zanicchi e antes da canção neerlandesa "De trobadour". Terminou a competição em 1.º lugar com 18 pontos, empatada com outras três canções "Vivo cantando", cantada por Salomé pela Espanha, "De troubadour", pelos Países Baixos, interpretada por Lenny Kuhr e "Un jour, un enfant" pela França, interpretada por Frida Boccara.

Autores[editar | editar código-fonte]

A canção tinha letra de Peter Warne e música por Alan Moorhouse. que também escreveu a canção "Kiss Me, Honey Honey, Kiss Me", interpretada por Shirley Bassey[1]. Foi orquestrada por Johnny Harris.

Letra da canção[editar | editar código-fonte]

Foi a segunda canção com um título sem sentido, a vencer o Festival Eurovisão da Canção, a seguir a La, la, la de Massiel, no ano anterior. Liricamente, a canção é um apelo da cantora ao seu amante para abraçá-la firmemente. Ela mais à frente vai explicar que "o meu coração vai boom bang-a-bang boom bang-a-bang, quando está próximo, contando com o acompanhamento musical. O single alcançou o n.º 2 do top de singles britânico e foi um grande sucesso por toda a Europa Ocidental. Curiosamente, esta canção foi incluída ma lista negra das canções banidas pela BBC durante a Guerra do Golfo, em 1991.[2]

Versões[editar | editar código-fonte]

Lulu gravou esta canção também em francês, alemão, castelhano e italiano e todas estas versões tinham o título original.

Fontes e ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Discografia no AllMusic
  2. The Times Online 6 de dezembro de 2008 "A música que a BBC baniu" consultado em 15-12-1998
Precedido por
La, La, La por Massiel

co-vencedor com Un jour, un enfant por Frida Boccara, De troubadour por Lenny Kuhr e Vivo cantando por Salomé

1969
Sucedido por
All Kinds of Everything por Dana
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música

Reino Unido "Boom Bang-a-Bang", canção do Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção 1969.