Festival Eurovisão da Canção 1992

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Festival Eurovisão da Canção 1992
 Suécia
Malmö isstadion 2.jpg
Logo do Festival Eurovisão da Canção 1992
Edição
37.ª edição
Datas
Final 9 de maio de 1992
Anfitrião
Local Malmö Isstadion, Malmö
Apresentador(es) Suécia Lydia Cappolicchio
Suécia Harald Treutiger
Diretor Suécia Kåge Gimtell
Maestro Suécia Anders Berglund
Supervisor executivo Suíça Frank Naef
Estação anfitriã SVT 2016.svg SVT
Atuações
Atuações de abertura Carola Häggkvist a cantar "All the Reasons to Live"
Atuações nos intervalos A Century of Dance
Participantes
Número de entradas 23 países
Países estreantes Nenhum
Países de regresso  Países Baixos
Países de saída Nenhum
Mapa dos países participantes
Portugal no Festival Eurovisão da CançãoEspanha no Festival Eurovisão da CançãoSan Marino no Festival Eurovisão da CançãoFrança no Festival Eurovisão da CançãoReino Unido no Festival Eurovisão da CançãoIrlanda no Festival Eurovisão da CançãoIslândia no Festival Eurovisão da CançãoBélgica no Festival Eurovisão da CançãoPaíses Baixos no Festival Eurovisão da CançãoSuíça no Festival Eurovisão da CançãoAlemanha no Festival Eurovisão da CançãoDinamarca no Festival Eurovisão da CançãoMalta no Festival Eurovisão da CançãoItália no Festival Eurovisão da CançãoNoruega no Festival Eurovisão da CançãoSuécia no Festival Eurovisão da CançãoFinlândia no Festival Eurovisão da CançãoEstónia no Festival Eurovisão da CançãoLetónia no Festival Eurovisão da CançãoLituânia no Festival Eurovisão da CançãoEslováquia no Festival Eurovisão da CançãoÁustria no Festival Eurovisão da CançãoEslovénia no Festival Eurovisão da CançãoHungria no Festival Eurovisão da CançãoCroácia no Festival Eurovisão da CançãoBósnia e Herzegovina no Festival Eurovisão da CançãoSérvia e Montenegro no Festival Eurovisão da CançãoSérvia e Montenegro no Festival Eurovisão da CançãoAlbânia no Festival Eurovisão da CançãoMacedónia no Festival Eurovisão da CançãoGrécia no Festival Eurovisão da CançãoBulgária no Festival Eurovisão da CançãoRoménia no Festival Eurovisão da CançãoMoldávia no Festival Eurovisão da CançãoUcrânia no Festival Eurovisão da CançãoBielorrússia no Festival Eurovisão da CançãoRússia no Festival Eurovisão da CançãoGeórgia no Festival Eurovisão da CançãoAzerbaijão no Festival Eurovisão da CançãoTurquia no Festival Eurovisão da CançãoChipre no Festival Eurovisão da CançãoIsrael no Festival Eurovisão da CançãoArménia no Festival Eurovisão da CançãoMarrocos no Festival Eurovisão da CançãoLiechtenstein no Festival Eurovisão da CançãoAndorra no Festival Eurovisão da CançãoMónaco no Festival Eurovisão da CançãoPolónia no Festival Eurovisão da CançãoRepública Checa no Festival Eurovisão da CançãoLuxemburgo no Festival Eurovisão da CançãoLíbano no Festival Eurovisão da CançãoTunísia no Festival Eurovisão da CançãoArgélia no Festival Eurovisão da CançãoUm mapa colorido dos países da Europa
Sobre esta imagem

     Países confirmados que já escolheram o seu artista e/ou canção     Países que não se classificaram para a final     Países que participaram no passado mas não em 1992

Votação
Sistema de
voto
A votação baseou-se num júri por país que atribuiu 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 ponto às suas 10 canções favoritas, por ordem de preferência.
Vencedor(a)  Irlanda
Linda Martin
"Why Me?"
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png   1991     Wiki Eurovision Heart (Infobox).svg     1993   Fleche-defaut-droite-gris-32.png

O Festival Eurovisão da Canção 1992 (em inglês: Eurovision Song Contest 1992, em francês: Concours Eurovision de la chanson 1992 e em sueco: Eurovisionens Melodi Festival 1992) foi o 37º Festival Eurovisão da Canção e realizou-se a 9 de maio de 1992, na cidade de Malmö, na Suécia. Os apresentadores do evento foram Harald Treutiger e Lydia Cappolicchio. Linda Martin foi a vencedora deste festival com a canção "Why Me?" (Porquê Eu?). A canção foi escrita por Johnny Logan, vencedor do Festival Eurovisão da Canção 1980 e do Festival Eurovisão da Canção 1987, enquanto cantor.

Local[editar | editar código-fonte]

Mais sobre a cidade anfitriã: Malmö

O Festival Eurovisão da Canção 1992 ocorreu em Malmö, na Suécia. Malmö é uma cidade da Suécia, capital da comuna homônima e capital da província de Escânia. Em 2017 contava com uma população de 312 012 habitantes, sendo deste modo a terceira cidade mais populosa do país. O estreito de Öre (Öresund) separa esta cidade da cidade de Copenhaga, na Dinamarca.[1][2][3][4][5][6] Em termos económicos, Malmö é um porto exportador de lacticínios, produtos agrícolas, químicos e florestais e importador de combustíveis e maquinaria. A cidade possui indústrias de construção naval, cerveja, açúcar, maquinaria, têxteis, fosfatos, cimento, etc. Foi uma das primeiras e mais industrializadas cidades da Suécia. Malmö foi importante porto da Liga Hanseática. Os principais monumentos a visitar nesta cidade são a fortaleza de Malmö, o edifício da Câmara Municipal e a igreja gótica de São Pedro, construída no século XIV.

O festival em si realizou-se no Malmö Isstadion, é um recinto desportivo, com uma capacidade para 4800 pessoas e foi construída em 1970.

Formato[editar | editar código-fonte]

Os Países Baixos regressaram ao certame e, para permitir que Malta também participasse, aumentaram o número de vagas para 23, o maior número de países concorrentes até então.

A antiga República Socialista Federativa da Jugoslávia deixou de existir como país, em 1992, dando origem a quatro novas nações. No entanto, a nova República Federativa da Jugoslávia foi responsável pela participação do país nesta edição do Festival Eurovisão da Canção. Este território passou a ser oficialmente designado, em 2003, como Sérvia e Montenegro.[7]

Tal como em 1990, esta edição contou também com uma mascote: o Eurobird. Este serviu para animar a apresentação dos temas a concurso.

Geraldine Olivier sagrou-se vencedora do Concours Eurovision 1992 (final nacional suíça) com o tema "Soleil, Soleil". No entanto, como este tema não respeitava o regulamento acabou por ser substituído por "Mister Music Man" interpretado por Daisy Auvray que tinha alcançado o segundo lugar neste certame.

Visual[editar | editar código-fonte]

A abertura da competição começou com uma animação em vídeo. A câmera saiu de Roma e do Coliseu, circulou a Torre de Pisa, sobrevoou os Alpes, foi para Paris e a Torre Eiffel e depois contornou a costa europeia para Malmö. Um vídeo com vistas turísticas da Suécia e Malmö seguiu-se. A câmera então revelou o palco com os dançarinos a dançarem "Fångad av in stormvind", a música vencedora do ano anterior. Os apresentadores cumprimentaram os espetadores e aludiram às mudanças políticas contemporâneas e ao surgimento de novos países europeus. Os apresentadores lembraram ainda que aquele dia, 9 de maio, é o dia da Europa. Esta sequência terminou com dois vídeos curtos: o primeiro mostrando uma vitória sueca em uma competição de hóquei no gelo e o segundo com a vitória de Carola em Roma no concurso anterior. Carola então subiu ao palco e cantou "All the Reasons to Live". No final de sua atuação, ela foi acompanhada por vinte e três dançarinos, cada um carregando a bandeira de um dos países participantes.

A orquestra era dirigida por Anders Berglund.

O cenário, inspirado na história de Malmö, foi preenchido pela proa de um barco viking com uma decoração iluminada de uma ponte como pano de fundo.

Os apresentadores foram Lydia Cappolicchio e Harald Treutiger[7], que falaram aos espectadores em sueca, inglês e francês.

Os cartões postais desdobraram-se sobre as páginas de um álbum de lembranças. Eurobird aparecia na tela e virava as páginas com uma varinha mágica. Cada página incluía a bandeira nacional do país participante, o título da música e os nomes de seus autores e compositores. A bandeira então se expandiu, lançando um vídeo turístico sobre o país. Os cartões postais terminaram com um mapa final na página e a saída do Eurobird. Os apresentadores finalmente cumprimentaram o maestro.

O intervalo foi ocupado por um balé contemporâneo, intitulado "A Century Of Dance" e realizado por David Johnson Dancers. Este ballet revisitou a história da dança do século XX, em ordem cronológica de sua aparência: o hambo, o charleston, o rock 'n' roll, o twist, o disco, o slow e o hip-hop[8]

Votação[editar | editar código-fonte]

Cada país tinha um júri composto por 11 elementos, que atribuiu 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 pontos às dez canções mais votadas.

O supervisor executivo da EBU foi Frank Naef. Os apresentadores lembraram que ele estava oficiando há quinze anos e, em seguida, anunciou que ele estava se aposentando naquele ano. Frank Naef agradeceu e confirmou que a Eurovisão permaneceria, mas teria de se adaptar para acolher novos países que desejassem participar. Ele então felicitou calorosamente a televisão pública sueca pela sua eficiência. Concluiu agradecendo aos dois colaboradores mais próximos, que o ajudaram desde 1977: Marie-Claire Vionnet e Brian Fraser. Ele recebeu um buquê de flores de Carola.

Durante a votação, a câmera fez vários close-ups dos artistas. Em particular, Linda Martin e o Michael Ball apareceram.

Participações individuais[editar | editar código-fonte]


Participantes[editar | editar código-fonte]

  Países participantes
País Título original da Canção Artista Processo Data da Selecção
Tradução em Português Idiomas de Interpretação
 Alemanha "Träume sind für alle da" Wind Ein lied für Malmö 1992 30 de março de 1992
Sonhos estão aí para toda o mundo Alemão
 Áustria "Zusammen geh'n" Tony Wegas Seleção interna -
Vamos juntos Alemão
 Bélgica "Nous, on veut des violons" Morgane Concours Eurovision de la Chanson – Finale Nationale 1992 8 de março de 1992
Nós queremos violinos Francês
 Chipre "Teriazoume" (Ταιριάζουμε) Evridiki Kýprioi Telikoú tis Diagonismós Tragoudioú Eurovision 1992 13 de março de 1992
Nós combinamos Grego
 Dinamarca "Alt det som ingen ser" Kenny Lübcke & Lotte Nilsson Dansk Melodi Grand-Prix 1992 29 de fevereiro de 1992
Todas as coisas que ninguém vê Dinamarquês
 Espanha "Todo esto es la música" Serafín Zubiri Selecção Interna -
Tudo isto é música Castelhano
 Finlândia "Yamma-Yamma" Pave Maijanen Euroviisut 1992 29 de fevereiro de 1992
Yamma-Yamma Finlandês
 França "Monté la riviè" Kali Seleção interna -
Sobe o rio Francês & Crioulo haitiano
 Grécia "Olou tou kosmou i Elpida" (Όλου του κόσμου η Ελπίδα) Cleopatra Seleção interna -
O Mundo inteiro de esperança Grego
 Irlanda "Why Me?" Linda Martin National Song Contest 1992 29 de março de 1992
Porquê Eu? Inglês
 Islândia "Nei eða já" Heart 2 Heart Íslenska Söngvakeppni Sjónvarpsins 1992 22 de fevereiro de 1992
Não ou Sim Islandês
 Israel "Ze Rak Sport" (זה רק ספורט) Dafna Dekel Kdam Eurovision 1992 28 de março de 1992
Isto é Apenas Desporto Hebraico
 Itália "Rapsodia" Mia Martini Seleção interna -
Rapsódia Italiano
 Iugoslávia "Ljubim te pesmama" (Љубим те песмама) Extra Nena Pjesma Eurovizije 1992 28 de março de 1992
Eu estou beijando-te com canções Servo-Croata
 Luxemburgo "Sou fräi" Marion Welter & Kontinent Finale nationale luxembourgeoise 1992 15 de março de 1992
Tão livre Luxemburguês
 Malta "Little Child" Mary Spiteri Kanzunetta għall-Ewropa 1992 14 de março de 1992
Criancinha Inglês
 Noruega "Visjoner" Merethe Trøan Melodi Grand-Prix 1992 21 de março de 1992
Visões Norueguês
 Países Baixos "Wijs me de weg" Humphrey Campbell Nationaal Songfestival 1992 29 de março de 1992
Mostra-me o caminho Holandês
 Portugal "Amor D'Água Fresca" Dina Festival RTP da Canção 1992 7 de março de 1992
Amor D'Água Fresca Português
 Reino Unido "One Step Out of Time" Michael Ball A song for Europe 1992 3 de abril de 1992
Um passo fora do tempo Inglês
 Suécia "I morgon är en annan dag" Christer Björkman Melodifestivalen 1992 14 de março de 1992
Amanhã é outro dia Sueco
 Suíça "Mister Music Man" Daisy Auvray Finale nationale suisse 1992 23 de fevereiro de 1992
Senhor Músico Francês
 Turquia "Yaz bitti" Aylin Vatankoş Eurovision Şarkı Yarışması Türkiye Finali 1992 21 de março de 1992
O verão acabou Turco

Festival[editar | editar código-fonte]

# País Idioma[9] Artista Canção Tradução para Português Lugar Pontuação
 Espanha Castelhano Serafín Zubiri "Todo esto es la música" Tudo isto é música 14º 37
 Bélgica Francês Morgane "Nous, on veut des violons" Nós queremos violinos 20º 11
 Israel Hebraico Dafna Dekel "Ze Rak Sport" (זה רק ספורט) Isto é Apenas Desporto 85
 Turquia Turco Aylin Vatankoş "Yaz bitti" O verão acabou 19º 17
 Grécia Grego Cleopatra "Olou tou kosmou i Elpida" (Όλου του κόσμου η Ελπίδα) O Mundo inteiro de esperança 94
 França Francês & Crioulo haitiano Kali "Monté la riviè" Sobe o rio 73
 Suécia Sueco Christer Björkman "I morgon är en annan dag" Amanhã é outro dia 22º 9
 Portugal Português Dina "Amor D'Água Fresca" Amor D'Água Fresca 17º 26
 Chipre Grego Evridiki "Teriazoume" (Ταιριάζουμε) Nós combinamos 11º 57
10º  Malta Inglês Mary Spiteri "Little Child" Criancinha 123
11º  Islândia Islandês Heart 2 Heart "Nei eða já" Não ou Sim 80
12º  Finlândia Finlandês Pave Maijanen "Yamma-Yamma" Yamma-Yamma 23º 4
13º  Suíça Francês Daisy Auvray "Mister Music Man" Senhor Músico 15º 32
14º  Luxemburgo Luxemburguês Marion Welter & Kontinent "Sou fräi" Tão livre 21º 10
15º  Áustria Alemão Tony Wegas "Zusammen geh'n" Vamos juntos 10º 63
16º  Reino Unido Inglês Michael Ball "One Step Out of Time" Um passo fora do tempo 139
17º  Irlanda Inglês Linda Martin "Why Me?" Porquê Eu? 155
18º  Dinamarca Dinamarquês Kenny Lübcke & Lotte Nilsson "Alt det som ingen ser" Todas as coisas que ninguém vê 12º 47
19º  Itália Italiano Mia Martini "Rapsodia" Rapsódia 111
20º  Iugoslávia Servo-Croata Extra Nena "Ljubim te pesmama" (Љубим те песмама) Eu estou beijando-te com canções 13º 44
21º  Noruega Norueguês Merethe Trøan "Visjoner" Visões 18º 23
22º  Alemanha Alemão Wind "Träume sind für alle da" Sonhos estão aí para toda o mundo 16º 27
23º  Países Baixos Holandês Humphrey Campbell "Wijs me de weg" Mostra-me o caminho 67

Resultados[editar | editar código-fonte]

A ordem de votação no Festival Eurovisão da Canção 1992, foi a seguinte:[10]

  Vencedor
  2º classificado
  3º classificado
Países Votantes Países Pontuados
Espanha Bélgica Israel Turquia Grécia França Suécia Portugal Chipre Malta Islândia Finlândia Suíça Luxemburgo Áustria Reino Unido República da Irlanda Dinamarca Itália Sérvia e Montenegro Noruega Alemanha Países Baixos
 Espanha 3 10 6 12 8 2 5 1 4 7
 Bélgica 1 10 4 5 8 12 7 3 6 2
 Israel 7 12 8 3 4 1 2 6 10 5
 Turquia 1 4 2 8 3 10 12 5 6 7
 Grécia 4 2 10 7 6 8 12 3 1 5
 França 6 3 8 7 1 2 10 12 5 4
 Suécia 4 3 12 6 1 5 10 7 8 2
 Portugal 7 5 2 12 6 3 4 1 8 10
 Chipre 4 12 3 1 8 6 5 10 2 7
 Malta 2 7 8 1 10 4 6 12 5 3
 Islândia 2 8 12 4 7 6 10 5 1 3
 Finlândia 3 5 7 2 8 6 10 12 4 1
 Suíça 4 10 12 2 5 3 8 6 7 1
 Luxemburgo 3 1 8 12 5 7 10 6 2 4
 Áustria 2 1 4 8 7 12 10 3 6 5
 Reino Unido 1 7 12 4 10 8 3 5 6 2
 Irlanda 3 5 6 10 1 12 7 4 2 8
 Dinamarca 1 2 4 8 5 7 12 10 6 3
 Itália 7 12 6 1 4 3 5 10 8 2
 Iugoslávia 12 6 7 4 5 8 10 3 2 1
 Noruega 5 2 8 10 3 1 7 6 12 4
 Alemanha 4 3 8 6 12 10 5 1 2 7
 Países Baixos 1 3 4 6 8 5 2 7 10 12
Total 37 11 85 17 94 73 9 26 57 123 80 4 32 10 63 139 155 47 111 44 23 27 67
Lugar 14º 20º 19º 22º 17º 11º 23º 15º 21º 10º 12º 13º 18º 16º
Países Votantes Espanha Bélgica Israel Turquia Grécia França Suécia Portugal Chipre Malta Islândia Finlândia Suíça Luxemburgo Áustria Reino Unido República da Irlanda Dinamarca Itália Sérvia e Montenegro Noruega Alemanha Países Baixos
Países Pontuados
Resultados acumulados
Países Votantes Países Pontuados
Espanha Bélgica Israel Turquia Grécia França Suécia Portugal Chipre Malta Islândia Finlândia Suíça Luxemburgo Áustria Reino Unido República da Irlanda Dinamarca Itália Sérvia e Montenegro Noruega Alemanha Países Baixos
 Espanha 0 3 10 0 0 6 0 0 0 12 8 0 0 0 2 5 1 4 0 0 0 0 7
 Bélgica 1 3 10 0 0 6 0 0 0 22 12 0 5 0 10 17 8 4 0 0 3 6 9
 Israel 1 3 10 0 7 18 0 8 3 22 16 1 5 0 10 19 8 10 0 10 3 6 14
 Turquia 2 7 12 0 15 21 0 8 3 22 16 1 5 0 10 29 20 10 5 16 3 6 21
 Grécia 6 7 12 0 15 21 0 10 13 29 22 1 5 0 18 29 32 10 8 17 3 6 26
 França 12 10 20 0 22 21 1 10 15 29 22 1 5 0 18 39 32 10 20 22 3 6 30
 Suécia 12 10 24 0 25 21 1 10 15 41 28 1 5 0 19 44 42 17 28 22 5 6 30
 Portugal 12 10 31 0 30 21 1 10 17 53 34 1 5 0 22 44 46 18 36 22 5 16 30
 Chipre 12 10 35 0 42 24 1 10 17 54 34 1 5 0 30 50 51 18 46 24 5 16 37
 Malta 14 10 42 8 42 24 1 10 18 54 34 1 5 10 34 56 63 18 51 27 5 16 37
 Islândia 14 10 42 8 44 24 1 10 18 62 34 1 17 10 34 60 70 24 61 32 6 16 40
 Finlândia 17 10 42 8 49 31 1 12 26 62 34 1 17 10 34 66 80 24 73 36 7 16 40
 Suíça 17 10 46 8 59 43 1 12 28 67 37 1 17 10 34 74 86 24 80 36 7 16 41
 Luxemburgo 20 11 54 8 59 43 1 12 28 79 42 1 17 10 34 81 96 30 80 38 11 16 41
 Áustria 22 11 55 8 63 43 1 12 28 87 49 1 17 10 34 93 106 33 86 38 11 16 46
 Reino Unido 23 11 62 8 63 43 1 12 28 87 61 1 21 10 44 93 114 36 86 38 16 22 48
 Irlanda 23 11 62 11 63 48 1 12 34 97 61 1 22 10 56 100 114 36 86 42 16 24 56
 Dinamarca 24 11 64 11 63 48 5 12 34 105 66 1 22 10 63 112 124 36 86 42 22 27 56
 Itália 31 11 64 11 75 54 5 13 38 108 71 1 32 10 63 120 126 36 86 42 22 27 56
 Iugoslávia 31 11 76 17 82 54 9 18 46 118 71 4 32 10 63 10 128 36 86 42 23 27 56
 Noruega 36 11 78 17 90 64 9 18 49 118 72 4 32 10 63 120 135 42 98 42 23 27 60
 Alemanha 36 11 82 17 90 67 9 26 49 118 78 4 32 10 63 132 145 47 99 44 23 27 67
 Países Baixos 37 11 85 17 94 73 9 26 57 123 80 4 32 10 63 139 155 47 111 44 23 27 67
Lugar 14º 20º 19º 22º 17º 11º 23º 15º 21º 10º 12º 13º 18º 16º
Países Votantes Espanha Bélgica Israel Turquia Grécia França Suécia Portugal Chipre Malta Islândia Finlândia Suíça Luxemburgo Áustria Reino Unido República da Irlanda Dinamarca Itália Sérvia e Montenegro Noruega Alemanha Países Baixos
Países Pontuados

12 pontos[editar | editar código-fonte]

Os países que receberam 12 pontos foram os seguintes:

# Países Pontuados Países Votantes
4  Malta Espanha, Luxemburgo, Portugal, Suécia
 Itália Finlândia, França, Noruega, Países Baixos
 Reino Unido Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca
3  Irlanda Grécia, Malta, Turquia
2  Grécia Chipre, Itália
 França Israel, Suíça
1  Áustria Irlanda
 Islândia Reino Unido
 Israel Jugoslávia
 Suíça Islândia

Maestros[editar | editar código-fonte]

Em baixo encontra-se a lista de maestros que conduziram a orquestra, na respectiva actuação de cada país concorrente.

País Maestro
 Espanha Javier Losada
 Bélgica Frank Fievez
 Israel Kobi Oshrat
 Turquia Aydın Özarı
 Grécia Haris Andreadis
 França Magdi Vasco Noverraz
 Suécia Anders Berglund
 Portugal Carlos Alberto Moniz
 Chipre George Theophanous
 Malta Paul Abela
 Islândia Nigel Wright
 Finlândia Olli Ahvenlahti
 Suíça Roby Seidel
 Luxemburgo Christian Jacob
 Áustria Leon Ives
 Reino Unido Ronnie Hazlehurst
 Irlanda Noel Kelehan
 Dinamarca Henrik Krogsgård
 Itália Marco Falagiani
 Iugoslávia Anders Berglund
 Noruega Rolf Løvland
 Alemanha Norbert Daum
 Países Baixos Harry van Hoof
Maestro anfitrião Anders Berglund

Artistas repetentes[editar | editar código-fonte]

Alguns artistas repetiram a sua experiência Eurovisiva. Em 1992, os repetentes foram:

País (1992) Foto Artista Ano Anterior País Representado Canção Tradução Pontuação Classificação
 Alemanha Silver - replace this image female and male.svg Wind ESC 1985 Alemanha "Für alle" Para todos 105
ESC 1987 Alemanha "Laß die Sonne in dein Herz" Deixa o sol entrar no teu coração 141
 Islândia Silver - replace this image female.svg Sigga (como parte dos Heart 2 Heart) ESC 1990 (como parte dos Stjórnin) Islândia "Eitt lag enn" Mais uma canção 124
ESC 1991 (como corista) Islândia "Draumur um Nínu" Um sonho sobre Nina 26 15º
 Irlanda Linda Martin 2013 01 (crop 2).jpg Linda Martin ESC 1984 Irlanda "Terminal 3" Terminal 3 137
 Itália Mia Martini 1973b.jpg Mia Martini ESC 1977 Itália "Libera" Livre 33 13º

Referências

  1. Ulf Erlandsson. «Malmö» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 8 de março de 2018 
  2. Magnusson, Thomas; Peter A. Sjögren (2004). «Malmö». Vad varje svensk bör veta (O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 214. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  3. «Malmö». Norstedts uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts. 2007–2008. p. 787. 1488 páginas. ISBN 9789113017136 
  4. «Malmö». Sveriges landskap. och Stockholm, Göteborg och Malmö (em sueco). Estocolmo: Almqvist & Wiksell. 1995. p. 60-61. 64 páginas. ISBN 91-21-14445-1 
  5. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Malmö». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 607. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 
  6. «Befolkningen i tätort ökade med 120 000» (em sueco). Instituto Nacional de Estatística da Suécia. Consultado em 7 de março de 2018. Arquivado do original em 23 de julho de 2018 
  7. a b https://eurovision.tv/event/malmo-1992
  8. https://eurovision.tv/event/malmo-1992#About%20the%20show
  9. «Eurovision Song Contest 1992». The Diggiloo Thrush. Consultado em 28 de janeiro de 2019 
  10. A ordem de votação foi efectuada através da visualização de vídeos da edição do festival, à semelhança de outras secções deste artigo

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Os mapas presentes neste artigo, respeitam as fronteiras geográficas estabelecidas na altura em que o festival ocorreu.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Festival Eurovisão da Canção 1992


  1. REDIRECT Predefinição:Eurovisão