Kevin Love

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kevin Love
Kevin Love (31915891514).jpg
Informações pessoais
Nome completo Kevin Wesley Love
Data de nasc. 7 de setembro de 1988 (30 anos)
Local de nasc. Santa Mônica, Califórnia, Estados Unidos
Altura 2,08 m
Peso 114 kg
Informações no clube
Clube atual Cleveland Cavaliers
Número 0
Posição Ala-Pivô
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2008 - 2014
2014 - presente
Minnesota Timberwolves
Cleveland Cavaliers
000 364 (6.989)
000 271 (4.643)
000 635 (11.632)
Seleção nacional
2010 - 2012 Estados Unidos
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Equipe
Campeonatos Mundiais
Ouro Turquia 2010 Equipe

Kevin Wesley Love, ou simplesmente Kevin Love (Santa Mônica, 7 de setembro de 1988), é um jogador norte-americano de basquetebol profissional, que atualmente joga pelo Cleveland Cavaliers da NBA. Desde 2008 atuando na NBA, ele foi cinco vezes selecionado para o NBA All-Star Game e duas vezes eleito para o All-NBA Team, além de ter vencido o campeonato nacional com o Cleveland Cavaliers em 2016. Representando a Seleção Norte-Americana, ele conquistou a medalha de ouro no Campeonato Mundial de 2010 na Turquia, e nos Jogos Olímpicos de 2012 em Londres.[1][2][3][4]

Infância e Juventude[editar | editar código-fonte]

Love nasceu em 7 de setembro de 1988 em Santa Monica, Califórnia, o segundo de três filhos para Karen e Stan Love. Ele cresceu no Lake Oswego, Oregon, onde foi amigos de infância e companheiros de equipe da Liga Pequena com a futura estrela da NBA, Klay Thompson. Love jogou basquete desde os primeiros dias; como criança, ele praticaria seus passes de retorno com uma caixa de papelão e estudaria fitas de Wes Unseld.

Love jogou basquetebol do ensino médio para o Lake Oswego Lakers. Em sua segunda temporada, ele calculou a média de 25,3 pontos, 15,4 rebotes e 3,7 assistências por jogo, levando os Lakers ao jogo de campeonato estadual de 2005, onde perderam para a escola jesuíta. No verão seguinte, ele foi o centro da controvérsia quando a Nike o removeu da equipe Portland Elite Legends AAU porque escolheu participar do Reebok ABCD Camp contra outros recrutas superiores. Ele passou a jogar pelo South California All-Stars, ajudando a equipe a compilar um recorde de 46-0 ao conquistar três prêmios MVP. Em seu ano júnior, ele promediou 28 pontos, 16,1 rebotes e 3,5 assistências por jogo, quando o Lake Oswego voltou ao jogo do campeonato estadual, desta vez ganhando atrás dos 24 pontos de Love e 9 rebotes. Em sua temporada sénior, ele promediou 33,9 pontos, 17,0 rebotes e 4 assistências por jogo. O Lake Oswego fez sua terceira viagem direta ao jogo do campeonato estadual, perdendo em uma revanche da final do ano anterior ao South Medford High School e ao rival do Kyle Singler, apesar de 37 pontos do Love. Ao final da temporada, Love foi nomeado Atleta Masculino Nacional Gatorade do Ano. Ele também foi uma primeira equipe Parade All-American. Ele terminou sua carreira no ensino médio como o melhor marcador de todos os tempos na história do basquetebol dos meninos de Oregon com 2.628 pontos.

Carreira no Colegial[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2006, Love se comprometeu verbalmente a jogar basquete universitário na UCLA. Ele também considerou jogar para a Carolina do Norte. Antes da temporada 2007-08, ele recebeu a permissão de Walt Hazzard para usar o número 42 para os Bruins, embora a escola tivesse aposentado o número de Hazzard em 1996. Depois de chegar à UCLA, Love regularmente buscou as lendas dos Bruins aposentados Bill Walton e John Wooden para obter conselhos. Sua decisão de jogar pela UCLA trouxe animosidade de fãs de Oregon, antes de um jogo em Oregon, os fãs de Ducks obtiveram o número de telefone celular de Love e deixaram mensagens obscenas, bem como ameaças de morte; os fãs também submeteram a família a obscenidades e jogaram lixo neles durante o jogo. Este evento, juntamente com incidentes semelhantes dirigidos a outros jogadores, levou a uma discussão sobre se o abuso de fãs de basquete da faculdade está se tornando muito extremo.

No torneio de basquete masculino masculino da Conferência Pacific-10 2008, os Bruins derrotaram os Trojans da USC, com O. J. Mayo, nas meias-finais. Tanto Mayo como o Love foram nomeados para o time do torneio All-Pac-10. Mais tarde, guiou a UCLA para o campeonato de conferência Pac-10 da temporada regular, o campeonato do torneio da conferência e uma semente número 1 no Torneio de Basquete Masculino da Divisão I da NCAA de 2008. Ajudou os Bruins ao Final Four do torneio, onde perderam pros Memphis Tigers cuja temporada e a aparição do torneio, por sua vez, foram desocupados. No final da temporada regular 2007-08, Love foi nomeado o primeiro time do consenso All-American, Pac-10 Player of the Year, All-Pac-10 e Pac-10 Freshman of the Year. Ele liderou os Bruins com 17,5 ppg, 10,6 rpg e 23 duplos duplos.

Estatísticas no Colegial
Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2007-08 UCLA 39 38 29.6 .559 .354 .767 10.6 1.9 0.7 1.4 17.5

Carreira na NBA[editar | editar código-fonte]

Minnesota Timberwolves (2008-2014)[editar | editar código-fonte]

Love foi selecionado pelo Memphis Grizzlies no Draft da NBA de 2008, mas não chegou a jogar pela equipe, pois foi trocado na mesma noite para o Minnesota Timberwolves. Em 2011, foi chamado pela primeira vez para o NBA All-Star Game. Na mesma temporada, foi nomeado o NBA Most Improved Player, após liderar as estatísticas de rebotes da liga. Em 2012 e 2014, foi eleito para o All-NBA Team, ficando no segundo time ideal da temporada. Em 2014, foi trocado para o Cleveland Cavaliers, em um comércio onde os Wolves receberam Andrew Wiggins e Anthony Bennett.

Cleveland Cavaliers (2014-presente)[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Love foi anunciado como o novo reforço do Cleveland Cavaliers, unindo-se a LeBron James e Kyrie Irving para formar um "Big Three". Em 2016, conquistou o seu primeiro campeonato da NBA jogando pelos Cavaliers. Em 2017, voltou a ser chamado para o NBA All-Star Game, porém não jogou devido a uma lesão, sendo substituído por Carmelo Anthony. Em 2018, renovou com a equipe por mais quatro anos no valor de US$ 120 milhões, com o novo contrato sendo válido a partir de 2019, garantindo assim seu espaço na equipe até 2023.

Seleção Americana[editar | editar código-fonte]

Love foi convocado pela Seleção Americana para o Campeonato Mundial de 2010 e para os Jogos Olímpicos de 2012, conquistando a medalha de ouro em ambas as competições.

Família[editar | editar código-fonte]

Love é sobrinho do cantor Mike Love, dos Beach Boys, e namora atualmente a modelo Kate Bock.

Estatísticas na NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira
Campeão da temporada da NBA
Líder da liga

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2008-09 Minnesota 81 37 25.3 .459 .105 .789 9.1 1.0 0.4 0.6 11.1
2009-10 Minnesota 60 22 28.6 .450 .330 .815 11.0 2.3 0.7 0.4 14.0
2010-11 Minnesota 73 73 35.8 .470 .417 .850 15.2 2.5 0.6 0.4 20.2
2011-12 Minnesota 55 55 39.0 .448 .372 .824 13.3 2.0 0.9 0.5 26.0
2012-13 Minnesota 18 18 34.3 .352 .217 .704 14.0 2.3 0.7 0.5 18.3
2013-14 Minnesota 77 77 36.3 .457 .376 .821 12.5 4.4 0.8 0.5 26.1
Total Minnesota 364 282 32.8 .451 .362 .815 12.2 2.5 0.7 0.5 19.2
2014-15 Cleveland 75 75 33.8 .434 .367 .804 9.7 2.2 0.7 0.5 16.4
2015-16 Cleveland 77 77 31.5 .419 .360 .822 9.9 2.4 0.8 0.5 16.0
2016-17 Cleveland 60 60 31.4 .427 .373 .871 11.1 1.9 0.9 0.4 19.0
2017-18 Cleveland 59 59 28.0 .458 .415 .880 9.3 1.7 0.7 0.4 17.6
Carreira 635 553 32.2 .444 .370 .824 11.3 2.3 0.7 0.5 18.3
All-Star 3 1 21.0 .500 .364 .286 6.7 1.3 1.3 0.0 10.7

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2014-15 Cleveland 4 4 26.8 .415 .429 .737 7.0 2.5 0.3 0.5 14.3
2015-16 Cleveland 20 19 30.7 .385 .414 .840 8.8 2.1 0.5 0.4 14.7
2016-17 Cleveland 18 18 32.1 .436 .450 .840 10.6 1.7 1.2 0.9 16.8
2017-18 Cleveland 21 21 31.4 .392 .340 .922 10.2 1.6 0.7 0.4 14.9
Carreira 63 62 31.1 .403 .404 .854 9.7 1.8 0.7 0.5 15.3

Prêmios e Homenagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Kevin Love (Biografia na NBA)». NBA (em inglês) 
  2. «Kevin Love (Estatísticas na NBA)». NBA (em inglês) 
  3. «Kevin Love (Biografia na Seleção)». USA Basketball (em inglês) 
  4. «Kevin Love (Estatísticas na Seleção)». USA Basketball (em inglês) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]