Final Destination 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Final Destination 2
O Último Destino 2 (PT)
Premonição 2 (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2003 •  cor •  90 min 
Direção David R. Ellis
Produção Craig Perry
Warren Zide
Roteiro Jeffrey Reddick
J. Mackye Gruber
Elenco Ali Larter
A. J. Cook
Michael Landes
Gênero terror/suspense
Música Shirley Walker
Cinematografia Robert McLachlan
Edição Gary Capo
Companhia(s) produtora(s) Zide/Perry Productions
Distribuição New Line Cinema
Lançamento Estados Unidos31 de janeiro de 2003
Portugal6 de junho de 2003
Brasil13 de junho de 2003
Idioma inglês
Orçamento US$ 26.000.000 (estimado)
Receita US$ 90.426.405[1]
Cronologia
Premonição
Premonição 3
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Final Destination 2 (Premonição 2 (título no Brasil) ou O Último Destino 2 (título em Portugal)) é um filme de suspense estadunidense de 2003 dirigido por David R. Ellis e estrelado por Ali Larter, A.J. Cook e Michael Landes. Final Destination 2 foi o filme menos lucrativo da franquia, mesmo assim obteve um certo sucesso comercial, pois com um orçamento de 26 milhões de dólares, o filme arrecadou pouco mais de 90 milhões de dólares ao redor do mundo.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme se inicia com no quarto de Kimbely Corman (A.J Cook) onde a televisão mostra uma entrevista, onde o homem comenta fatos sobre o Voo 180. No dia seguinte, ela e os amigos vão tirar férias. Durante o passeio ela percebe coisa estranhas acontecendo, por exemplo, a música "Highway to Hell" ('Estrada para o inferno' em português). Mais a frente ela vê uma das correntes de um caminhão transportando toras, se quebrar fazendo com que elas se espalhem pela rodovia resultando na morte de várias pessoas. O carro dela perde o controle e capota. Ela presencia um caminhão vindo em sua direção, enquanto grita em desespero. Ela desperta momentos antes da tragédia acontecer, e acreditando ser real, ela impede as outras pessoas de atravessarem. Ela é abordada pelo Oficial Thomas Burke (Michael Landes), que, no início, não acredita. O acidente realmente acontece. Ao olhar para os lados ela percebe uma placa de número 180 (o mesmo número do avião do primeiro filme). O Oficial Burke corre em sua direção e a salva de ser atropelada por um caminhão, que mata seus amigos. Na delegacia encontram- se todas as pessoas que sobreviveram ao acidente: Katherine Jennings (Keegan Connor Tracy), Eugene Dix (Terrence C. Carson), Rory Petters (Jonathan Cherry), Evan Lewis (David Paetkau), Nora Carpenter (Lynda Boyd) e seu filho Timothy Carpenter (James Nichol Kirk). Exceto Isabella Hudson (Justina Machado). Kimberly conta a eles sobre o Voo 180, mas nenhum deles acredita. No dia seguinte Evan Lewis morre empalado no olho por uma escada, ao tentar fugir de seu apartamento que estava em chamas. Kimberly começa a notar algo estranho então visita Clear Rivers (Ali Larter), a única sobrevivente do Voo 180 (que se internou em um manicômio para tentar fugir da Morte). Clear diz que a morte persegue os sobreviventes na ordem em que deveriam ter morrido no acidente. Mas depois percebe que desta vez a Morte está agindo ao contrário (sem algum motivo aparente). Após um desentendimento Clear se recusa a ajudar Kimbely. Ela se encontra com o Oficial Burke e vê vários pombos refletidos em uma vidraça. Eles vão em busca de Nora e Tim (que eram os próximos), mas é tarde demais e Tim é esmagado por uma placa de vidro, ao espantar vários pombos que distraíram o operador do guindaste. Clear muda de ideia e se junta a Kimberly para tentarem impedir o plano da morte. Clear leva Kimberly e Thomas para verem William Bludworth (Tony Todd), que diz para eles que somente uma nova vida pode frustrar os planos da Morte. Eles param em um posto de gasolina e Kimberly tem a visão de uma van branca caindo em um lago. Eles supõem que seja a van de Isabella. Então eles concluem que uma nova vida pode se referir a um bebê recém nascido, já que Isabella é uma gestante. Thomas manda um alerta geral para manter Isabella em custódia. A noite todos se reúnem na casa de Thomas, para se manterem em segurança. Eugene não acredita, e Nora está perturbada com a morte do filho. Os dois pegam um elevador e Nora é decapitada pelas portas do elevador ao se assustar com um homem carregando braços de manequins. Eugene tenta se suicidar, mas falha por conta da intervenção da morte. Isabella convence o policial a solta-la porque ela entrou em trabalho de parto. Eles vão ao hospital mais próximo. Sabendo disso Thomas, Kimberly e o resto do grupo vão em direção ao hospital. É revelado que todos os personagens tiveram alguma relação com os personagens falecidos do primeiro filme. E Clear entende o motivo da Morte trabalhar ao contrário (sair do avião atrapalhou não só o plano da Morte para as pessoas do avião, mas também as pessoas da rodovia), portanto, Clear poderia morrer a qualquer momento. O pneu do carro de Kat fura e derrapa caindo na fazenda de uma família próxima. O carro cai por trás de vários canos que perfuram o acento de Kat e o pulmão de Eugene. Eugene é levado ás pressas ao mesmo hospital em que se encontra Isabella. Kat está com as pernas presas, portanto, não consegue sair do carro. Quando a emergência chega, ela é morta devido ao impacto de uma britadeira no carro, que ativa o Airbag e empurra sua cabeça contra o cano. O cigarro cai de sua mão e explode ao contato com a gasolina e impulsiona um cerca de arame farpado contra o corpo de Rory, o mutilando em vários pedaços. Os únicos que restaram: Kimberly, Thomas e Clear se dirigem ao hospital enquanto Kimberly tem várias visões do lago e da van branca. Quando chegam ao hospital, eles descobrem que Isabella não morreria na premonição de Kimberly, ou seja, independente de Isabella ter ou não ter o bebê, isso não afetaria o Plano da Morte. Clear procura Eugene ( que estava quase morrendo devido á falta de oxigênio, que havia se espalhado pelo local. Quando Clear abre a porta produz uma faísca que ao contato com o oxigênio pelo quarto explode, matando os dois. Kimberly descobre que as visões que ela teve são sobre ela. E que uma nova vida significa ser ressuscitado por alguém depois da morte. Ela então rouba uma ambulância e se joga em um rio. Thomas a salva e o plano, aparentemente, funciona. Algum tempo depois, Thomas e Kimberly estão em um almoço com a família que os ajudou quando furaram o pneu. Brian Gibbons (Noel Fisher) vai olhar o churrasco, e seus pais dizem que, ele foi salvo por Rory de ser atropelado. Então Kimberly e Thomas olham em direção a Brian que morre na explosão da churrasqueira. O braço de Brian cai sobre a mesa encerrando o filme.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Dubladores[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Final Destination 2 tem recepção mista por parte da crítica especializada. Com tomatometer de 48% em base de 109 críticas, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: “Esta sequencia é pouco mais que uma desculpa para encenar elaboradas cenas sangrentas de mortes dos personagens”. Tem 59% de aprovação por parte da audiência, usada para calcular a recepção do público a partir de votos dos usuários do site.[2]

Mortes[editar | editar código-fonte]

A. J. Cook interpreta a vidente Kimberly Corman

Livro[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Final Destination 2 (livro)

Referências

  1. a b http://boxofficemojo.com/movies/?id=finaldestination2.htm
  2. «Final Destination 2» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 24 de abril de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]