Dark Phoenix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dark Phoenix (filme))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dark Phoenix
Cartaz do filme
No Brasil X-Men: Fênix Negra
Em Portugal X-Men: Fénix Negra
 Estados Unidos
2019 •  cor •  114 min 
Direção Simon Kinberg
Produção Simon Kinberg
Bryan Singer
Hutch Parker
Lauren Shuler Donner
Roteiro Simon Kinberg
Baseado em A Saga da Fênix Negra
de Chris Claremont e John Byrne
Elenco Sophie Turner
Michael Fassbender
James McAvoy
Jennifer Lawrence
Nicholas Hoult
Tye Sheridan
Kodi Smit-McPhee
Evan Peters
Alexandra Shipp
Jessica Chastain
Gênero ação
Música Hans Zimmer
Direção de fotografia Mauro Fiore
Direção de arte Claude Paré
Figurino Daniel Orlandi
Edição Lee Smith
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Marvel Entertainment
Bad Hat Harry Productions
The Donners Company
Genre Films
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento Brasil Portugal 6 de junho de 2019
Estados Unidos 7 de junho de 2019
Idioma inglês
Orçamento US$ 200 milhões[1]
Receita U$$ 252.422.625[2]
Cronologia
Logan
(2017)
The New Mutants
(2020)
Página no IMDb (em inglês)

Dark Phoenix (prt: X-Men: Fénix Negra[3][4]; bra: X-Men: Fênix Negra[5][6]) é um filme norte-americano de super-heróis de 2019, baseado nos personagens da Marvel Comics, X-Men, produzido pela 20th Century Fox e distribuído pela Walt Disney Studios Motion Pictures. É o 12.º título da série X-Men da Fox. O filme foi escrito e dirigido por Simon Kinberg, e é estrelado por James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Nicholas Hoult, Sophie Turner, Tye Sheridan, Alexandra Shipp e Jessica Chastain. Em X-Men: Fênix Negra, os X-Men precisam enfrentar o poder total da Fênix depois de uma missão para o espaço ter dado errado.

Depois de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido ter apagado os eventos de X-Men: O Confronto Final da linha do tempo da série, Kinberg manifestou interesse na mais fiel adaptação de Chris Claremont: "A Saga da Fênix Negra ". A nova adaptação foi confirmada como um acompanhamento para X-Men: Apocalipse, de 2016. Kinberg assinou em fazer a sua estreia diretorial em junho de 2017, quando a maioria do elenco foi confirmado. As filmagens começaram mais tarde, naquele mês, em Montreal, e foram concluídas em outubro de 2017, retornando meses depois para filmagens adicionais.

Dark Phoenix foi lançado nos Estados Unidos em 7 de junho de 2019 e no Brasil em 6 de junho de 2019. O filme recebeu críticas geralmente negativas dos críticos, que o descreveram como "chato" e criticaram o enredo, sequências de ação e desenvolvimento da personagem, embora as performances (particularmente de McAvoy e Turner) recebeu alguns elogios.[7][8] Muitos críticos viram o filme como uma decepcionante e anti-climática conclusão da série dos X-Men da Fox, e é o mais mal visto da franquia, de acordo com o Rotten Tomatoes.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em 1975, Jean Grey, com 8 anos de idade, em uma viagem com seus pais, inadvertidamente usa sua telecinesia descontrolada e causa um acidente de carro que mata seus pais. Pouco tempo depois, o professor Charles Xavier a leva para a sua escola de mutantes, onde ele mentalmente bloqueia o trágico acidente de suas memórias e ajuda-a a aprimorar suas habilidades psíquicas.

Em 1992, nove anos após a devastação mundial causada pelo mutante Apocalipse, um ônibus espacial decola para o espaço, mas é seriamente danificado por uma explosão solar. Incapaz de trazê-los de volta, o presidente dos Estados Unidos pede a ajuda dos X-Men para resgatar os tripulantes. A bordo do X-Jato, os X-Men chegam ao espaço onde encontram o ônibus girando descontroladamente. Ciclope usa seus poderes para acertar um propulsor e parar a rotação, enquanto Tempestade congela as rachaduras no ônibus. Mercúrio e Noturno entram no ônibus para resgatar os astronautas. Quando estão a salvos, um astronauta diz que o seu comandante ficou para trás. À medida em que a explosão solar se aproxima, Noturno e Jean voltam ao ônibus atrás do comandante. Quando Noturno o resgata, a explosão atinge a nave, enquanto Jean, que não conseguiu usar seus poderes para pará-la, absorve toda a energia em seu corpo, e como consequência disso, a nave entra em colapso causando uma explosão com Jean dentro. Ela fica à deriva no espaço, mas Noturno a resgata.

Graças à absorção da energia, os poderes de Jean são grandemente amplificados, quebrando o bloqueio mental colocado por Xavier quando ela ainda era uma criança. Ao mesmo tempo, Jean descobre que seu pai ainda está vivo e viaja para sua cidade natal em Nova York. Temendo que Jean cause problemas com suas habilidades recém adquiridas, os X-Men vão atrás dela, mas em um ataque de fúria, Jean acidentalmente mata Mística e vários policiais ali presentes, além de ferir Mercúrio gravemente antes de voar para longe.

Jean viaja para a ilha de mutantes refugiados liderados por Erik Lehnsherr, o Magneto para procurar ajuda no controle de seus poderes, mas é rejeitada por Erik depois de se envolver em um combate com as forças militares dos EUA encarregadas de sua prisão. Após deixar a ilha, Jean conhece Vuk, a líder de uma raça alienígena com a capacidade de mudar de forma conhecida como D'Bari, que lhe explica que ela foi possuída por uma força cósmica que destruiu seu planeta natal anos atrás. Enquanto isso, Hank McCoy, furioso com a morte de Mística, se alia a Erik e seus mutantes na tentativa de matar Jean. Os X-Men e a facção de Erik lutam entre si antes de Erik confrontar Jean, apenas para ser derrotado por suas novas habilidades. Xavier e Ciclope conseguem impedir Vuk de absorver totalmente a força cósmica de Jean antes que ambas as facções mutantes sejam capturadas pelo governo e colocadas em um trem em direção a uma instalação secreta.

O trem é atacado por Vuk e suas forças D'Bari. Quando os soldados são abatidos, os mutantes são libertados para combater os D'Bari. Enquanto isso, Xavier e Jean conversam mentalmente, com Jean retornando a si, permitindo que ela tenha o controle sobre a força cósmica dentro dela. Após retomar a consciência, Jean se volta contra as forças D'Bari, matando todos os soldados que acompanhavam Vuk através de desintegração telecinética (de forma semelhante à Fénix de X-Men: The Last Stand). Vuk mais uma vez, tenta absorver a força cósmica de Jean, mas Jean leva Vuk para o espaço sideral onde ela pega de volta todo o poder que Vuk havia absorvido e solta todo o seu potencial - que ganha o formato de uma Fênix - contra a alienígena, matando-a. Porém no processo, acontece uma explosão e Jean acaba desaparecendo no espaço.

De volta à Terra, a escola mutante é rebatizada para "Escola Jean Grey para Jovens Superdotados", com Hank como o novo reitor, e Xavier finalmente se aposentando depois de décadas na luta em favor dos direitos mutantes. Em Paris, Erik se encontra com Xavier para uma partida de xadrez, e enquanto jogam, uma Fênix flamejante aparece no céu.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Titulo Duração Compositor
01 Gap 8:07 Hans Zimmer
02 Dark 4:27
03 Frameshift 8:15
04 Amity 5:52
05 Intimate 10:14
06 Negative 3:58
07 Deletion 4:51
08 Reckless 9:35
09 Insertion 7:56
10 Coda 4:40
11 X-HZT 17:28
12 X-X 5:59
13 X-LGDP 7:56
14 X-SI 6:26
15 X-HD 3:32
16 X-MP 3:21
17 X-MT 5:03
18 X-TX 8:48
19 X-MDP 9:06
20 X-CH 4:59
21 X-SS 2:01
22 X-F 3:57
23 Magneto Theme 11:29

Referências

  1. «'Dark Phoenix' Takes on 'Secret Life of Pets 2' in Summer Box Office Battle» (em inglês). Variety. 5 de junho de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 
  2. «'Dark Phoenix' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 11 de agosto de 2019 
  3. «X-Men: Fénix Negra». Portugal: SapoMag. Consultado em 18 de julho de 2020 
  4. «X-Men: Fénix Negra». Portugal: CineCartaz. Consultado em 18 de julho de 2020 
  5. «X-Men: Fênix Negra». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 18 de julho de 2020 
  6. «X-Men: Fênix Negra». Brasil: CinePlayers. Consultado em 18 de julho de 2020 
  7. Roisin O’Connor (5 de junho de 2019). «Dark Phoenix reviews roundup: Critics pan 'underwhelming' X-Men film starring Sophie Turner». The Independent. Consultado em 5 de junho de 2019 
  8. Jennifer Bisset (4 de junho de 2019). «X-Men Dark Phoenix reviews are in: 'Inexplicably boring'». CNET. Consultado em 5 de junho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.