La casa en la playa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
La casa en la playa
A Casa na Praia (PT/BR)
Logotipo da novela.
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 40 minutos
Criador(es) Enrique Gómez Vadillo
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Enrique Gómez Vadillo
Mónica Miguel
Produtor(es) Yuri Breña
Pinkye Morris
Elenco Cynthia Klitbo
Sergio Goyri
Marga López
Mario Cimarro
Yadhira Carrillo
Valentino Lanus
Margarita Magaña
ver todos
Tema de abertura «Donde esta la vida» por Francisco Céspedes
Tema de encerramento «Donde esta la vida» por Francisco Céspedes
Exibição
Transmissão original México 10 de abril de 2000 - 7 de julho de 2000
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 65
Cronologia
Mujeres engañadas
Mi destino eres tú

La casa en la playa foi uma telenovela mexicana produzida por Yuri Breña e Pinkye Morris para a Televisa e exibida no horário nobre do Canal de las Estrellas, entre 10 de abril de 2000 e 7 de julho de 2000, em 65 capítulos de 40 minutos, substituindo Mujeres engañadas e sendo substituída por Mi destino eres tú.

A trama foi protagonizada por Cynthia Klitbo e Sergio Goyri, antagonizada por Marga López, José Carlos Ruiz e Blanca Guerra, e contou com as atuações especiais de Ignacio López Tarso, Yadhira Carrillo, Mario Cimarro, Valentino Lanus, Margarita Magaña e Mariana Levy.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Telenovelas da Televisa

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em seu testamento, o magnata Ángel Villareal expressa uma última vontade que pode ser fatal para vários integrantes de sua família. Seus quatro filhos deveram conviver na mesma casa durante um ano, como condição para herdar a fortuna que lhes corresponde. Angel Villareal quis que em sua morte se realize o que não pode ser em vida: a união de sua família.

A todos os filhos a noticia caiu como um balde de água fria, já que cada um realiza atividades diferentes uns dos outros. Mas as cláusulas não terminam ai. A situação se agrava porque no mesmo testamento, o defunto senhor Villareal deixa a sua filha Paulina, única mulher da família, a frente da construtora, negócio que sempre havia estado a cargo de César, o maior dos irmãos.

E também coloca em um dos postos mas importantes da companhia Juan Carlos Cabrera, sobrinho de Serena Rivas, mulher que se tripudia e inferniza os irmãos Villareal desde que ficaram orfãos. Juan Carlos tem sido durante anos o principal colaborador de Don Angel na construtora, feito que provoca constante inveja em César. Paulina e Juan Carlos não só ficaram unidos com a última vontade do pai dela, mas também com a paixão desenfreada que sentiram um pelo outro.

Paulina já viveu na cidade de Acapulco muitos anos; teve que sair da Cidade de México junto com seu filho Paolo para evitar que a criança descobrisse um terrível segredo: Vicente Rojo, ex-esposo de Paulina, morreu em um acidente estranho do qual a culparam; desde então a chamam de: 'a viúva negra'.

Agora que volto a Acapulco, Paulina se encontra com a triste situação de seus irmãos, estranhos para ela. César é controlado por sua esposa Marina, avarenta e invejosa. Roberto é o menor cuja única ambição é se divertir ao máximo, Salvador é um alcoolátra que viveu atormentado porque Don Angel o separou do amor de sua vida. A este pequeno grupo se une também Elisa, uma jovem mulher que se casou con Don Angel pouco tempo antes dele morrer.

A vida de todos estes personagens transcorre, e se entrelaçam todos os dias entre as quarto paredes de La Casa en la Playa...

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Cynthia Klitbo Paulina Villarreal de Rojo
Sergio Goyri Juan Carlos Cabrera / Juan Carlos Rincón Rivas
Blanca Guerra Marina Villarreal
Marga López Serena Rivas
José Carlos Ruiz Severo Rincón
Mariana Levy Elisa White de Villarreal
David Ostrosky César Villarreal
Mario Cimarro Roberto Villarreal
Yadhira Carrillo Georgina Salas
Sebastián Ligarde Salvador Villarreal
Ignacio López Tarso Don Ángel Villarreal
Lorena Velázquez Elena White
Margarita Magaña Sofía Visconti
Marlene Favela Malena Núñez
Esteban Franco Teófilo
Gerardo Albarrán Marco Antonio Villasaña
Valentino Lanús Miguel Ángel Villarreal
Paula Sánchez Pía Villarreal de Estrada
Ernesto Rivas Hugo Estrada
Luis Reynoso Teniente Larios
Marisol del Olmo Mireya Rodríguez
Anthony Álvarez Demián Garza
Katie Barberi Florencia Uribe
Hilda Aguirre Casandra Del Junco
Mario Iván Martínez Harry Furman
Mónica Miguel María Estrada
Carlos Amador Efraín
Rafael Amaya Romualdo Reyes
Mauricio Aspe Gino Morali
Fuzz Tania
Beatriz Monroy Liliana
Ivonne Montero Katia
Héctor Mújica Chato
Claudia Palacios Patricia
Carlos Peniche Rodrigo
Andrés Puentes Fofo
Vilma Sotomayo Virginia
Enrique Ureta El Negro
Rachel Pankowsky Leonela

Equipe de produção[editar | editar código-fonte]

  • Libretos y adaptação livre: Fernanda Villeli, Marcela Fuentes Berain
  • Edição literária: Ricardo Tejeda, Violante Villamil, Valentina Sánchez
  • Tema de entrada: "¿Dónde Está la Vida?"
  • Autor e interprete: Francisco Céspedes
  • Escenografía: Mirsa Paz
  • Ambientação: Octavio Ortega
  • Design de vestuário: Laura Villafaña, Juan Antonio Martínez
  • Chefes de elenco: Guillermo Pineda, Ernesto Bretón
  • Gerente administrativo: Miguel Ángel Amador
  • Gerente de produçãl: Edith Molina
  • Coordenaçãl geral: Celia Arvizu
  • Editores: Brígido Herrera, Jesús Hernández
  • Direção de câmeras: Manuel Barajas, José Morris Chávez, Boris Breña
  • Direção de cena: Mónica Miguel
  • Ideia original e direção geral: Enrique Gómez Vadillo
  • Produção executiva: Pinkye Morris, Yuri Breña

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Em uma segunda-feira, 10 de abril de 2000, o Canal de las Estrellas começou a transmitir La casa en playa nos dias úteis (segunda a sexta) às 21 horas, substituindo o sucesso Mujeres engañadas. O último episódio foi transmitido na sexta-feira, 7 de julho de 2000, tendo Mi destino eres tú como substituta no horário.

Foi reprisada pelo canal de televisão por assinatura TLNovelas de junho a setembro do ano de 2006.

Audiência[editar | editar código-fonte]

A trama alcançou uma média geral de 20.2 pontos, sendo considerada uma audiência baixa visto que sua antecessora, Mujeres engañadas teve uma média geral de 27.5 pontos.[1]

Exibição Internacional[editar | editar código-fonte]

União de Nações Sul-Americanas TLNovelas (Latinoamérica)
Estados Unidos Univisión
Estados Unidos Telefutura
Paraguai El 13
Paraguai Telefuturo
Equador Gama TV
República Dominicana Telemicro
Porto Rico Telemundo
Argentina Azul TV
Argentina El Trece
Costa Rica Teletica
Chile Mega
União de Nações Sul-Americanas Canal de las Estrellas Latinoamerica
Colômbia Canal A
Colômbia CPS Televisión
Bolívia Red Uno

Versões[editar | editar código-fonte]

  • O canal TVI em Portugal fez uma adaptação intitulada Baía das Mulheres, estrelada por Ana Brito e Cunha e Alexandre de Sousa em 2004.
  • Em um dos episódios da série de Histórias Pessoais, do Ecuador, é mostrada uma história muito semelhante à do romance, exceto pelo detalhe da casa na praia, mas com exatamente os mesmos caracteres.

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio TVyNovelas de 2001[editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado Resultado
Melhor atriz principal Marga López Indicado
Melhor ator principal Ignacio López Tarso Indicado
Melhor ator antagonista José Carlos Ruiz Indicado

Referências

  1. «Ratings promedio telenovelas de TELEVISA en horario estelar!». Foro Azul Point. 3 de março de 2010. Consultado em 6 de agosto de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]