Henrique Silva Milagres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henrique
Informações pessoais
Nome completo Henrique Silva Milagres
Data de nasc. 25 de abril de 1994 (23 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Altura 1,72 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Vasco da Gama
Número 16
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
2005–2013 Vasco da Gama
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2013– Vasco da Gama 00910000(0)
Seleção nacional3
2013 Brasil Sub-20 0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 19 de abril de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 22 de outubro de 2013.

Henrique Silva Milagres (Rio de Janeiro, 25 de abril de 1994) é um futebolista brasileiro que joga como lateral-esquerdo. Atualmente defende o Vasco da Gama.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

2013 à 2015 - O início e as lesões[editar | editar código-fonte]

Fez sua estreia no time principal, em um clássico diante do Fluminense, no Maracanã, válido pelo Brasileirão, quando o Cruzmaltino saiu com a vitória por 3–1, sendo Henrique muito elogiado pelo então técnico vascaíno, Dorival Júnior. Fazendo boas partidas, alternou a titularidade com o, na época lateral titular da Seleção Peruana, Yotún. No final de outubro, sofreu uma lesão na coxa e não atuou mais na temporada.

Retornou em janeiro de 2014, atuando em alguns jogos do Campeonato Carioca. Em fevereiro, durante um treinamento, Henrique sofreu um estiramento grau 2 na parte posterior da coxa direita, ficando seis meses parado.[1] Devido a uma série de lesões e falta de oportunidades, no segundo semestre Henrique regressou de volta a equipe sub-20.

No dia 9 de outubro, o lateral-esquerdo sofreu um acidente de carro no Recreio dos Bandeirantes, logo após deixar o treinamento do time no CFZ. O jogador chocou a cabeça no vidro e teve que ser encaminhado para o hospital. O atleta foi ajudado por companheiros de equipe que também estavam deixando o centro de treinamento, sendo socorrido por uma ambulância e encaminhado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge. Apesar da pancada na cabeça, o jovem não chegou a ficar desacordado.[2]

Subiu de vez aos profissionais, em janeiro de 2015, por estar perto de estourar a idade para jogar na base.[3] Em julho, durante partida válida pela Copa do Brasil contra o América de Natal, com seis minutos de partida, Henrique sentiu novamente dores na coxa direita; ele ainda tentou se levantar e ameaçou correr, mas não aguentou, desabando novamente no gramado de São Januário; Henrique saiu chorando de dor e provavelmente de frustração, com a nova oportunidade não aproveitada, em razão de mais uma lesão.[4] Essa lesão acabou tirando-o do restante da temporada.

2016–2017 - Da reserva à titularidade[editar | editar código-fonte]

Em 2016, o lateral ficou na reserva da equipe por conta da boa fase de Júlio Cesar. Jogou a partida final da Taça Guanabara sendo titular e fez uma excelente partida, na qual conquistou o título aos olhos do treinador Jorginho, que por consequência fez dele o reserva imediato da lateral-esquerda. Fez apenas 17 jogos na temporada, sendo titular apenas quando Júlio Cesar não estava disponível.

Em 2017, assumiu a titularidade da equipe após a saída de Júlio Cesar. Se firmou como titular e foi importante na conquista da Taça Rio de 2017. Henrique vinha sendo bastante elogiado pelas suas boas atuações, ajudando tanto na defesa como no ataque da equipe, porém novamente perdeu a vaga de titular com a chegada do lateral Ramon. Com a lesão de Ramon no mês de outubro, Henrique voltou a ser aproveitado na reta final do Brasileirão, ajudando o Cruzmaltino a conquistar uma vaga na Copa Libertadores do ano seguinte.

2018 - Atualmente[editar | editar código-fonte]

No início de 2018, o lateral permaneceu na equipe titular mesmo após a contratação de Fabrício, sendo bastante elogiado por suas boas atuações com assistências e cruzamentos certeiros.[5]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de agosto de 2013, Henrique foi convocado para a Seleção Brasileira na categoria sub-20 para um amistoso contra a Seleção de Santa Catarina,[6] onde começou a partida como titular.[7] A equipe brasileira venceu o jogo por 2–1[7]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 19 de abril de 2018.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
internacionais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Vasco da Gama 2013 11 0 1 0 12 0
2014 1 0 3 0 4 0
2015 2 0 1 0 3 0
2016 11 0 3 0 3 0 17 0
2017 21 0 3 0 15 0 39 0
2018 1 0 - - 6 0 9 0 16 0
Total 45 0 9 0 6 0 31 0 91 0
Total na carreira 45 0 9 0 6 0 31 0 91 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]