Diferenças entre edições de "Juquitiba"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
254 bytes adicionados ,  20h29min de 23 de fevereiro de 2018
Adição de informação que apresenta um ponto de vista alternativo à informação exposta.
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Possível spam
(Adição de informação que apresenta um ponto de vista alternativo à informação exposta.)
Etiquetas: Editor Visual: Trocado Possível conteúdo ofensivo
 
== Topônimo ==
OSegundo a prefeitura Juquitibense, o [[topônimo]] "Juquitiba" é proveniente do termo [[Tupi Guarani|tupi]] guarani "YU-KU-I-TIBA", que significa "terra de muitas águas".<ref>http://www.juquitiba.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=69&Itemid=899</ref> Entretanto, outras fontes apontam que não há correspondência certa e direta entre o sufixo "KU" e quaisquer sufixos reais na língua tupi ou na [[Língua Geral]] Brasileira.<ref>http://tupi.fflch.usp.br/node/5</ref>
== História ==
No [[século XVI]], existia um aldeamento [[Povos indígenas do Brasil|indígena]] na região. A partir de 1855, a região passou a ser conhecida como "bairro de São Lourenço". Por volta de 1887, Manoel Jesuíno Godinho e sua esposa construíram uma [[capela]] dedicada a [[Nossa Senhora das Dores]] e doaram dois [[alqueire]]s de terra ao redor da capela para moradores locais construírem suas residências. A partir de então, a região passou a ser conhecida como "Capela Nova da Bela Vista do Juquiá". Em 1903, o engenheiro Henrique Boccolini projetou uma ferrovia que deveria ligar São Paulo a Santo Antônio do Juquiá (atual [[Juquiá]]), passando seu traçado por esta localidade.<ref>[http://www.cartoriodejuquitiba.com.br/hist.html Cartorio de Juquitiba]</ref> O projeto da ferrovia, porém, não prosperou.
Utilizador anónimo

Menu de navegação